quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Por que precisamos chorar?

Longe de ser um sinônimo de fraqueza, chorar nos ajuda a canalizar e libertar as tensões do nosso corpo e tem um efeito semelhante ao dos analgésicos.
Choramos desde o nascimento. Às vezes de tristeza, às vezes de felicidade. Também é verdade que muitas vezes nós “seguramos” o desejo de chorar, porque pensamos que assim somos mais fortes, ou porque não é bem visto derramar lágrimas.

No entanto, este tipo de “descarga” é vital para nos expressarmos, ir em frente ou demonstrar o que nos acontece. No artigo a seguir, vamos dizer a você por que precisamos chorar de vez em quando.

Chorar profundamente nos liberta

As lágrimas são uma ferramenta usada para todos os tipos de fins. Desde aliviar as dores até para chamar a atenção, para mostrar nossa tristeza ou decepção, memórias de algo que aconteceu no passado ou mesmo quando espirramos, temos alergias ou damos gargalhadas.

Chorar nos dá alívio, nos faz sentir mais relaxados e pode nos ajudar a estar ciente das coisas que não vemos (ou que estávamos relutantes em fazer).

É claro que você se lembra de mais de uma vez em que chorou “com todas suas forças” e, em seguida, ou dormiu ou deixou o seu canto para fazer qualquer atividade. Por quê? Porque as lágrimas servem para tirar uma grande carga dos seus ombros, como popularmente se diz.

Há pessoas que têm a capacidade de chorar, mas outras não podem fazê-lo facilmente. Quando somos pequenos nos repreendem por chorar porque nos dizem que isso é para os “fracos”,”mimados” ou “crianças más”.

Isso fica gravado em nossas mentes e, por isso, não nos permitimos chorar quando precisamos. Controlar demais as emoções, negá-las ou dissimulá-las com um sorriso falso é prejudicial à saúde.

Acumular muitos sentimentos negativos não apenas causa depressão, tensão ou estresse, mas também pode alterar o caráter ou personalidade. Mais irritabilidade, mau humor e nervosismo são apenas alguns dos sinais.

Não se esqueça de que o corpo deve expulsar tudo o que lhe dói ou lhe faz adoecer. Um dia ele não poderá suportar mais “guardar” lágrimas e tristeza, e explodirá em um grande choro ou ataque de raiva.

Quanto ao sofrimento físico causado por não chorar podemos destacar a dor de cabeça ou no pescoço, dores de estômago e tonturas. A imunidade diminui e nos tornamos mais propensos a doenças de todos os tipos.

Conter as emoções também bloqueia o fluxo de energia e isso também influencia a saúde negativamente.



O choro profundo é uma excelente maneira natural de aliviar o nosso pesar e entender quais são as nossas dores e tristezas. Isso não significa que nós temos que esperar todo o mal se acumular, mas saber de que maneira ir liberando lentamente o que nos fere.

Atualmente, estamos ocupados demais para entender o que acontece conosco. Nós não tiramos um tempo para analisar as emoções cotidianas e é muito difícil tomar decisões profundas.

Se você fica o dia todo de cá pra lá, nunca poderá chorar o que precisa e desprender-se do que lhe faz  mal.

Talvez você possa aproveitar o momento do banho ou quando for dormir. Isso não vai transformá-lo em um deprimido crônico, mas em uma pessoa que sabe canalizar suas ansiedades de uma forma positiva. Você vai se sentir realmente revigorado, liberado e energizado para seguir em frente.

Se pra você é difícil chorar, não precisa se preocupar. Isso acontece com muitos outros. Você precisa sensibilizar-se um pouco e dar-se um tempo. Pode tocar uma música, ler alguma coisa ou assistir a um daqueles filmes que exigem um pacote de lenço bem grande.

Você não está chorando pelo protagonista ou pela história em si, mas esse é um interessante mecanismo para desprender o que acumulou em seu interior

Sabia que existe um ponto na altura da garganta, que quando é pressionado ativa o choro? Você também pode respirar profundamente. Para muitos esta técnica funciona quando querem chorar.

O choro é um calmante natural

Já falamos do aspecto “espiritual” do ato de chorar e algumas de suas consequências. Também é bom saber que muitos estudos foram realizados para analisar por que quanto mais lágrimas derramadas mais tranquilo fica o “chorão”.

