domingo, 14 de outubro de 2018

Saiba porque você deve abrir a porta do carro com a mão direita

Se você mora e dirige em uma cidade relativamente grande, deve saber muito bem que qualquer trajeto está sujeito à acidentes. Mas o grande número de infrações cometidas no trânsito podem muitas vezes nos ensinar lições valiosas. As portas dos carros, por exemplo, se tornaram uma excelente ferramenta de ensino para provar aquela lei de Newton que diz que “dois objetos não podem ocupar o mesmo espaço simultaneamente”.


 Digo isso pois vários motociclistas estão diariamente propensos a serem atingidos pelas portas dos carros, quando o motorista não observa o ambiente ao seu redor antes de sair do veículo. Por causa disso, alguns lugares resolveram adotar uma técnica muito simples que pode evitar acidentes e salvar vidas: abrir a porta com a mão direita.


Esta dica vem da Holanda, um país que registra um número considerável de acidentes envolvendo ciclistas, já que o uso da bicicleta é muito popular por lá. Se você está sentado no lado do motorista de um carro estacionado e quer sair, não abra a porta com mão esquerda, como você está intuitivamente inclinado a fazer. Em vez disso, abra a porta com a mão direita. Esse movimento simples faz com que você gire toda a parte superior do corpo seu corpo, alinhando o seu campo de visão para o espelho retrovisor. Desse modo, você consegue ver se alguém em uma moto ou bicicleta vem se aproximando. Se você estiver do lado do passageiro, lembre-se de usar a mão esquerda em vez da direita. Ou seja, o truque é sempre usar a mão mais afastada da porta para garantir um maior campo de visão.


Muito simples, não é mesmo? E tem funcionado muito bem por lá! De fato, essa técnica é tão eficaz que muitos países já estão planejando tornar o seu ensino obrigatório nas aulas de condução. Para se ter uma ideia da necessidade dessa medida, existem cerca de 18 milhões bicicletas na Holanda, sendo que o país tem 17 milhões de pessoas. Ou seja, como tem mais bike do que gente em terras holandesas, algo precisava ser feito para evitar acidentes desse tipo.

Como qualquer hábito, esse também demorará um pouco para se internalizar, mas isso não impede de que algum dia essa técnica se torne popular aqui em terras brasileiras. Vale lembrar que como ainda somos deficientes em infra-estrutura de ciclovias, a conscientização de medidas como essa se tornam ainda mais necessárias.
 

7 alimentos saudáveis que pensávamos fazer mal

Nos últimos anos, a ciência dietética passou por mudanças dramáticas de orientações, no que diz respeito a quais alimentos fazem bem ou mal para a saúde.

Confira sete deles que costumavam ter má reputação, mas agora os especialistas dizem que não podemos viver sem:

Abacates: uma deliciosa fonte de energia nutricional
Na era da dieta com baixo teor de gordura de uma geração atrás, os nutricionistas consideravam os abacates suspeitos devido ao seu alto teor de gordura.
 
Eles têm muita gordura, realmente: uma xícara de abacate possui cerca de 21 gramas. No entanto, 14 gramas são de gorduras monoinsaturadas, e estudos mostraram que essas gorduras podem na verdade reduzir nosso nível de lipoproteína de baixa densidade (LDL), conhecida como colesterol ruim.
 
“É preciso ter em mente o tipo de gordura que se está consumindo. É importante incorporar boas gorduras”, explica Ashley Amaral, nutricionista da Banner Health em Arizona (EUA).
 
Abacates também são recheados de vitaminas e minerais, incluindo potássio, magnésio, folato, vitaminas K, C, E, B5 e B6.
 
Por fim, oferecem outros benefícios. “Os abacates têm um maior valor de saciedade, o que significa que você se sentirá satisfeito por mais tempo”, esclarece Samantha Coogan, nutricionista e diretora do programa didático de nutrição e dietética da Universidade de Nevada em Las Vegas (EUA).
 
