segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Crianças que brincam aprendem mais do que as que vêm TV

Criança que brinca aprende mais do que as que passam a maior parte do dia na frente da televisão. A constatação é da Academia Americana de Pediatria (AAP), que recomendam aos pais limitar o tempo que os filhos passam na frente da TV, em especial, os menores de dois anos.


Pesquisa realizada pela AAP mostrou que 90% dos pais afirmaram deixar seus filhos com até dois anos em frente à TV ou outro dispositivo eletrônico por, em média, duas horas diárias. A pesquisa mostrou também, que um terço das crianças com três anos ou mais tinha televisão no quarto, e que os pais acreditam que programas educativos são importantes para o desenvolvimento saudável da criança.


Segundo a AAP, o ideal é que a criança brinque com objetos próprios para sua idade. A Academia não recomenda deixar televisão no quarto dos pequenos. Veja abaixo uma lista com as descobertas da pesquisa:


  • A brincadeira é mais valiosa para o desenvolvimento do cérebro infantil do que os meios eletrônicos. Ao brincar, elas aprendem a ser criativas, a resolver problemas e também desenvolvem habilidades motoras.
  • Pais que assistem TV com as crianças ajudam na forma com
    o elas entendem. Porém, elas aprendem mais com apresentações ‘ao vivo’ do que com as transmitidas na televisão.
  • Crianças que são excessivamente expostas a alternativas eletrônicas são mais propensas a ter atrasos de linguagem e problemas de desenvolvimento quando começam a estudar.
  • Embora muitos programas infantis afirmem ser educativos, faltam evidências para comprovar isso.
  • Programas só são educativos para crianças se elas conseguirem entender o conteúdo e o contexto do vídeo.
Fonte: Blog Boa Saúde

Estudo: salto alto aumenta chances de lesões nos pés e joelhos





Cerca de 40% das mulheres que usam salto alto já sofreram acidentes por causa dos sapatos
Foto: Getty Images

Sapatos de saltos podem deixar as pernas mais longas e um ar mais elegante ao visual, no entanto, um levantamento feito com 1 mil mulheres pela empresa de calçados MBT descobriu que mais de 40% das adeptas ao salto alto já sofreram acidentes por causa do sapato e caíram. As informações são do The Guardian
 
Saltos com mais de 7,6 cm podem aumentar a pressão sobre os pés e afeta todas as partes do corpo da mulher quando ela caminha. 

O dilema
 
Os sapatos altos estão na moda, mas pesquisas mostram o que muitas mulheres já sabiam: que fazem doer os pés e que não são saudáveis para o uso diário. Uma pesquisa da Harvard mostrou que mulheres adeptas do salto alto têm mais chances de desenvolver artrite no joelho e pode danificar a articulação. 

Ao usar os sapatos, o peso do corpo não é distribuído de maneira uniforme entre os pés. A pressão fica concentrada na parte dianteira da sola dos pés e dedos. Além disso, elas desenvolvem músculos e tendões da panturrilha mais curtos e grossos, o que causa dor quando colocam os pés no chão e inflama os tendões. 

A Academia Americana de Cirurgiões Ortopédicos diz que joanetes, que são inchaços dolorosos ao lado da base do dedão do pé, estão ligados não apenas aos sapatos estreito, mas ao salto alto também. 

Cair de salto é deselegante, mas a queda pode levar a uma consequência mais séria, como uma torção no tornozelo. Saltos altos também causam dor nas costas, porque é difícil manter as costas alinhadas com os sapatos. 

A solução
 
A maioria das mulheres usa sapatos que são demasiado pequenos para os pés, o que pode aumentar os danos causados pelo alto alto. Certifique-se de que seus sapatos se encaixam - deve haver um centímetro de espaço entre o dedão eo final do sapato. 

Não use sapatos de salto alto todos os dias. Limite o tempo a não mais de cinco horas. Quando você anda de salto, deslize ao invés de bater e coloque o calcanhar no chão antes da parte da frente do pé. Para caminhadas longas, use sapatos baixos. 

As meninas mais jovens se começam a usar sapatos altos quando novas, têm mais chances de desenvolver problemas de dores nas costas e nos pés na vida adulta. 

Terra

Como conquistar um escorpiano

Ele é simplesmente irresistível! Há quem diga que todo mundo deve ter um escorpiano em sua vida. Por outro lado, há quem diga que este nativo vende uma mercadoria que não condiz com a realidade. Quem está certo? Na verdade, só existe um jeito de saber: experimente se relacionar com um nativo de escorpião!

Como conquistar um escorpiano:
- O primeiro passo é deixa-lo mostrar interesse. Até porque, se ele não estiver interessado, nada feito, você não terá a menor chance. Troque olhares, todos muito penetrantes, e espere um sinal do escorpiano. Fazer um jogo de sedução é uma ótima dica.

- Quando conseguir uma aproximação, não o deixe totalmente seguro. Eles detestam saber que podem ser ignorados, mas se sentem completamente atraídos pela ideia. Converse bastante e tente estabelecer um papo franco, sem rodeios ou delongas. Não se esqueça de que os seus olhos devem permanecer grudados nos dele.

- Assim que tiver oportunidade, parta para o ataque. Mas, nada de ser singelo, logo no primeiro beijo você tem que mostrar a que veio. Eles não resistem a um ataque como este. O beijo deve ser longo e ousado. As mãos fazem parte de todo o processo. Seduza com elas também!