Se o choro vale à pena é por que o líquido salino conhecido como lágrima tem a capacidade de limpar os olhos e hidratar os globos oculares naturalmente. E isso pra que serve? Para liberar hormônios de bem-estar.

Quando ficamos estressados estamos mais propensos a chorar. Isto tem uma razão científica muito convincente: ao expulsarmos as lágrimas liberamos oxitocina, noradrenalina e adrenalina. Estes elementos têm sobre o corpo o mesmo efeito de um analgésico.


Os hormônios fixam a atenção sobre o que nós sentimos. Então, depois de chorar nos sentimos melhor. Como se isso não fosse suficiente, os especialistas dizem que o choro reduz a ansiedade e promove o relaxamento.

Chorar e rir… Igualmente benéficos?

O riso e o choro são dois dos fenômenos que estão mais presentes em nossas vidas diárias. Se analisarmos fisiologicamente, ambos são semelhantes. Por quê? Porque alteram a respiração e a pressão arterial.

Se nós rirmos uma hora por dia emagreceremos 14 gramas de gordura. Talvez possa parecer pouco para alguns, mas se você somar isso, em um ano terá reduzido em 5 kg. E esse não é o única vantagem, porque o riso aumenta a autoestima, retarda o envelhecimento e elimina o estresse e a tensão.

O choro também consegue este último benefício! A medicina hipocrática o considerava “um expurgo para os estados de humor”. Ao longo da história o choro foi interpretado como um sinal de pouca integridade ou fraqueza, mas isso não é verdade. Que o riso e as lágrimas encham sua vida!

Fonte: Melhor com Saúde

Uma lata de cerveja por dia aumenta chance de câncer de pele em 14%

A ingestão de álcool comprovadamente causa sete tipos de câncer e é responsável por cerca de 3,6% dos casos da doença ao redor do mundo. Segundo pesquisadores da Universidade Brown, nos Estados Unidos, a lista pode ficar maior. Um estudo publicado, neste mês, na revista Cancer Epidemiology, Biomarkers & Prevention sugere que o consumo regular de bebidas alcoólicas está ligado a um risco aumentado de desenvolvimento de melanoma, o tipo mais grave de câncer de pele.

A pesquisa foi liderada por Eunyoung Cho, professor-associado de dermatologia e epidemiologia da Universidade Brown, e mostra que beber diariamente mais de 12,8g de álcool — o equivalente a uma latinha de cerveja ou uma taça de 100ml de vinho — pode aumentar as chances de desenvolvimento de melanoma em cerca de 14%. Já o consumo excessivo de bebida, de mais de 20g diários de álcool, eleva o risco em 23%.

A relação é mais evidente quando se consideram melanomas surgidos em locais do corpo pouco expostos à luz do Sol, como peito, costas e abdômen. As chances de surgimento da doença nesses lugares aumenta em até 73% para quem consome álcool excessivamente, contra 2% na cabeça, no pescoço e nas extremidades.

A pesquisa utilizou dados de três grandes estudos anteriores que observaram os hábitos de consumo de álcool em mais de 200 mil participantes por um período de 18 anos. Os voluntários responderam a um questionário detalhado a cada dois anos, com perguntas sobre hábitos alimentares e histórico médico. Foram registrados 1.374 casos de melanoma entre os participantes.

Vinho branco

Os pesquisadores avaliaram também o aumento no risco de melanoma causado pelo consumo de quatro tipos de bebidas: cerveja, licor e vinhos tinto e branco. Cho diz ter ficado surpreso que a última foi a única bebida que, consumida independentemente das outras, pode aumentar as chances de surgimento do melanoma. Uma dose por dia de vinho branco pode elevar o risco em cerca de 13%.

Segundo o estudo, as bebidas podem causar câncer devido a uma substância chamada de acetaldeído, produzida no fígado durante a metabolização do álcool. Os vinhos têm quantidades altas da substância em sua composição, o que torna o consumo deles potencialmente mais perigoso. Para os pesquisadores, porém, os antioxidantes presentes no vinho tinto protegem contra o efeito do acetaldeído, tanto que a ingestão isolada dele não demonstrou aumento do risco de melanoma nos participantes.
 