A única ressalva é que o abacate é um alimento de alto teor calórico, por isso Coogan recomenda comê-lo com moderação.

Ovos: uma fonte de proteína tradicional
O consumo excessivo de ovos já foi associado ao aumento do colesterol e de condições cardiovasculares. Ao mesmo tempo, diversas pesquisas mostraram que eles não afetam negativamente os níveis de colesterol.
No geral, os especialistas reconhecem que os ovos têm um lado muito saudável.

A Associação Americana do Coração recomenda até quatro ovos inteiros (ou seja, com gemas) por semana. As gemas abrigam praticamente todas as vitaminas que o corpo humano precisa, incluindo folato e vitaminas D e B12.

Batatas: alimento para o cérebro e para os músculos
Quando dietas com baixo teor de carboidratos se tornaram populares, certas frutas e vegetais ganharam má reputação por seu alto teor de açúcar ou amido. A batata é um desses vilões sem fama merecida.
 
Usina de potássio, oferece cerca de duas vezes mais desse mineral crítico por porção que uma banana. Além disso, é livre de gordura e colesterol. Ou seja, você pode comer sem culpa, desde que seja uma quantidade moderada de uma versão não frita deste alimento rico em carboidratos.
 
A humilde batata também é boa para o cérebro, segundo Coogan – oferece a glicose necessária para o órgão funcionar. Por fim, é ótima para restaurar as reservas de glicogênio muscular depois de se exercitar.

Arroz branco: energia rápida com benefícios
O arroz branco com baixo teor de gordura contém vitamina B6, magnésio e algumas proteínas. Essa é uma boa notícia, já que seu gosto leve e prazeroso atrai praticamente todo mundo.
 
“Não há razão para substituí-lo por arroz integral, especialmente para reabastecer após o exercício”, argumenta Coogan.
 
Embora nem todos os especialistas em nutrição concordem – muitos ainda preferem o perfil nutricional geral do arroz integral -, é seguro integrá-lo à sua dieta como uma opção de acompanhamento semanal.

Nozes: boas gorduras em pequenas doses
Esse é outro alimento que atraiu muitas críticas por seu alto teor de gordura. A pesquisa científica já corrigiu esse erro: nozes são cheias de gorduras mono e poli-insaturadas, os tipos bons. Também oferecem muita fibra e proteína.
 
Você pode incorporá-las em pratos salgados ou doces na sua rotina diária, ou abocanhar um punhado durante a hora do lanche para matar a fome.

Pipoca: um lanche que você pode comemorar
Em sua forma mais simples, a pipoca é um lanche saudável repleto de fibras integrais e antioxidantes, incluindo polifenóis, nutrientes que promovem a saúde do cérebro.
Então vá em frente e sacie seu desejo!

Chocolate amargo: uma escolha virtuosa de sobremesa
 chocolate meio amargo é rico em antioxidantes chamados flavonoides, que são ótimos para o coração e podem melhorar o funcionamento cognitivo.
O truque é comer porções pequenas, cerca de 30g, pois, mesmo nas versões amargas, ainda é um alimento altamente calórico.
Quanto maior a porcentagem de cacau no chocolate, maior a concentração de nutrientes que ele conterá e menos doce será. Para um bom equilíbrio entre nutrição e sabor, 72% de cacau é a melhor opção. [Forbes]

Fonte: https://hypescience.com/7-alimentos-com-ma-reputacao-que-sao-na-verdade-saudaveis/ - Por Natasha Romanzoti / Via Blog professor José Costa

5 motivos pelos quais você deve beber água de acordo com a ciência

O consumo diário de água continua sendo uma das principais recomendações por parte de especialistas e profissionais da saúde para levar uma vida saudável. De fato, existem muitas motivos e razões pelos quais devemos beber água. Você sabe quais são?

“Milhares de pessoas sobreviveram sem amor, nenhuma sem água”, dizia o poeta W. H Auden. Você pode se surpreender ao saber o quanto a hidratação correta pode beneficiá-lo. Vamos nos aprofundar. 