- Quando tudo estiver ficando sério, faça com que ele se sinta no poder da situação, mas, lá no fundo, mostre que não é possível ceder a todos os seus caprichos. Por mais que esteja sendo contrariado, ele vai se sentir desafiado, e nenhum signo gosta mais de desafios do que escorpião.

- Assim que a relação ficar completamente estabelecida, sorria e curta os momentos de romance e prazer. O escorpiano gosta de viver o amor com todas as suas audácias, maluquices, loucuras, ousadias, enfim, é um amante diferenciado!

Zastros - terra

Tumores de ovário podem surgir depois de fertilizações

Risco de tumores dura até 15 anos após ciclo de tratamento
Foto: Getty Images

Mulheres que passam por estimulação ovariana para produzir óvulos extras para o processo de fertilização artificial têm mais riscos de desenvolver tumores no órgão, segundo divulgou um estudo do Instituto do Câncer Holandês, publicado na revista Health.
Esse tipo de tumor, conhecido como "tumor ovariano borderline", não é agressivo e tem altas chances de cura, mas demanda cirurgia.

Durante o estudo, foram estudados dados de 19 mil mulheres estéreis da Holanda, que passaram pelo processo de estimulação dos ovários e seis mil que não passaram pelo processo de fertilização artificial. Depois de 15 anos de pesquisas, notou-se que aquelas que se submeteram a quatro ou mais estimulações tinham mais chances de sofrer com os tumores borderline. 

"Os dados são claros ao relatar que a estimulação ovariana para fertilização aumenta o risco de desenvolver tumores ovarianos do tipo borderline e os riscos se mantêm elevados por cerca de 15 anos após o ciclo de tratamentos", disse Flora van Leeuwen, líder da pesquisa, que é a favor de as mulheres serem informadas dos riscos do procedimento caso se submetam a vários ciclos de fertilizações.

Fonte: Terra

domingo, 30 de outubro de 2011

Mensagem: Oração

Que Deus...
esteja na tua frente
para mostrar o caminho certo...

esteja ao teu lado,
para te abraçar e proteger...

esteja atrás de ti,
para te salvar de pessoas falsas...

esteja debaixo de ti,
para te amparar quando caíres
e que te tire das armadilhas...

esteja dentro de ti,
para te consolar quando estiveres triste...

esteja ao redor de ti,
para te defender
quando outros te atacarem...

esteja sobre ti
abençoando-te sempre...
 Que a vida tenha sempre um sorriso terno e que
mesmo diante das dificuldades você encontre forças para mudar...
(Autor Desconhecido

Bom Domingo a todos ! 

sábado, 29 de outubro de 2011

Veja 4 dicas caseiras que ajudam o cabelo a crescer mais rápido

                                                      Foto: Getty Images

Existem diversos tratamentos capilares compostos por ingredientes naturais. Plantas podem impulsionar, por exemplo, o crescimento dos cabelos. O único cuidado que deve ser tomado é na hora de misturar os ingredientes. As informações são do Our Vanity

Confira a lista preparada pelo Our Vanity de produtos naturais que aumentam o fluxo de sangue na cabeça e aceleram o processo de crescimento capilar. 

Chá verde - O chá verde é um dos remédios naturais úteis para o crescimento do cabelo, devido aos antioxidantes da bebida. Você pode beber ou usar como ingrediente no xampu ou loção para obter o resultado.

Óleo de semente de uva - o óleo de semente de uva é outro remédio natural para fazer o cabelo crescer mais rápido. Você pode esfregar o óleo de semente de uva quente em seu couro cabeludo, um pouco antes da hora de dormir, duas ou três vezes por semana.

Batata - a água usada para ferver a batata também pode ser usada para acelerar o crescimento capilar. Deixe esfriar e passe nos cabelos, depois de lavá-los com xampu.

Máscara de ovo - Misture um ovo a 50 g de azeite de oliva e aplique a mistura nos cabelos. Envolva a cabeça com uma toalha e deixe por uma hora. Depois, lave os cabelos com xampu suave e aplique condicionador. Repita o procedimento pelo menos uma vez por semana.

Fonte: Terra



Mude doze hábitos para prevenir a azia

Entenda por que cigarro, álcool e jejum prolongado pioram a queimação no estômago

O prazer da refeição dura pouco para os 20 milhões de brasileiros que, segundo a Organização Mundial da Saúde, são obrigados a lidar com a queimação no estômago causada pela azia. O número levantado já é alto, mas tende a ser ainda maior, já que a maioria das pessoas que convive com o problema dificilmente busca um especialista na tentativa de resolvê-lo. "A maioria dos pacientes procura, por conta própria, medicamentos ou soluções naturais para amenizar o desconforto", afirma o gastroenterologista Luiz Eduardo Rossi Campedelli, do Hospital Albert Einstein. "Os sintomas acabam melhorando temporariamente, mas voltam a incomodar em pouco tempo sem tratamento médico".

A azia é causada pelo refluxo de ácido gástrico (responsável pela digestão dos alimentos): ele segue do estômago para o esôfago, como se fosse retornar à boca. "Esse refluxo, por sua vez, é causado pelo mau funcionamento de uma espécie de válvula, chamada esfíncter: ela se abre para o alimento passar do esôfago para o estômago e, em seguida, deve se fechar para reter o que foi ingerido e também os sucos gástricos que circulam por ali", explica o gastroenterologista Ricardo Blanc, membro da Sociedade Brasileira de Gastroenterologia 

 O tratamento do problema pode até incluir o uso de medicamentos, mas os especialistas garantem que só isso não funciona. O método mais eficiente contra a queimação no estômago é a mudança de hábitos tanto em relação à sua dieta quanto à forma como os alimentos são consumidos. "Mastigando bem os alimentos, por exemplo, você facilita o trabalho do estômago, que pode produzir menos ácido", afirma o gastroenterologista do Einstein. Os cuidados são todos muito simples, mas fazem uma tremenda diferença na sua digestão, acompanhe todos eles para começar e encerrar suas refeições com muito prazer.