Fonte: Correio Braziliense/ Via Jair Gomes

Gravação de DVD de Safadão em Miami vira "balada top" de quatro dias

Wesley Safadão durante o festival Villa Mix, em São Paulo, em setembro deste ano



Wesley Safadão está com tudo pronto -  a "balada" e o "virote" - para a gravação de seu novo DVD. O cantor desembarca em 15 de abril de 2017 no Eden Roc Resort, em Miami, para o registro do DVD "WS in Miami Beach", o primeiro fora do país. 

O "weekend do Safadão" começa na quinta (13) com uma festa na piscina do hotel regada a champanhe. A banda Eva toca no Sunset na véspera da gravação do DVD e a despedida do final de semana será na piscina ao som dos DJs Larissa Lawh e Raul.

No início deste ano, o cantor fez shows por quatro cidades dos Estados Unidos com casas cheias e ingressos esgotados. 
Logo que voltou, fez o anúncio de uma turnê pela Europa no início de 2017. As datas e cidades ainda não foram divulgadas. #GoSafadão

Fonte: UOL - por Adriana de Barros

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

O mundo sem papel higiênico

Difícil imaginar como era a vida antes de inventarem o papel higiênico… antes de ele surgir ‘macio’ diversos materiais foram usados para tal fim: trapos, peles, grama, folhas de coco ou de milho e até alface… 

Os gregos optavam por pedaços de argila e pedra (?), enquanto os romanos preferiam esponjas embebidas em água salgada, que eram amarradas a uma vara para facilitar o uso.
  • Origem
O papel higiênico, como conhecemos hoje, foi criado pelos chineses (é claro…). No século II, antes de Cristo, eles inventaram um papel cujo uso principal era a limpeza do ânus.

Por volta de do ano de 1500, as folhas de papel higiênico dos chineses mais poderosos chamavam a atenção por sua largura – cerca de 50 cm x 90 cm.

Ah, e tem mais: no início o papel higiênico era considerado regalia, e tinha uso exclusivo das camadas mais altas da sociedade.

A realeza francesa chegou a utilizar rendas e sedas para essa função nada nobre…

Joseph C. Gayetty foi o primeiro a comercializar o papel higiênico, por volta do ano de 1857. Em 1880, os irmãos Scott começaram a vender o papel enrolado da forma que conhecemos hoje. Na época, era considerada uma afronta aos bons costumes que o papel ficasse exposto nos mercados.

Em 1935 foi lançada uma versão que trazia algumas melhoras, sob o slogan “papel livre de bactérias” – o que nos faz pensar sobre a qualidade do que era comercializado anteriormente.
Em 1944, uma empresa de produtos higiênicos recebeu uma condecoração do governo norte-americano. O motivo do reconhecimento? Foi “o heroico esforço em abastecer as necessidades dos soldados durante a Segunda Guerra Mundial”…

Há registros de que o papel higiênico já teve utilidade estratégica em períodos de guerra: na operação Tempestade no Deserto, na Guerra do Golfo, os tanques americanos contrastavam demais com a areia e não havia tempo para pintar os veículos. A “tática de guerra” foi, então, envolver os tanques em papel higiênico como técnica de camuflagem.
A folha dupla surgiu somente por volta de 1942.

Fonte: Super Interessante / Via Você Sabia?

Com imensa sensibilidade, mulher tem escrito cartas ao marido que morreu na tragédia de Chape

A jornalista Isabella Fernandez Ibargoyen é uma das mulheres que ficaram viúvas na tragédia com o avião que levava o time da Chapecoense para a Colômbia no dia 29 de novembro. Ela era casada com o também jornalista Giovane Klein, que era repórter esportivo da RBS e faleceu no acidente.
Depois que soube da morte do marido, Isabella começou a escrever cartas emocionantes para contar a Klein tudo o que estava acontecendo em decorrência da trágica queda que deixou 71 mortos. Nas lindas mensagens de amor, ela ainda pede que o companheiro lhe dê forças.



Mulher escreve cartas a marido que morreu no acidente da Chape

No primeiro relato sensível, Isabella fala sobre a repercussão do caso e todas as homenagens que grandes jogadores e times estão fazendo à Chapecoense. Em seguida, conta que está recebendo muito carinho dos amigos e dos admiradores do trabalho dele.