“A água, o ar e a limpeza são os principais produtos da minha farmácia”.
-Napoleão Bonaparte-

Principais motivos pelos quais você deve beber água

Beber água em excesso pode ser perigoso para a saúde, mas ingerir pouca quantidade também pode afetar o nosso desempenho diário. Embora existam muitos motivos pelos quais estar bem hidratado é importante, a ciência tem mostrado que ingerir líquidos suficientes oferece os seguintes benefícios.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda beber pelo menos dois litros de água por dia para manter o corpo saudável e hidratado.

A água permite que você renda o seu máximo

Fazer exercício leva ao aumento da transpiração e, portanto, provoca desidratação, além de uma maior necessidade de água no organismo.


Assim, o desempenho físico pode ser seriamente afetado com a perda de apenas 2% de líquidos no organismo, provocando fadiga, perda de controle da temperatura corporal e menos motivação. Além disso, realizar qualquer atividade física será muito mais difícil, tanto a nível orgânico quanto mental. Por esta razão, a reposição de fluidos é tão importante para gozar de uma boa saúde.

Alguns estudos mostram que um bom nível de hidratação não só evita que tudo isso ocorra, mas que inclusive pode reduzir o estresse oxidativo que acompanha as atividades de alta intensidade.

Favorece a função cerebral

O nível de hidratação tem um grande impacto na função cerebral. Os estudos mostram que mesmo um nível modesto de desidratação (entre 1 e 2%) pode afetar a concentração, o estado de ânimo e, inclusive, pode provocar dores de cabeça. Verificou-se também que uma perda moderada de líquido aumenta a sensação de fadiga e ansiedade e reduz a memória de trabalho.

Leva nutrientes para todo o corpo

Embora a água pura não contenha nutrientes em si, pode absorver alguns minerais e transportá-los por diferentes órgãos do corpo. Por exemplo, a água mineral engarrafada pode, às vezes, conter minerais saudáveis de ​​que o organismo necessita, como sódio, magnésio e cálcio.


Além disso, esse líquido é responsável por transportar nutrientes ao interior das células, ajudando a eliminar os resíduos delas.

Ajuda seu corpo a regular a temperatura

A água é excelente para absorver e transferir calor dentro do corpo. De fato, é o principal mecanismo do ser humano para regular a temperatura.

A água possui uma capacidade de absorção de calor relativamente alta. Isso significa que o líquido em cada célula do corpo pode funcionar como uma proteção contra as mudanças repentinas de temperatura. Esta é também a razão pela qual os profissionais sempre recomendam beber muita água em climas ou ambientes quentes.


Ajuda a prevenir e tratar as dores de cabeça

dor de cabeça por desidratação pode ser sentida como uma dor de cabeça contínua ou como uma enxaqueca intensa. Em alguns casos, ocorre apenas em casos de falta severa de líquido, mas em outros, surge muito facilmente.

A desidratação costuma ser a principal causa das enxaquecas em muitas pessoas. No entanto, novos estudos mostram que a água pode ser uma maneira eficaz de tratar e até prevenir dores de cabeça não relacionadas a este transtorno.

Quanta água devemos beber por dia?

A maioria dos cientistas e profissionais da saúde concordam que não existe uma quantidade exata de líquidos para todos. É muito melhor beber água em função do sexo, peso, nível de atividade física e clima.

Calcular isso pode ser difícil, mas a tecnologia facilita o trabalho. Atualmente, existem muitos aplicativos que ajudam não apenas a controlar a água que você bebe diariamente, mas também a calcular o quanto você deve beber com base em todos esses parâmetros.

Você deve ter em mente que quando falamos dos motivos pelos quais você deve beber água, nos referimos somente a este líquido. No entanto, você pode complementar sua ingestão de várias maneiras, consumindo chás, sucos, shakes, leite, iogurtes, sopas e cremes, ou até mesmo frutas e vegetais.