Cardápio selecionado

Controlar o consumo de alguns alimentos ajuda a evitar crises de azia. De acordo com gastroenterologista Luiz Eduardo Rossi Campedelli, do Hospital Albert Einstein, frituras e alimentos muito gordurosos devem ficar longe do prato de quem sofre com azia. Frutas ácidas, condimentos, embutidos e alguns tipos de verduras, como couve, couve flor, brócolis, repolho, nabo, rabanete, pepino e tomate também devem ser evitados, porque tem ph ácido.

Refeições na hora certa

Passar longos períodos em jejum aumenta as chances de azia. Isso acontece porque, quando uma pessoa fica sem comer, o ácido gástrico se acumula e pode refluir, irritando o final do esôfago. "Comer a cada três horas mantém o sistema digestivo em funcionamento, sem sobrecarga na produção de ácido gástrico", explica o gastroenterologista Luiz Campedelli. 



Pratos que transbordam

Quem exagera no prato também corre maior risco de ter azia. "Quanto maior o volume de alimentos ingeridos de uma vez, maior será o risco que o suco gástrico atinja o esôfago, já que estômago estará superlotado", explica Luiz Campedelli.

Exercícios após a refeição

Segundo o gastroenterologista Ricardo Blanc, muita movimentação física aumenta as chances de refluxo. Até duas horas após uma grande refeição, o estômago ainda acumula ácidos gástricos em maior quantidade e os movimentos podem fazer com que esses líquidos retornem em direção ao esôfago, causando a queimação. 
Leite gelado durante uma crise

Tomar um copo de leite gelado pode até piorar a queimação. "O alívio que você sente ao tomar um copo de leite é momentâneo. A bebida tem pH baixo (o que neutraliza a acidez estomacal). No entanto, é rica em cálcio, mineral que estimula a produção de ácido gástrico pelo estomago", alerta Luiz Campedelli. Além disso, o leite, em sua versão integral, é rico em gorduras, outro componente que aumenta as chances de azia. O mesmo processo não acontece com o leite de soja, que não possui grandes quantidades de cálcio e é livre de gorduras. "Um copo de leite de soja gelado traz alívio, assim como alguns goles de água gelada".

Café depois do almoço

Outro hábito bastante comum que deve ser evitados por pessoas que sofrem com azia é tomar café após a refeição. "A cafeína provoca um relaxamento demasiado no esfíncter, causando o refluxo de ácido digestivo para o esôfago. Duas xícaras diárias é o máximo recomendado para uma pessoa que sofre com crises de azia", diz o gastroenterologista Vladimir Schraibman, especialista do Minha Vida.

Tomar chá preto
De acordo com o gastroenterologista Vladimir Schraibman, especialista do Minha Vida, assim como o café, o chá preto e o chá mate provocam o relaxamento do esfíncter, facilitando o refluxo e aumentando as chances de azia. Chás mais claros ou o chá verde não causam o mesmo efeito, podendo ser consumidos sem preocupação. O chá de camomila, por sua vez, possui características calmantes que diminuem a irritação da parede do esôfago atingida pelo refluxo gástrico.

Sono após comer
Deitar-se após as refeições deixa o corpo em uma posição que facilita o refluxo dos ácidos digestivos que provocam a azia. Caso você seja vítima do problema, o ideal é permanecer sentado, pelo menos, meia hora após o término da refeição e, só após este intervalo, dar um cochilo. 
Riscos do álcool

Além de irritar naturalmente o sistema gástrico, o álcool também estimula a produção de ácido pelo estômago e diminui a capacidade de contração da válvula que impede o refluxo. Por isso, evite esse tipo de bebida durante as refeições como medida preventiva. Também não é recomendável beber com o estômago vazio, prevenindo o acúmulo de ainda mais ácidos digestivos.

Mais uma do cigarro
A azia é mais um incômodo que pode ser colocado na lista de malefícios que o fumo traz ao corpo. "Além de causar problemas sérios no pulmão, o cigarro também diminui a proteção da mucosa do estômago, deixando o órgão mais sensível à irritação causada pelo ácido gástrico", afirma Ricardo Blanc. É por esse motivo também que o cigarro aumenta as chances de úlcera no estômago.

Excesso de peso

Pessoas que sofrem com o sobrepeso ou com obesidade têm maiores probabilidades de serem incomodadas com a azia, já que a pressão sobre o estômago (causada pelo excesso de peso) aumenta as chances dos ácidos gástricos sofrerem refluxo em direção ao esôfago.

Líquidos durante a refeição

Bebidas gaseificadas aumentam a pressão dentro do estômago, forçando os ácidos digestivos a seguirem em sentido inverso (refluxo gástrico). Outras bebidas, em excesso, acabam diluindo o ácido gástrico e obrigando o estômago a produzi-lo em maior quantidade. "Ardência e queimação são resultados possíveis quando há consumo exagerado de bebidas junto às refeições", afirma o gastroenterologista Ricardo Blanc. 
 