Depois, Isabella fala sobre como está a cachorrinha de estimação do casal e faz um pedido. “Te conto que a nossa filha de 4 patas tá sem entender muita coisa, mas tá inquieta...esperando tu chegar. Conversa com ela daí, por favor!”, escreve.
Por fim, a jornalista fala sobre como se sente e encerra o texto com uma linda declaração de amor. “Por último te conto que estou sem chão! Fui acordada de madrugada pensando que teria que trabalhar em mais uma cobertura de enchente na cidade, chovia tanto...acho que eram lágrimas! (...) Em meu nome, o meu amor eterno a ti! Só pra te lembrar que sempre e pra sempre, te amo! ❤", encerra a carta emocionante.
Leia o relato na íntegra:
"Oi meu amor Giovane,

Queria te contar como tá tudo por aqui nessas últimas horas, e vou pegar emprestada a tua invejável sensibilidade pra te contar da forma mais serena possível, então onde estiver, faz teu mate e senta aí pra ler:



Te conto que tá sendo difícil, mas as coisas parecem que ainda estão dentro do planejamento de quem ia trabalhar no jogo...veja bem, a chape segue ganhando essa repercussão enorme que tu vinhas acompanhando de perto! Só que, como tu também estavas acostumado, a pauta deu uma virada...não aquela que gostaríamos, mas virou e vocês todos são os personagens principais!
Te conto que os jogadores e toda equipe da chape seguem sendo tratados como heróis! Aliás, nesse mundo que tanto amaste, o da bola, grandes nomes estão por aqui rezando por vocês! Equipes pelo mundo enviaram energias positivas, o futebol inglês que tu tanto gostava de acompanhar "deu show" mais uma vez na copa da liga inglesa! A torcida do Liverpool cantou, e por um minuto o estádio inteiro se calou! Confesso que me arrepiei como tu cada vez que parava pra assistir a um jogo europeu e ficava admirado com o respeito deles ao minuto de silêncio...eles fizeram exatamente isso pra ti! Ah, os clubes brasileiros também estão reverenciando a chape. A Arena do teu Grêmio tá verde...e a final da Copa do Brasil foi transferida pra dar tempo de tu te acomodar bem por aí na tua nova casa e assistir a conquista de um título tricolor como há anos tu esperavas! A torcida que te encantou quando tu assistias à final da libertadores, a do Atlético Nacional, também resolveu torcer pra chape nessa final...aliás, deu pra chape o título! Esses torcedores vão estar onde vocês estariam hoje de noite, e acho que vai estar lindo! Te conto que Neymar, Cristiano Ronaldo e tantos outros nomes fizeram suas homenagens! Ah, e aquele que dá o nome ao livro que tá ainda na tua mesa de luz, o Tite, também tá entre esses feras que se comoveu com o que aconteceu. O futebol mundial tá com vocês!
Falando nisso, assim como aconteceu na volta do teu trabalho recente na Argentina, tem MUITO telespectador falando comigo nas redes sociais pra falar do teu sempre impecável trabalho! Gente que eu nem conheço, mas que te conhecem bem e te admiram muito!
Te conto que a nossa casa tava cheia de amigos, como tu gostava que ela estivesse! O clima não era nada bom, mas eu te escrevo pra falar que as lembranças eram boas, quanta gente cativastes por aqui hein?
Te conto que Pelotas tá cheia de orações, aliás, Pelotas, Livramento, Bagé (por onde passamos) e tantas outras cidades. Chapecó então nem se fala...a cidade que tu te apaixonou tá triste, é verdade, mas tá emanando muita energia positiva, dá pra sentir pelo silêncio nas ruas! Aquela que foi tua segunda casa nesses últimos anos, a Arena Condá, ontem teve lotação máxima, tava linda...tu ia te orgulhar tanto!
Te conto que no meio de tudo isso meu lado jornalista tá atento, como também sempre acontecia contigo. Uma cobertura "daquelas" tá acontecendo em Chapecó, no Brasil, no mundo!! Galvão Bueno que te emocionou ao narrar o último jogo do grêmio pela copa do Brasil, tá nos emocionando ao falar de ti e de todos com tamanho carinho e consideração! O Bom Dia Brasil lembrou de ti e da última reportagem que fizeste para o programa sobre essa ascensão da chape. Nem deu tempo de te falar da repercussão da tua matéria de domingo no Esporte Espetacular! Como estava no teu cronograma naquele email que me mostrastes antes de viajar, tu estavas no Jornal Nacional...só de um jeito diferente do esperado! Nossos colegas mais próximos estão segurando uma barra enorme...mas como tu sempre dizia: "o grupo tá unido!"...e mas o nosso JA, o news, o meu querido Bom dia SC e o teu querido Globo Esporte parecem um programa único. Um trabalho que é a tua cara como jornalista, humano e acima de TUDO SENSÍVEL! Tua sensibilidade tá aqui meu amor!
Te conto que a nossa filha de 4 patas tá sem entender muita coisa, mas tá inquieta...esperando tu chegar. Conversa com ela daí, por favor!
Por último te conto que estou sem chão! Fui acordada de madrugada pensando que teria que trabalhar em mais uma cobertura de enchente na cidade, chovia tanto...acho que eram lágrimas! Mas te conto que no fim desse dia 29, teve aquele pôr do sol maravilhoso que adorávamos admirar da sacada de casa! Espero que tenha sido tu falando que tá tudo bem! Espero que estejas em paz! Espero que só encontre coisas boas por aí...e TE espero, PRA SEMPRE! Encontrei aqui teu escapulário que tu não levaste porque tinha arrebentado...dentro dele os teus desejos de saúde e no verso alegria, amor e no verso meu nome! Em meu nome, o meu amor eterno a ti! Só pra te lembrar que sempre e pra sempre, te amo! "