Fonte: A mente é maravilhosa

O que o nosso corpo faz enquanto dormimos?

Enquanto dormimos, nosso organismo se dedica a gerar anticorpos para se defender de vírus e bactérias, e por isso temos mais necessidade de dormir quando estamos doentes

Não é preciso instalar uma câmera para depois analisarmos o que fazemos enquanto descansamos. Muitas das atividades produzidas durante o sono são internas, logo, não podem ser observadas.

O corpo continua em funcionamento quando dormimos

Apesar de parecer que basta conciliarmos o sono para que tudo pare de funcionar, isso não é verdade. As pesquisas indicam que quando dormimos o corpo continua atuando, e estas são suas principais atividades:

Os membros se paralisam

Durante a fase mais profunda do sono (Movimento Rápido dos Olhos ou R.E.M em inglês) os músculos das extremidades inferiores e superiores não se movem.

O corpo se “sacode”

 

Talvez já tenha te ocorrido sentir, enquanto dorme, que está caindo no vazio, e então você tenha acordado muito assustado. Este transtorno é chamado de impulso hipnótico e permite preparar o organismo para as mudanças que são experimentadas nas horas seguintes.

Os espasmos são esforços que fazemos para nos mantermos de pé, como se fosse um sistema de alerta que não prospera por completo.

A temperatura corporal cai

Durante o dia fazemos muitas coisas, e a temperatura é mais alta porque estamos queimando calorias. Porém, à noite, quando dormimos, é preciso economizar energia. Então, o corpo detém a combustão calórica. Por isso podemos sentir frio, ainda que seja verão.

Os olhos se movem rapidamente

 

Durante o sono atravessamos 5 etapas diferentes e, como já dissemos antes, a mais profunda e também mais ativa, é a R.E.M. quando chegamos a este ponto começamos outra vez com a primeira etapa.

Isso acontece uma hora ou uma hora e meia depois de dormirmos. Os olhos se movem para frente e para trás, mas não temos noção disso.

As informações inúteis são apagadas

A mente é das que mais trabalham enquanto dormimos. Cada noite ela se encarrega de eliminar tudo aquilo que não serve e ocupa espaço em nossa memória. O que é valioso “passa” para a área de longo prazo e o resto vai para a lixeira de reciclagem.

Além disso as conexões neurais se estabelecem com mais rapidez. O cérebro usa muito açúcar e oxigênio nesta etapa (pode ser por isso que ao se levantar tenha vontade de comer algo doce).

O organismo produz mais hormônio de crescimento

Esta é uma das razoes pelas quais quando somos bebês dormimos a maior parte do dia (e acontece o mesmo com todos os mamíferos recém-nascidos). O hormônio de crescimento (GH, da sigla em inglês) não apenas faz com que fiquemos maiores, como permite aos músculos, ossos e tecidos que se regenerem.

Costuma-se liberar mais nas etapas profundas do sono. Além disso, combate os níveis baixos de glicose no sangue.

A garganta fica mais estreita

 

A razão dessa mudança é devido ao relaxamento dos músculos. Por isso muitas pessoas roncam, ainda que não tenham o nariz congestionado.

Existem também outras alterações da garganta e a maioria delas têm a ver com o fato de que não a usamos mais do que para respirar quando estamos dormindo. Em alguns casos, as vias respiratórias se fecham completamente e causa apneia do sono.

Nosso sistema imunológico é reforçado

Sem dúvidas alguns já ouviram ou leram por aí que é preciso dormir 8 horas seguidas para não adoecer. Claro, porque quando descansamos geramos uma boa quantidade de anticorpos e, desta forma, o organismo se defende dos ataques de vírus e bactérias.
Por isso, quando estamos resfriados ou nos sentimos mal, queremos dormir muito.

Os dentes rangem

O bruxismo é muito frequente, principalmente em crianças e jovens. O fato de apertar forte os dentes, pode agravar-se quando há muito estresse ou a mandíbula está desalinhada. As pessoas com este problema acordam com muita dor a boca. Os dentes acabam desgastados ou quebrados.