Por Fernando Menezes
Minha Vida

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Mitos e verdades sobre hemorroidas

Conheça os principais mitos e verdades sobre hemorroidas e veja como a prevenção e tratamento do problema não são tão complicados assim

 Beber dois litros de água por dia ajuda a prevenir a doença
Foto: Getty Images

Estudos ingleses e americanos comprovaram que quase a metade da população mundial com mais de 30 anos tem ou terá hemorroidas (a dilatação de um dos vasos sanguíneos do ânus). E as mulheres estão mais propensas a manifestar o mal, porque seu intestino tende a ser mais preso e preguiçoso. Aprenda a identificar o problema e saiba a hora de procurar um especialista.

O que são hemorroidas?

São a dilatação de um ou mais vasos sanguíneos do ânus, que podem até sair na hora da evacuação. Os sintomas são: coceira, desconforto, secreção (que irrita a região) e sangramento.

Como prevenir?

· Obedeça a vontade de evacuar. Não adie.
· Coma mais fibras (existentes em frutas, verduras e cereais).
· Pratique exercícios físicos.
· Tome bastante líquido (no mínimo dois litros por dia).
· Pesquise se há casos da doença na família, porque ela pode ser hereditária.

Verdadeiro ou falso?

· Hemorroidas causam câncer
Falso. Elas não viram tumor. Isso é lenda.



· Grávidas são mais propensas

Verdadeiro. E o risco aumenta nos últimos três meses, quando o útero está maior e a gestante tende a fazer menos esforço e exercícios físicos.



· Sexo anal dá hemorroidas

Falso. Ele só pode causar fissuras na região, mas não chega a ser a causa do problema.



· Prisão de ventre dá hemorroida

Verdadeiro. A constipação obriga a pessoa a fazer mais força ao evacuar e, assim, os vasos localizados no ânus dilatam demais.

Alimentos ricos em fibras melhoram o funcionamento do intestino e evitam a hemorroida
Foto: Getty Images



Sem cuidado, o problema evolui!

· Primeiro grau: Há sangramento, mas o vaso dilatado permanece dentro do ânus.

· Segundo grau:
O vaso dilatado sai do ânus durante a evacuação.

Como tratar o primeiro e segundo grau

Coma alimentos ricos em fibras (de 20 a 25 gramas diariamente) e tenha mais cuidado com a higiene da região. Em algumas situações, deve-se parar de usar papel higiênico, passando a limpar só com água ou lenços umedecidos sem perfume.

· Terceiro grau:
O vaso dilatado não consegue voltar sozinho para o ânus.

· Quarto grau:
O vaso dilatado não cabe mais no ânus, ficando sempre para fora.

Como tratar o terceiro e quarto grau

Necessitam de intervenções clínicas indolores, como a ligadura das hemorroidas ou a secagem com raios infravermelhos. A cirurgia é recomendada para um em cada dez pacientes.

Fonte:MdeMulhher - Conteúdo do site ANAMARIA

Jeito de caminhar revela quantidade de orgasmos da mulher

O levantamento concluiu que o orgasmo vaginal pode ser avaliado pelo modo de andar, que compreende fluidez, energia, sensualidade e liberdade
Foto: Getty Images


Patricia Zwipp
Quer saber se a mulher se satisfaz na cama? Basta reparar em seu jeito de andar, de acordo com uma pesquisa belga divulgada na publicação Journal of Sexual Medicine. Os dados são do jornal Daily Mail. Quanto mais a caminhada é enérgica e livre, mais orgasmos ela deve ter. As donas de passos duros tendem a ser mais contidas entre quatro paredes. 

Voluntárias preencheram um questionário sobre comportamento sexual. Depois, foram observadas à distância enquanto andavam em um espaço público. Seus movimentos foram analisados por dois professores de sexologia e dois assistentes de pesquisa, sendo que os últimos não tinham conhecimento da história do orgasmo. 

O levantamento concluiu que a experiência do orgasmo vaginal pode ser avaliada a partir do modo de andar, que compreende fluidez, energia, sensualidade, liberdade e ausência de músculos flácidos ou bloqueados. De acordo com os resultados, as mulheres que experimentam o ápice sexual têm mais autoestima e se sentem mais positivas em relação à vida.
 
Ponto a Ponto Ideias, terra

Equipe de Zezé Di Camargo e Luciano nega fim da dupla pelo Twitter

A equipe da dupla Zezé Di Camargo e Luciano negou, por uma mensagem no Twitter, que a parceria entre os irmãos tenha acabado, como foi anunciado por Luciano durante show de Curitiba na noite desta quinta-feira (27). "A história de Zezé Di Camargo e Luciano não acabou. Os dois, como todos irmãos, têm seus desentendimentos. A dupla continua", diz o comunicado, assinado por "Equipe ZCL".
De acordo com o site "Universo Sertanejo", Zezé subiu ao palco sozinho, e disse que já passou por "um grande problema na sua vida", mas que nem por isso desistiu. E continuou: "As razões que fazem com que o Luciano não esteja aqui não vêm ao caso. Vamos nos divertir e cantar."

Luciano subiu 20 minutos depois, e anunciou que a partir de março de 2012 Zezé cantará sozinho (assista ao vídeo abaixo).
Estrelas da música sertaneja, os cantores lançaram seu primeiro LP em 1991. Desde então, colocaram no mercado mais de duas dezenas de discos. Seu álbum mais recente, "Double Face", saiu em 2010 e ultrapassou a marca de 100 mil cópias vendidas.

Fonte: UOL

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Governadora concede aumento aos professores do Estado

A governadora Rosalba Ciarlini aumentou a remuneração dos professores do Estado. De acordo com o Diário Oficial desta quarta-feira (26), os magistrados do RN com carga horária de trabalho de 30h terão os salários readequados, de acordo com as classes e níveis que ocupam no quadro funcional.