Isabella também usou sua conta no Instagram para "falar" com o marido. No post, escreveu que ela, sua mãe, seus sogros e seu cunhado tinham ido a Florianópolis porque ele [Giovane] receberia uma homenagem.
Na nova carta ao marido, a viúva disse que havia levado as camisas dele para a Arena Condá e que as cartas serviam de conforto neste momento de tanta tristeza. Ela escreveu:
"Meu amor, te mando mais informações pra que sigas tranquilo e em paz por aí! Estou em Floripa, terra que um dia até sonhávamos vir morar...é que vai ter uma homenagem pra vocês, colegas de RBSTV, aqui! Além da tua sogra, estou com tua mãe, teu pai e teu irmão. Teus pais andaram de avião pela primeira vez. Todos nós andamos...acho que passamos pertinho da tua nova morada. Depois vamos pra tua terrinha, Pelotas. Só queria que tu recebesse essa foto pra saber que também foste lembrado na Arena Condá, em Chapecó. Terra onde fizemos tantos amigos que estão lá agora nos mandando energias positivas.
Esse era teu espacinho em cada jogo da chape, lembra? Eu fiquei um tempinho ali conversando contigo, acho que tu me ouviu né? Levei tua camisa da do grêmio, da chape e da sportv, tuas três paixões: o time de coração, o jornalismo esportivo e a tv. Senti ali naquele pedacinho do gramado tua presença. Por alguns momentos até te vi trabalhando, observando cada lance durante as transmissões dos jogos e fazendo intervenções pertinentes, dignas de quem entende do assunto e que nasceu pra isso. Mas depois de piscar os olhos eu vi um outro trabalho, vi outros jornalistas...teus ídolos do jornalismo esportivo estão na Arena. Assim como repórteres que sempre foram nossas referências de jornalismo. Aaah o jornalismo!! Ele também tem me dado força amor, tenho usado as palavras pra desabafar, te informar e me confortar. A minha pauta diária tem sido tu, espero que estejas me assistindo, lendo, ouvindo...sentindo!"

Últimas lembranças

No dia anterior, a jornalista publicou em suas redes sociais as últimas conversas que teve com o marido pelo WhatsApp, poucas horas antes da queda do avião. Nos registros, o casal conversa sobre a viagem.
Na última mensagem enviada por Giovane, às 19h08, ele escreveu que estava na Bolívia, mas que já ia entrar em outro avião. As mensagens enviadas por Isabella, entre as 20h do dia 28 e 1h do dia 29, nem chegaram a ser visualizadas pelo repórter.
Nelas, a jornalista fala que ela e a cachorra de estimação do casal estão com saudades e que está nervosa por estar um longo período sem ter informações dele.
Na legenda da publicação, Isabella faz um novo pedido ao marido falecido. “Sei que tu tá vendo tudo isso, né? Me dá força por favor? Essa vida sem a tua graça não tem a menor graça meu amor!”