Os rins também descansam

Se não, urinaríamos na cama! Durante o dia a função renal está ativa para nos ajudar a filtrar as toxinas que se acumulam no sangue. Isso faz com que produza urina. Porém, quando dormimos a ação de filtrar dos rins é retardada para deixar de criar líquido.

Como acumulamos mais rejeitos durante a noite e não evacuamos por várias horas (a menos que nos levantemos de madrugada) pela manhã urinamos com uma cor mais escura.

A visão melhora

Com o sono muitas células se regeneram. As dos olhos não são exceção. A falta de sono causa alterações nas pálpebras e na película lacrimal que protege a córnea. É mais provável que pela manhã veja melhor do que à noite por isso (e porque, logo depois de várias horas de uso, a vista está cansada).
Pessoas que costumam apresentar bolsas debaixo dos olhos precisam dormir o suficiente para reduzi-las.

Falamos

Muitas pessoas têm este “problema” de falar enquanto dormem. Isso acontece com 5% da população e é uma desordem do sono que pode ser algo incomodo segundo o que revelemos.

O mais curioso de tudo é que no dia seguinte os falantes não se lembram de nada do que disseram. Isso sim pode ser um inconveniente caso compartilhemos o quarto com alguém! Sabe-se que o estresse ou a depressão aumentam a fala noturna.

A cabeça “explode”

Esse sim é um dado curioso. Talvez você já tenha experimentado essa sensação de explosão na cabeça que até te acorda e te faz olhar pela janela para ver de onde veio o barulho. Quando isso acontece é porque está atravessando uma etapa de muito estresse e ansiedade.

Fonte: Melhor com Saúde

sexta-feira, 12 de outubro de 2018

Conheça a curiosa flor-do-beijo

A Psychotria Elata é certamente uma daquelas plantas que têm a capacidade de impressionar qualquer um com seus recursos visuais únicos. Conhecida popularmente como flor-do-beijo, essa planta de belos “lábios vermelhos” pode ser encontrada em florestas tropicais de alguns países da América Central e do Sul, como Colômbia, Costa Rica, Panamá e Equador.


 Por causa de sua aparência, a flor-do-beijo também é chamada de “lábios de prostitua” ou “lábios quentes”. Pesquisadores acreditam que essa planta evoluiu para a sua forma atual para atrair polinizadores, o que inclui abelhas, beija-flores e borboletas. Devido à seu habitat bastante específico, não é nenhum pouco fácil encontrar essa planta. Ela costuma crescer em solos ricos em matéria orgânica e frequentemente irrigados, o que torna a sua localização ainda mais complicada se compararmos com outras plantas mais comuns.

 A tarefa de localizar a flor-do-beijo se tornou ainda mais difícil nos últimos anos, já que essa espécie corre sérios riscos de extinção. A principal causa disso é o desmatamento constante de sua terra natal pela ação humana. Isto é algo bastante triste, considerando que a Psychotria Elata é uma planta que tem um conjunto de características visuais impressionantes e que a diferem de qualquer outra coisa na natureza.

 Curiosamente, existe uma certa confusão envolvendo os seus famosos lábios vermelhos. Muitas pessoas acreditam que os lábios são a flor da planta, mas a flor verdadeira fica escondida dentro deles. Os lábios são na verdade folhas modificadas chamadas de brácteas que têm a função de proteger a flor durante o seu desenvolvimento. É importante destacar que as brácteas adotam essa forma de lábios ​​apenas por um curto período de tempo, antes de se abrirem para revelar as flores reais da planta.

 Sem dúvidas, a flor-do-beijo é mais uma das belas obras que a natureza pode proporcionar, mas como seu habitat têm sido afetado pelo desmatamento, a cada dia que se passa fica mais difícil encontrá-la. Além disso, alguns habitantes das selvas da Colômbia e do Peru costumam usar essa planta como remédio, já que ela supostamente tem propriedades anestésicas e poderes afrodisíacos. No entanto, nenhum estudo foi realizado para comprovar esses benefícios.