As alterações nos salários dos professor são referentes aos meses de setembro, outubro, novembro e dezembro, e serão pagos em parcelas.

Confira a tabela dos reajustes no link
Vi no blog: comunidadeestudantil.blogspot.com

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Comprimido promete transformar suor em perfume

Especialistas afirmam que as cápsulas transformam a pele em um atomizador natural e o suor ganha arom
Foto: Getty Images

Um novo comprimido promete deixar perfumado qualquer corpo, transformando a pele em um atomizador de odores. As pílulas, que podem ser engolidas, estão atualmente em sua fase de desenvolvimento, e trabalham com os processos naturais do metabolismo, liberando moléculas perfumadas através da superfície da pele durante a transpiração. A informação foi publicada no Daily Mail desta terça-feira (25).

Especialistas afirmam que as cápsulas transformam a pele em um atomizador natural e o suor ganha aroma. De acordo com a holandesa Lucy McCrae, criadora do comprimido, cada pessoa vai emitir um odor diferente já que o ser humano é geneticamente único. 

Terra

Inep divulga na internet gabaritos oficiais do Enem

Já estão disponíveis na internet os gabaritos oficiais das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano. Os candidatos devem acessar o site (http://enem.inep.gov.br/) do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) para conferir as respostas das 180 questões aplicadas nos dois dias de exame.

No primeiro dia, os candidatos responderam a 90 questões de ciências humanas e da natureza. No segundo dia, as provas foram de linguagens e matemática, além da redação, cujo tema foi Viver em Rede no Século 21: os Limites entre o Público e o Privado. Os resultados individuais dos participantes só serão divulgados em janeiro de 2012.

O Enem usa a Teoria de Reposta ao Item (TRI) para calcular as notas dos candidatos. O método é bem diferente do adotado em vestibulares tradicionais: a quantidade de acertos não é o único determinante para a nota – cada item tem peso diferente, dependendo do seu nível dificuldade.

Cuidados com o cabelo durante a gravidez


A gravidez é uma caixinha de surpresas. O corpo todo se modifica, as emoções ficam à flor da pele, surgem os desejos inesperados. Com o cabelo não é diferente. Então, prepara-se para as mudanças. Quando os hormônios entram em ação, o resultado é imprevisível. Se seus cabelos são secos, na gestação podem se tornar oleosos e vice-versa. Os lisos talvez ganhem cachos e os ondulados, quem sabe alisem. Mas ainda que você tenha que se adaptar com o novo visual e as mudanças do seu corpo, a boa notícia é que as transformações capilares costumam ser animadoras.

Em geral, a espera do filhote torna os cabelos mais bonitos, cheios e sedosos. “Durante os nove meses de gestação, os fios permanecem em sua fase anágena (de crescimento) e estimulados pelos hormônios (progesterona e estrogênio) tornam-se mais espessos, diminuindo a queda e avolumando a cabeleira”, revela a dermatologista Aline Vieira. Mas nem tudo são flores nesse período e as mamães adeptas de escovas progressivas, tinturas e permanentes podem ter que ficar algum tempo longe dos salões de beleza.

A polêmica

O Ministério da Saúde e a Sociedade Brasileira de Dermatologia não recomendam o uso de química nos cabelos durante a gravidez. “Acredita-se que alguns componentes usados nos produtos para cabelos são teratogênicos (geram defeitos no feto), tóxicos e até cancerígenos”, justifica especialista. A amônia, o benzeno, o formol e metais pesados como chumbo, alumínio e cobre são algumas das substâncias vetadas pelos especialistas. A proibição pode durar mais de nove meses. “Ainda que não se tenham estudos que comprovem a passagem dessas substâncias do couro cabeludo para o sangue e para o leite da mãe, o recomendado é só recorrer a esses produtos ao fim do aleitamento materno”, aconselha Aline. 

Mais sensível

Além dos possíveis danos ao bebê, as gestantes são mais suscetíveis a desenvolverem alergias decorrentes do uso de produtos químicos nos cabelos: “Na gravidez ocorre uma diminuição da imunidade celular da mulher como uma tentativa de manter a gravidez fazendo com que o organismo não entenda o bebê como um corpo estranho. A queda de imunidade pode deixar a mulher mais vulnerável a manifestações alérgicas e infecções”, revela a dermatologista. “As manifestações alérgicas podem ser das mais leves como irritação, coceira e vermelhidão até quadros mais graves como reações anafiláticas”, confirma Humberto Tindó, chefe do serviço de ginecologia e obstetrícia do Hospital Quinta D’Or, no Rio de Janeiro.

Mesmo produtos considerados naturais e menos agressivos como a henna e os tonalizantes devem ser excluídos da lista de beleza da mulher grávida.  

Por Karla Precioso
fonte: Sociedade Brasileira de Dermatologia

Conheça alimentos que ajudam a eliminar os quilos extras

No café da manhã, coma uma porção diária de grãos integrais acompanhados de frutas e iogurte
Foto: Getty Images

Enquanto as pessoas vivem de dieta para perder aqueles "três" quilos a mais, mas não conseguem um resultado satisfatório, a Universidade de Harvard descobriu que ao invés de você investir em uma dieta, só precisa adicionar ou trocar alguns alimentos.

A informação publicada no site Health diz que os pesquisadores analisaram os hábitos alimentares e ganhos e perdas durante vários anos. Confira quais são os alimentos que ajudam você a perder até cinco quilos em um ano. 