Fonte: VIX - por GIOVANNA MAZZEO

domingo, 4 de dezembro de 2016

sábado, 3 de dezembro de 2016

Única mulher a sobreviver, comissária está estável e faz relato emocionado sobre colegas

Ximena.otterburg/Facebook
A comissária de bordo boliviana Ximena Suárez Otterburg, única mulher sobrevivente da queda do avião da Chapecoense publicou em seu Facebook pessoal um relato tocante direcionado a seus colegas de trabalho que morreram na tragédia que comoveu o mundo inteiro.

Ela permanece internada na Clínica Sommer e seu estado de saúde é estável. Com a vida fora de risco, Ximena escreveu um breve depoimento sobre sua dor ao perder os amigos. “Eu não consigo explicar a dor que sinto, até agora estou em choque”.

Veja abaixo o depoimento completo e saiba mais sobre a situação de Ximena e do outro tripulante sobrevivente, Erwin Tumiri.

Relato de sobrevivente do acidente Chapecoense

Reprodução/Facebook
A comissária de bordo Ximena Suaréz Otterbug foi uma dos seis sobreviventes da tragédia da queda do avião que levava a Chapecoense de Santa Cruz de La Sierra (Bolívia) a Medellín (Colômbia). 

Depois do acidente, ela foi levada às pressas à clínica Sommer, com fraturas na perna (na fíbula e na tíbia, o maior osso do membro, que dá sustentação ao peso do corpo), no pescoço e no braço. 

Publicidade
Ainda na clínica, Ximena postou em seu Facebook uma mensagem aos tripulantes do avião da companhia aérea LaMia que morreram na tragédia. O relato é direcionado ao técnico da aeronave Angel Lugo e acompanhado de fotos de seus amigos, que reproduzimos abaixo.
Em seu texto, a comissária de bordo fala que sentirá saudade da rotina com seus colegas de trabalho durante os voos que realizavam.

Ximena ainda fala sobre os outros membros da tripulação de maneira carinhosa, com apelidos, e os chamando de “companheiros, irmãos e amigos de coração”.
Leia o relato completo abaixo, em tradução livre do espanhol:
Ximena.otterburg/Facebook

“Meu Angel Lugo, está no céu, meu amigo, com os demais. Vou sentir saudades de suas ocorrências, das pausas para comer massa, das risadas. Partilhamos tanto, que não tenho palavras para explicar a dor que sinto.


Igualmente a David Vacaflores (o meu gatinho), Micky Quiroga (menonitas), Alex Richard Quispe Garcia (cachito), Gus Carvalhos (paraguaio), capitão Ovar Goytia.

Deus, eu não consigo explicar a dor que sinto, até agora estou em choque! 

Sempre em meus corações, meus companheiros, irmãos, amigos de coração. Até breve, meus donuts! Voem alto, que quando chegar o meu momento eu os alcanço!”.
Veja post original:


Ximena Suarez Otterburg
na quinta
Meu Anjo Lugo, estas no céu meu amigo com os outros, vou sentir saudades suas ocorrências, as pausas para comer massas, as risadas, tudo partilhamos tanto que não tenho palavras para explicar a dor q sinto ao iguala com David Vacaflores ( O meu gatinho), Micky Quiroga (menonitas), Alex Alex Richard Quispe Garcia (cachito), Gus Carvalhos (paraguaio), Capitão Ovar Goytia, Deus eu não consigo explicar a dor q sinto, até agora estou em choque! Sempre em meus corações meus companheiros, irmãos, amigos de coração até breve meus donuts! Voem alto que quando chegar o meu momento vos apanho!

Estado de saúde de Erwin Tumiri

O técnico da aeronave boliviano Erwin Tumiri também permanece internado na clínica Sommer e o quadro clínico dele é considerado estável. 


De acordo com informações do jornal O Globo, a diretora médica da clínica, Ana Maria González, comunicou que tanto Tumiri quanto Ximena Suárez “estão se recuperando bem dos seus ferimentos e estão sendo avaliados constantemente para saber quando poderão receber alta”.

Após ser resgatado, ele explicou que só conseguiu se salvar porque seguiu uma recomendação de segurança: ele se abaixou e ficou em posição fetal. 


Como sobreviver a um acidente de avião?