Fonte: tricurioso.com - por 

Comer carne vermelha pode aumentar risco de endometriose, sugere estudo

A endometriose é uma doença que afeta cerca de seis milhões de mulheres no Brasil, de acordo com Associação Brasileira de Endometriose. Trata-se de uma doença caracterizada pela presença de endométrio (tecido que reveste o interior útero) fora da cavidade uterina, afetando outros órgãos.


Estes órgãos podem ser a pelve, incluindo trompas, ovários, intestinos e bexiga. A condição pode causar dores intensas, dificultar a gravidez e até provocar esterilidade.

De acordo com informações do Daily Mail, um estudo feito pelo Centro de Pesquisa do Câncer Fred Hutchinson, em Washington (EUA), descobriu que, por razões ainda não esclarecidas, a carne não processada está fortemente ligada à condição, muito mais do que alimentos processados como bacon e salsicha.


Pesquisas anteriores já haviam sugerido que a carne vermelha pode aumentar os níveis de estrogênio nas mulheres, o que pode levar a endometriose.

Para o estudo mais recente foram testadas 81.908 mulheres nos EUA em idade de pré-menopausa, entre os anos de 1991 e 2013. A cada quatro anos elas eram convidadas a responder um questionário sobre dieta e eram monitoradas sobre qualquer suspeita de endometriose.

Os resultados do estudo, que foram publicados no Journal of Obstetrics & Gynecology, sugeriram que o consumo elevado de carne vermelha não processada aumenta a probabilidade do desenvolvimento de endometriose. Por outro lado, verificaram que aves, peixes e frutos do mar não afetaram os riscos.


No entanto, mais estudos devem ser feitos para determinar essa relação de causa e efeito.   

O que é a endometriose?
Todos os meses, o endométrio fica mais espesso para que um óvulo fecundado seja “fixado”, caracterizando uma gravidez. Quando isso não ocorre, esse aumento é descamado e expelido em forma de menstruação. No entanto, em alguns casos, uma parte desse sangue flui em sentido oposto, caindo nos ovários ou cavidade abdominal, resultando nas lesões características da condição.

As causas da endometriose são desconhecidas, embora sugira-se que possa ser genética, esteja relacionada a problemas no sistema imunológico ou a exposição de produtos químicos. Os sintomas incluem dor, menstruação longa, fadiga, risco de infertilidade, problemas intestinais e na bexiga.

 [ Daily Mail / Gineco ] [ Fotos: Reprodução / PxHere ]
Via Jornal Ciência  - por Merelyn Cerqueira

Significado e Simbolismo de Nossa Senhora Aparecida

Vamos compreender todos os símbolos contidos na imagem de nossa Senhora Aparecida, a Padroeira do Brasil. Ela é rica em significados, que trazem mensagens para a nossa vida.

Nossa Senhora Aparecida é Nossa Senhora da Conceição

Antes de começarmos a decifrar os símbolos, é preciso saber que a 'Santinha' que fica sob o manto de Nossa Senhora Aparecida é Nossa Senhora da Conceição. Trata-se de uma imagem feita no estilo barroco. Por isso, para quem desconhece, ela aparenta ser muito simples e até 'feia'. Porém, isso se deve à maneira de se confeccionar imagens de santos no período barroco. Mas quando compreendemos os significados contidos na imagem de Nossa Senhora da Conceição, nossa visão muda. Vamos, então, conhecer os símbolos da imagem.