Suco + pedaço de bolo
Beber um copo de suco de laranja acompanhado de um pão doce no café da manhã ajuda a perder alguns quilinhos. 

Iogurte + fruta + cereal
Outra dica para o café da manhã é inserir uma porção diária de grãos integrais acompanhados de frutas e iogurte.

Blueberries
Quando bater aquela fominha entre o café da manhã e o almoço escolha blueberries. Elas ajudam a acelerar o metabolismo. 

Abandone os queijos e os frios
Se você quer emagrecer, troque o presunto, os queijos e o pão branco por peito de peru, vegetais e pães integrais.

Esqueça as batatas fritas
Um dos alimentos mais nocivos para quem deseja emagrecer. Corte da sua lista as batatas fritas. 

Coma vegetais diariamente
Comer porções de vegetais diariamente ajuda a saciar e a perder alguns quilinhos. 

Aposte na banana
Opte por comer uma banana na hora do lanche da tarde. 

Amêndoas
Uma boa opção para o lanche da tarde, as amêndoas ajudam a saciar a fome e são ótimas para a saúde do coração. 


Beba muita água
Tome o líquido durante o dia todo. 

Evite a carne
Muito calórica e gordurosa, a diminuição do consumo da carne ajuda a perder alguns quilos. 

Terra

Consumo de café pode reduzir o risco de câncer de pele, diz pesquisa

O consumo diário da bebida pode ajudar a reduzir o risco de câncer de pele
Foto: Getty Images

Novas pesquisas apresentadas pela Associação Americana para Pesquisa do Câncer sugere que o consumo diário de café pode ajudar a reduzir o risco de câncer de pele. Na pesquisa, mulheres que bebiam mais de três xícaras de cafeína diária tinham uma redução de 20% no risco, enquanto os homens viram uma redução de 9%, em comparação com pessoas que tinham tomado menos de uma xícara por mês. A informação foi publicada no Huffington Post desta segunda-feira (24). 

Os pesquisadores também testaram uma possível conexão entre o consumo de café e a diminuição do risco de melanoma e risco de carcinoma de células escamosas - dois outros tipos de câncer de pele - mas não chegou a nenhuma resultado. "Embora não possamos concluir em nosso estudo que a associação inversa entre café e carcinoma seja causal, é consistente a associação entre o café e os riscos de câncer", disse o pesquisador Fengju Song, Ph.D., do Hospital Brigham and Women e Harvard Medical School. 

Os pesquisadores não têm certeza do que, exatamente, está por trás da aparente ligação entre o café e a diminuição do risco de câncer, nem entendem exatamente por que isso parece ter um impacto apenas em um tipo de um câncer de pele.

"Isso sugere que há algo na cafeína que pode ter um efeito específico sobre o desenvolvimento da doença", disse o Dr. Robert S. Kirsner, vice-presidente da dermatologia e cirurgia cutânea da Universidade de Miami Miller. 

Em um comunicado, Song compartilhou sua crença de que as descobertas podem eventualmente ter impacto na saúde pública, dado o elevado número de carcinomas basocelulares, tanto nos Estados Unidos como no exterior. De acordo com a Fundação do Câncer de Pele, a grande maioria dos cânceres de pele são carcinomas de células basais, e afetam mais de dois milhões de americanos a cada ano.

Mas isso significa que as pessoas que não consomem café deveriam ter o hábito? Absolutamente não, dizem os especialistas, alertando que a pesquisa é muito preliminar.

Fonte: Terra

Verruga

Berruga, Cravo da palma ou da sola, Olho de peixe, Condiloma. 

O que é? 

É um tumor benigno causado por vírus (HPV) Pappilomavirus humano, vírus este que pode causar também tumores malignos no colo do útero ou no pênis, segundo o sorotipo. São benignos os de sorotipo 1, 2, 3 e 4. A denominação das verrugas está relacionada ao lugar onde elas se desenvolvem ou ao seu aspecto. 

Assim temos:
verruga plantar nas solas,
palmar nas palmas,
anogenital ou condilama acuminado cerca do períneo,
periungueal ao redor das unhas,
subungueal sob as unhas,
vulgar as de aspecto mais característico (couve-flor),
plana,
filiforme,

Como se adquire? 

As verrugas são de causa infecciosa, transmitindo-se por contato com o vírus causador, contato este que pode variar desde um apertar as mãos até uma relação sexual ou a coçadura de uma lesão estabelecida que propicia a auto-inoculação, também é possível a transmissão através de objetos. 

Como evolui? 

Mínimas lesões da pele permitem o vírus penetrar nas células, obrigando-as a produzir uma proteína que interfere nas funções reguladoras da reprodução celular, com isto a reprodução celular se dá de forma anormalmente acelerada. A supressão desta regulação é temporária o que explica a permanência autolimitada das verrugas e seu desaparecimento após certo tempo. 

O que se sente? 

As verrugas são nódulos (proliferação celular) endurecidos, benignos, de cor acinzentada, que de forma geral não causam sintomas. Em determinadas situações (devido à localização) pode haver dor ou sangramento. 

Como se faz o diagnóstico? 

Em princípio o exame clínico é suficiente levando-se em conta os aspecto e a localização da lesão.

Como se previne? 

Previne-se evitando o contato com o vírus. A prevenção é de difícil execução, sendo raro o adulto que já não tenha apresentado algum tipo de verruga.

Terra

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Pesquisa confirma que morango protege estômago de danos do álcool

Uma dieta rica em morangos pode exercer um efeito benéfico na prevenção de doenças gástricas

Uma equipe de pesquisadores italianos, sérvios e espanhóis confirmou o efeito protetor dos morangos no estômago de um mamífero prejudicado pelo álcool, informou nesta segunda-feira a Universidade de Granada, que participou deste estudo.