Fonte: VIX - Escrito por Nathália Geraldo

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

8 razões para dormir pelada todos os dias

Faz bem para a saúde e para a autoestima.

Dormir bem é essencial para a saúde física e mental. E para a noite de sono perfeita, alguns preparativos são necessários: os alimentos certos, o ambiente completamente escuro e, bem, ir para a cama sem roupas!

Sim, é científico e traz váaarios benefícios.

1. Você vai dormir melhor.
Nosso corpo é uma coisa muito louca e tem suas peculiaridades. Uma delas é que a temperatura dele precisa cair cerca de meio grau para você, de fato, cair no sono e dormir com qualidade. Portanto, quando você resolve usar aquele pijama lindo e quentinho pode estar atrapalhando esse processo biológico. E não somente isso, quando o corpo está muito quente, você ainda pode prejudicar a liberação de dois dos principais hormônios anti-idade, a melatonina e o do crescimento. Conforto é tudo!

2. Além de ser ótimo para sua saúde.
Vamos lá: o seu corpo passou o dia inteiro coberto e, em muitos casos, com roupas muito justas. Ao dormir pelada você dá oportunidade para ele respirar. E o que significa um corpo arejado? Menos umidade e chances de proliferação de bactérias e fungos. Sua vagina agradece!

3. Se essa é sua intenção, pode ajudar você a emagrecer.
O nosso corpo é um trabalhador incansável e metódico que DETESTA ser interrompido. Quando a temperatura do corpo baixa durante o sono, isso faz com que aumentem os níveis de hormônio do crescimento, essencial para fortalecimento da musculatura e reparo tecidual, ao mesmo tempo que facilita a queda do cortisol, um dos vilões do aumento de peso.
Quando você dorme mal (exemplo: usa roupas desconfortáveis) ou não tem horas de sono suficientes, você, provavelmente, vai acordar com níveis anormais de cortisol, fazendo o seu apetite aumentar e diminuindo a imunidade, além de elevar a pressão sanguínea e o colesterol.

4. E é muito mais fácil dormir pelada.
Já pensou em nunca mais precisar comprar pijamas, por exemplo? Além disso, seriam menos roupas para ter que se preocupar em lavar. É uma situação que você só ganha: mais conforto e muito menos trabalho.

5. E confortável.
Mais liberdade = menos chances de ter o sono interrompido.

6. Pode acelarar sua vida sexual.
Em primeiro lugar, vamos lá, você está pelada do lado de uma pessoa que você gosta, logo as chances do sexo aconteceram serão bem mais altas do que se você estiver, por exemplo, usando um pijama. Em segundo, é científico: o contato pele com pele facilita a liberação pelo cérebro de oxitocina, o chamado hormônio do amor. Sozinho, ele faz com que diminuam os níveis de cortisona, além de aumentar as sensações de prazer e bem-estar físico e emocional.

7. E fazer você se arrumar mais rápido para o trabalho, por exemplo.
Quem precisa sair de casa cedo todas as manhãs bem sabe: todo tempo do mundo é valioso. Quer coisa melhor, então, do que pular uma das etapas matinais?

8. E você vai se sentir muito mais sexy.
Porque dormir pelada “força” você a encarar o seu corpo – do jeitinho que ele é – e a cada vez mais aceitá-lo.


Fonte: http://mdemulher.abril.com.br/estilo-de-vida/8-razoes-para-dormir-pelada-todos-os-dias/ - Por Lucas Castilho - g-stockstudio/ Thinstock  / Via professor José Costa

Mães de atletas mortos em acidente aéreo de 1972 escrevem carta para a Chapecoense

Wikipedia/Domínio Público e LatinContent/Getty Images
Em 1972, o avião que transportava o time de rugby do Uruguai caiu na Cordilheira dos Andes e matou 29 pessoas. Assim como no acidente aéreo com o time da Chapecoense, houve sobreviventes. As mulheres que perderam seus filhos na tragédia fundaram a Biblioteca Nuestros Hijos (Nossos Filhos, em espanhol) no ano seguinte com o objetivo de criar um espaço em que todos tivessem a oportunidade de ter acesso à leitura.