A meia lua sob os pés de Nossa Senhora Aparecida

A imagem de terracota encontrada pelos pescadores no Rio Parayba em 1717 tem uma característica peculiar que a define como Nossa Senhora da Conceição: a meia lua debaixo dos pés. Este símbolo tem dois significados profundos: 1. A lua não brilha por si mesma, mas reflete a luz do sol. Na Iconografia cristã, o sol é Jesus Cristo. Por isso, a luz sob os pés de Maria significa que sua luz vem de Jesus e leva a Ele. Pois, se perguntarmos: 'de onde vem o brilho de Nossa Senhora'' a resposta só pode ser uma: 'de Jesus, seu filho'. 2. A lua brilha no meio da escuridão da noite. A escuridão simboliza a humanidade pecadora e a lua simboliza a pureza e a luz. Significa que Maria, mesmo tendo nascido na humanidade pecadora, foi preservada do pecado pela graça de Deus, ou seja, ela é Imaculada (sem mancha) desde sua concepção no ventre de sua mãe, Santa Ana. Ela é a Imaculada Conceição, ela foi concebida sem o pecado original. Por isso, ela brilha como a lua, refletindo a luz do sol, que é a verdadeira fonte de vida, de luz e de calor.

A serpente sob os pés de Nossa Senhora Aparecida

Embora seja difícil de perceber, a imagem de terracota de Nossa Senhora Aparecida traz também sob os pés da Virgem a imagem de uma serpente. Significa que Maria, sendo 'Imaculada Conceição' (Concebida sem pecado) e tendo gerado Jesus Cristo, esmagou a cabeça da serpente, como está escrito no livro do Gênesis. Em Maria começou a vitória sobre o demônio e esta foi concluída pela morte e ressurreição de Jesus.

Os anjos e as nuvens nos pés de Nossa Senhora Aparecida

Ainda nos pés da imagem de Nossa Senhora Aparecida, vemos uma nuvem e um anjinho barroco. Estes dois símbolos nos ensinam que a Virgem Maria está no céu, está na glória de Deus e que lá, junto de seu filho, ela intercede por nós.

As mãos de Nossa Senhora Aparecida

As mãos de Nossa senhora Aparecida unidas na altura do coração simbolizam a oração. Em todas as aparições da Virgem Maria, ela pede oração. Ela mesma, enquanto viveu neste mundo, foi uma mulher de oração. E agora, no céu, não cessa de rezar, intercedendo por todos nós. As mãos de Nossa Senhora Aparecida em gesto de oração nos lembram que 'quem reza se salva e que não reza se perde'. A oração transforma vidas. E as mãos de Maria unidas na altura do coração nos falam que a oração deve ser feita 'com o coração', com sinceridade. E nos falam também que a oração cura o coração.

O manto de Nossa Senhora Aparecida

O manto de Nossa Senhora Aparecida foi ofertado a ela em 1888 pela Princesa Isabel, em sua segunda visita ao Santuário. O manto é rico em significados. A cor azul do manto de Nossa Senhora Aparecida simboliza o céu. Os bordados em dourado que adornam o manto simbolizam a realeza e nos lembram que Nossa Senhora Aparecida é Rainha do Céu e da terra. A bandeira do Brasil bordada no manto, simboliza que ela é a Padroeira do Brasil. A bandeira do Vaticano nos lembra que a Virgem Maria é Mãe da Igreja. As bandeiras do Brasil e do Vaticano unidas, simbolizam que o Brasil é um país católico, sob a proteção de Nossa Senhora Aparecida.

A coroa de Nossa Senhora Aparecida

Juntamente com o manto, a coroa também foi ofertada a Nossa Senhora Aparecida pela Princesa Isabel, na mesma data, em 6 de novembro de 1888. A coroa nos lembra o quinto Mistério Glorioso que rezamos no terço: a coroação de Maria como Rainha do Céu e da terra. Nossa Senhora Aparecida é a Rainha do Céu e da Terra.