Os cientistas forneceram etanol (álcool etílico) para cobaias de laboratório e comprovaram que a mucosa gástrica daquelas que previamente tinham comido extrato de morango sofria menos lesões.

A pesquisadora da Universidade de Barcelona (UB) e coautora do trabalho, Sara Tulipani, explicou que os efeitos positivos dos morangos são associados à capacidade antioxidante, que ativam as próprias enzimas e defesas do organismo.

As conclusões do trabalho mostram que uma dieta rica em morangos pode exercer um efeito benéfico na prevenção de doenças gástricas, de modo que esta fruta poderia atenuar a formação de úlceras estomacais em humanos.
A gastrite ou inflamação da mucosa do estômago, além de se relacionar com o consumo de álcool, também pode ser gerada por infecções e pela ação de remédios antiinflamatórios não-esteróides (como a aspirina).

"Nestes casos ingerir morangos durante ou depois da patologia poderia aliviar a lesão na mucosa gástrica", sugeriu Maurizio Battino, coordenador do grupo de pesquisa da Universidade Politécnica da Marche (UNIVPM), na Itália.
A equipe detectou menos ulceras nos estômagos dos ratos que, antes de receber o álcool, tinham ingerido durante dez dias extrato de morangos (40 miligramas ao dia por quilo de peso).

Segundo Battino, o trabalho não foi desenvolvido para atenuar os efeitos de uma bebedeira, mas para encontrar moléculas protetoras da mucosa gástrica.
Além de cientistas da UNIVPM, da UB e de Granada, a pesquisa ainda contou com pesquisadores das universidades de Salamanca, na Espanha, e de Belgrado, na Sérvia.

 Fonte: EFE- Ciência e Saúde

Enem 2011: Confira os gabaritos das provas


  Veja os gabaritos dos 2 primeiros dias de provas, confira nos links a seguir:


sábado, 22 de outubro de 2011

Conheça quatro hábitos que prejudicam a pele do rosto

Tabagismo e má alimentação causam manchas e envelhecimento precoce

Por Especialistas

Hoje em dia, todos querem ter uma pele saudável, não é mesmo? A tarefa, entretanto, torna-se cada vez mais difícil com a exposição a inúmeros poluentes e devido à crescente agressividade dos raios UVA e UVB. Soma-se a isso, o estresse, o sedentarismo, a má alimentação e outros inúmeros hábitos prejudiciais à saúde física e mental do ser humano, tão característicos da atualidade.

Esses e outros hábitos, como o tabagismo, a falta de proteção solar e a desatenção a problemas de pele hereditários, como acne, podem ocasionar sérios problemas futuros. Embora pareçam inevitáveis, eles podem e devem ser prevenidos. Por isso, listo alguns hábitos prejudiciais a pele, principalmente do rosto, mostrando como se dá a interação com nosso organismo e seus efeitos finais.


FumoA nicotina tem um efeito vasoconstritor e estimulador cerebral, então é como se a adrenalina estivesse a mil todos os dias, o que gera um estresse oxidativo ou a formação de radicais livres que participam diretamente da aceleração da degradação do colágeno. A vasoconstrição atrapalha a boa vascularização da pele e todos os órgãos, então é como se mantivéssemos a pele em constante regime de desnutrição e sem oxigênio adequado.

Efeito final: pele com pouco colágeno, meio opaca, sem viço e com má cicatrização.


Má alimentação
A má alimentação corrobora para uma oxidação mais intensa, pois acumula mais radicais livres, além de propiciar processos inflamatórios, acúmulo de líquidos e pigmentação da pele.


Efeito final: rugas mais precoces, maior tendência a ter manchas na pele, o que piora a qualidade da mesma com aparência mais grossa e oleosidade aumentada. Consumo de muito açúcar ou gordura também pode ser um fator de risco para a saúde.


Sol
O sol é uma grande dádiva para nós, mas tem que ser aproveitado com moderação e proteção, pois pode se tornar um vilão. O sol tem propriedades antiinflamatórias imediatas, mas também o efeito de engrossar a pele e estimular a pigmentação como defesa contra agressão da radiação. Além disso, ele causa uma ação de depressão da imunidade da pele local.

Efeito final: rugas mais precoces, manchas de todos os tipos, câncer de pele e aumento de incidência de doenças virais, como herpes.


Falta de limpeza e hidratação
A pele perde água para o ambiente todos os dias e acumula queratina, suor e bactérias nos poros. Se não houver uma limpeza bem feita, ela vai ficando mais grossa, com poros abertos e sem vida. A falta de limpeza e hidratação também promove o aparecimento de rugas mesmo em pessoas jovens.

Efeito final: pele com rugas finas distribuídas por todo o corpo, poros abertos e pele sem viço.

Fonte: Minha Vida

 

Estudo conclui que excesso de horas livres traz infelicidade

Ter muitas horas livres para relaxar pode não ser o segredo da felicidade, indica estudo
Foto: Getty Images

Ter um tempinho para cuidar de si próprio é o sonho de muita gente que vive tentando se equilibrar entre a pressão do trabalho e os compromissos familiares. No entanto, o jornal inglês Daily Mail publicou os resultados de estudos que contrariam a tese de que quanto mais horas livres, maior a chance de relaxar e sentir-se bem consigo mesmo. 