Mães de jogadores mortos em 72 mandam carta para a Chape

Sensibilizadas com a tragédia que aconteceu esta semana na Colômbia, as 13 mães fundadoras da biblioteca escreveram e publicaram na página da instituição no Facebook uma carta à Chapecoense. Leia a tradução completa:

"Diante da tragédia ocorrida em La Ceja, na Colômbia,
Quarenta e três anos atrás, mas na Cordilheira dos Andes, mães, pais e irmãos de um grupo de atletas uruguaios viviam uma agitação como a que hoje vivem os entes queridos dos que faleceram no acidente com o avião que transportava a equipe da Chapecoense.


Como naquela época, hoje, alguns viveram e outros vão ficar para sempre na memória.

É difícil em circunstâncias como estas pensar além da dor, mas saibam que vocês podem contar com toda a nossa solidariedade e empatia.
As mães dos que não voltaram dos Andes funda a Biblioteca Nuestros Hijos, para sublimar a dor para servir aos outros e manter viva as lembranças de nossos filhos. Aqui abrimos nossos braços e corações às famílias e amigos das vítimas de Chapecó, Brasil."

A publicação emocionou os internautas, que, nos comentários, lamentaram a tragédia e desejaram força e condolências às famílias. 


Fonte: VIX-  Escrito porGiovanna Mazzeo

Porque as formigas se cumprimentam?

Quantas vezes você já se deparou com uma pequena trilha de formigas e observou-as? Várias delas em um sentido, várias delas no sentido oposto? E quando elas se encontram no meio do caminho, param para se “cumprimentar” e prosseguem…

 Na realidade esse fenômeno ocorre porque as formigas possuem um sistema de comunicação muito peculiar através das antenas. O que ocorre de fato é o reconhecimento através do cheiro umas das outras, para detectarem se fazem parte do mesmo ninho.


Por questões de segurança, as formigas não aceitam intrusos em sua colônia (formigueiro) e por isso a necessidade de estarem sempre atentas ao menor sinal de invasão de alguma formiga estranha ou até mesmo doente, quando é imediatamente isolada do grupo.


As formigas produzem através de uma reação química o chamado feromônio que é exalado através de glândulas marcando o caminho percorrido e servindo de comunicação entre elas.

 O feromônio é secretado por alguns animais influenciando o comportamento ou o desenvolvimento morfológico de outros animais da mesma espécie, como é o caso também das mariposas.

Fonte: Você Sabia?

Mulher consegue emagrecer 400 Kg e fica incrivelmente diferente, Veja!

Mayra Rosales, moradora do Texas, nos Estados Unidos, pesava 514 quilos e consumia cerca de 18.000 calorias diárias...   Mayra conta que não saía de sua cama a mais de 5 anos devido ao sobrepeso e as fortes dores que desenvolveram após gigantescos linfedemas e aglomerações de líquidos causadas por obstruções no sistema linfático.
Bernie, o marido de Mayra, precisava ajudá-la todos os dias até mesmo nas tarefas mais fáceis do dia a dia.

 Mayra foi considera a mulher mais gorda do mundo, e se nada fosse feito a tempo ela correria sérios riscos de vida.
 
A mulher conta que consumia cerca de 18.000 calorias diárias, que para ela comer 4 bolos de uma só vez era algo extremamente comum. (Lembrando que o consumo diário de uma pessoa adulta é de 2.000 calorias).
 
A americana precisou ir com urgência ao hospital. Mas ela não conseguia passar pela porta. Foi preciso quebrar uma parede para que a mulher fosse rebocada para dentro do prédio. Cerca de 10 de pessoas foram precisos para fazer a remoção.

 Mayra precisou passar por várias operações, uma vez que seu corpo já padecia há alguns anos de várias enfermidades por conta do excesso de peso. Apenas com a remoção dos linfedemas, ela já passou a pesar 100 quilos a menos.
 

Mayra passou por um procedimento urgente de emagrecimento para salvar sua vida. E para isso foi necessário muito treinamento e disciplina. 

 
A motivação veio com o afeto de seus sobrinhos que ela cria como se fossem seus filhos, e foram parte importantes nesse processo.

 Ela continuou treinando e emagrecendo, surpreendendo a todos que não acreditavam na sua recuperação.

 Com 91quilos a menos, Mayra esta incrívelmente linda e saudável como podem ver na imagem abaixo.





 No total foram mais de 400 quilos eliminados, e uma nova perspectiva de vida.

 Compartilhe esta história de superação com seus amigos 

Fonte: Mulheres com Estilo