Oração a Nossa Senhora Aparecida

'Ó incomparável Senhora da Conceição Aparecida. Mãe de meu Deus, Rainha dos Anjos, Advogada dos pecadores, Refúgio e Consolação dos aflitos e atribulados, ó Virgem Santíssima; cheia de poder e bondade, lançai sobre nós um olhar favorável, para que sejamos socorridos em todas as necessidades. Lembrai-vos, clementíssima Mãe Aparecida, que não se consta que de todos os que têm a vós recorrido, invocado vosso santíssimo nome e implorado vossa singular proteção, fosse por vós algum abandonado. Animado com esta confiança a vós recorro: tomo-vos de hoje para sempre por minha mãe, minha protetora, minha consolação e guia, minha esperança e minha luz na hora da morte. Assim pois, Senhora, livrai-me de tudo o que possa ofender-vos e a vosso Filho meu Redentor e Senhor Jesus Cristo. Virgem bendita, preservai este vosso indigno servo, esta casa e seus habitantes, da peste, fome, guerra, raios, tempestades e outros perigos e males que nos possam flagelar. Soberana Senhora, dignai-vos dirigir-nos em todos os negócios espirituais e temporais; livrai-nos da tentação do demônio, para que, trilhando o caminho da virtude, pelos merecimentos da vossa puríssima Virgindade e do preciosíssimo Sangue de vosso Filho, vos possamos ver, amar e gozar na eterna glória, por todos os séculos dos séculos. Amém.'

 Fonte: Cruz Terra Santa

segunda-feira, 8 de outubro de 2018

5 hábitos ruins que podem proliferar bactérias pela sua casa

Qualquer ação preventiva é fundamental para controlar a disseminação de bactérias na nossa casa. O problema é que muitas vezes ignoramos alguns hábitos ruins que praticamos diariamente sem perceber que eles podem contribuir grandemente na proliferação de germes. Por isso, aqui estão cinco exemplos de coisas que quase todo mundo faz, mas que deveriam ser evitadas para combater a proliferação de bactérias.


1. Dar descarga com a tampa do vaso aberta

 

Se a tampa está lá é porque ela desempenha uma função! De acordo com o American Journal of Infection Control, quando você dá descarga, o conteúdo do vaso sanitário (água e matéria fecal) é liberado no ar, enviando um “spray indesejável” que contém bactérias microscópicas. Se você não fechar a tampa do vaso sanitário, as bactérias podem contaminar suas mãos, as superfícies do banheiro e até mesmo objetos como escovas de dente.

2. Levar o celular para o banheiro

Quando você faz o número 2, bactérias e até mesmo matéria fecal são liberadas no ar e podem “pousar” em superfícies como… o seu celular! Mesmo que você lave as mãos antes de sair do banheiro, essa bactéria ainda continuará presa na tela. Por isso, é melhor deixar o seu celular para trás na próxima vez que fizer uma visita ao banheiro.

3. Compartilhar toalhas

 

Compartilhas coisas pode ser algo muito legal e um gesto bonito de se ver, menos quando o assunto é bactérias. O ideal é que cada membro da casa tenha a sua própria toalha de mão no banheiro. Caso isso não seja possível, lave as toalhas pelo menos uma vez por semana (ou mais se tiver crianças pequenas) para evitar o acúmulo de bactérias no tecido.

 

4. Usar sabonete em barra

 

Todo mundo sabe que, de fato, os sabonetes limpam as mãos. O problema é que os sabonetes em barras acabam se tornando locais de reprodução das bactérias quando são usados por várias pessoas. Desse modo, dê preferência ao sabonete líquido. Pode ser um pouco mais caro, mas valerá a pena no final.

5. Assoprar velinhas em bolos de aniversário

 A menos que seu desejo de aniversário seja ter bactérias por todo o bolo, talvez você queira reconsiderar essa tradição. Quando você sopra as velas, automaticamente acaba liberando bactérias que estão dentro da sua boca. E adivinhe para onde elas vão? Claro, a superfície do bolo! Embora exista uma pequena chance de adoecer em decorrência desses germes, só de pensar na situação já dá para perceber como essa simples ação pode se tornar algo bem desagradável. Para se ter uma ideia, um estudo mostrou que soprar velas faz com que a quantidade de bactérias na superfície de um bolo aumente em 1.400%!

Fonte: tricurioso.com - por