De acordo com pesquisas feitas na University of Cincinnati, em Ohio, e Baylor University, no Texas, ambas nos Estados Unidos, ter tempo livre demais pode ser bem pior do que não ter tempo para nada. 

Para chegarem à essa conclusão, os pesquisadores ouviram 1.329 adolescentes, que responderam quanto tempo eles têm de sobra e o quanto são felizes. 

Aqueles que afirmaram ter pouco tempo livre estão frequentemente infelizes, mas os adolescentes com muitas horas vagas também acabavam ficando sem ter o que fazer. A pesquisa concluiu que, para se sentirem felizes, o ideal é encontrar um equilíbrio - nem muitas horas vagas, nem poucas. 

O estudo afirma também que viver com uma quantidade equilibrada de tempo livre pode trazer bem-estar e aliviar os efeitos colaterais negativos associados a uma sociedade orientada pelo consumo.

Terra

Com 10 anos, estudante taiwanesa fala dez idiomas, incluindo português

Com apenas dez anos, a estudante Sonia Yang fala dez idiomas, incluindo português, em diferentes níveis de fluência. Sonia, que nasceu em Taiwan e mora em Cheadle Hulme, no Reino Unido, também fala, além de sua língua natal e português, japonês, chinês, inglês, alemão, francês, espanhol e recentemente cazaque e ugandense, segundo o jornal "The Sun"

Sonia Yang fala dez idiomas, incluindo português. (Foto: Reprodução/The Sun)

Sonia chegou a vencer um concurso de linguagem na Inglaterra do qual participaram mais de 5 mil estudantes. Eles foram testados em seus conhecimentos em outras línguas, além de sua capacidade de aprender novos idiomas.

Durante o concurso, Sonia foi desafiada a aprender a língua de Uganda em apenas algumas semanas. Nas fases preliminares, ela já havia aprendido cazaque e português. A estudante vai representar sua região na final nacional, que acontece em Londres ainda neste ano.

Do G1, em São Paulo

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Qual é a diferença entre fruta e legume?

A resposta varia conforme a pessoa para quem você fizer a pergunta. Um cientista vai responder que fruto - e não fruta, já que o termo técnico correto é masculino - é a estrutura desenvolvida a partir do ovário de uma flor fecundada. O mesmo cientista dirá também que os legumes são um tipo de fruto, que tem como característica o fato de ser duro, seco e ter as sementes protegidas por uma vagem - caso, por exemplo, do feijão, da ervilha, do amendoim e da lentilha. Nas feiras e quitandas, porém, a rigidez da classificação científica dá lugar a um critério bem mais simples. Para agricultores e donas-de-casa, os frutos doces são chamados de frutas e o resto vira legume. "Não se trata de uma definição técnica, mas de uma distinção popular que se consagrou pelo uso", afirma o biólogo Marcos Arduin, da Universidade Federal de São Carlos (Ufscar).

Dessa forma, frutos adocicados, como o abacate, o caqui, a uva e a banana, recebem o nome de frutas. Outros mais salgados ou azedos - como o tomate, o chuchu e a berinjela - são considerados legumes. "Esse estilo de classificação ampliou a categoria dos legumes. Com ele, há espaço para incluir raízes (como a cenoura e o rabanete), ramos (como brócolis) e grãos (como o arroz e o girassol)", diz Marcos. Caso curioso é o do morango. Nem todo mundo sabe que ele é, na verdade, um falso fruto. O que nós comemos é só uma parte da flor - o receptáculo -, que fica carnoso e cheio de suco depois da fecundação. Os frutos verdadeiros são apenas os pequeninos grãos que parecem sementes enfeitando sua casca vermelha.

Revista Mundo Estranho

Idosa de 71 anos e parceiro pagarão multas por sexo dentro de carro

Tim Adams, de 54 anos, e Rita Daniels, de 71
(Foto: Departamento de Polícia de Farmington)


A mulher de 71 anos que foi presa com um parceiro, de 54, após os dois serem flagrados fazendo sexo dentro de um carro se declararam culpados diante de uma corte em Michigan, nos EUA, informou quinta-feira (20) o site The Smoking Gun.

Rita Daniels e Tim Adams foram condenados, ambos, a um ano de liberdade condicional. Ela também foi condenada a pagar uma multa de US$ 585 por causar desordem. Já o parceiro pagará uma multa de US$ 785 e ainda terá que cumprir 50 horas de serviço comunitário.

Em setembro, eles foram flagrados pela polícia fazendo sexo dentro do veículo de Tim em um estacionamento de um shopping center em Farmington, no estado americano de Michigan.

De acordo com o registro policial mostrado no site The Smoking Gun, ao ser questionado por um policial sobre o que eles estavam fazendo, o homem foi direto: "estou transando com esta garota". O caso inusitado ocorreu no começo de setembro mas só foi noticiado no início deste mês.

O texto policial também detalhou que a idosa, Rita Daniels, foi encontrada sobre seu companheiro, Tim Adams, ambos nus no banco de trás, enquanto o carro "balançava levemente" com as janelas turvas devido ao calor no interior.

Uma investigação posterior descobriu que o casal se conheceu em um bar próximo ao local pouco antes de irem para o veículo. Abordados pela polícia, eles estavam cheirando a bebidas alcoólicas, e nenhum dos dois sabia o nome do outro. Um teste de bafômetro comprovou a embriaguez.

O casal foi preso por atentado ao pudor e por causarem desordem, e ficaram em um presídio local até que os efeitos do álcool passaram. Antes disso, no entanto, os policiais notaram que Tim Adams se despiu e ficou só de cuecas em sua cela.

Do G1, em São Paulo