sábado, 29 de setembro de 2012

Brigado com Paula Fernandes, Leonardo quer se aposentar, diz Jornal

Músico está triste com a briga judicial envolvendo Paula Fernandes

 Leonardo está pensando em desisitir do mundo musical, após cantar por 30 anos


Tudo indica que o mundo sertanejo irá perder em breve um dos seus ídolos.

Segundo o jornal Agora São Paulo deste sábado (29), o cantor Leonardo revelou ,nas gravações de um programa, que pensa seriamente em se aposentar.

O músico, que tem uma sólida carreira de 30 anos, começou nas paradas de sucesso fazendo dupla com o irmão Leandro.

Ele também teria revelado que está “chateado” com a briga judicial envolvendo a cantora Paula Fernandes.

Os cantores estão brigados desde que a morena entrou com uma ação na Justiça para controlar as ações e transações comerciais de sua carreira, que é regida pela empresa Talismã Music.

Brigados, Paula Fernandes e Leonardo se apresentam em mesmo evento
Paula Fernandes perde briga judicial contra Leonardo; leia o comunicado
Pedro Leonardo ainda não tem data para voltar aos palcos

Do R7
 

Adote 12 medidas para proteger a saúde do coração

Mudanças muito simples mesmo fazem ele bater mais forte

 

O Ministério da Saúde estima que 31,5% dos óbitos no Brasil são provocados por doenças cardiovasculares, tornando-se a primeira causa de morte entre a população brasileira. A doença mata por ano, 7.6 milhões de pessoas no mundo todo, devido às suas complicações como AVC, infarto, entre outras. 

A hipertensão arterial e obesidade são consideradas duas das maiores vilãs da saúde do coração. Segundo dados do Ministério, cerca de 30 milhões de brasileiros têm hipertensão e há outros 12 milhões de brasileiros que ainda não sabem que possuem a doença no Brasil.

Quando não controlada, a pressão arterial causa lesões na artéria aorta e provoca a sobrecarga do coração, que fica com o músculo mais rígido, aumenta de tamanho e fica inchado. Já o excesso de peso, principal causador da hipertensão, exige um esforço maior não só do coração, mas também de todo o sistema circulatório, sendo a principal causa do aumento da pressão e podendo levar ao desenvolvimento de insuficiência cardíaca, ou seja, da diminuição da capacidade do coração de cumprir a sua função de bombear efetivamente o sangue, que corre por todo o corpo, alimentando órgãos e tecidos vitais. Por isso, manter hábitos saudáveis é fundamental para blindar o coração. A seguir, confira 12 maneiras de proteger esse órgão vital.

Combata o estresse

O colesterol alto, que causa a hipertensão e obstrui as artérias do coração, é um dos efeitos do excesso de estresse. A ansiedade aumenta a liberação de cortisol no organismo, hormônio que faz crescer a concentração de glicose no sangue, desencadeando problemas como diabetes, altos níveis de triglicérides e descontrole de colesterol. Cada vez que você fica ansioso, a quantidade de radicais livres que passam a circular no seu organismo aumenta. Com a ansiedade, a presença dos radicais livres no organismo aumenta, podendo gerar o agravamento de problemas cardíacos. Isso porque eles interagem com o colesterol em excesso no organismo, formando placas nas paredes dos vasos sanguíneos, além de piorar certas doenças inflamatórias e causar envelhecimento.

 
Oléo - Foto: Getty Images
Prefira os óleos vegetais. Na luta para abaixar os níveis de colesterol, em vez de apenas restringir o consumo dos tradicionais vilões do coração (como as gorduras saturadas), você pode recorrer à ajuda de alguns mocinhos. O óleo de canola e o azeite de oliva são bons exemplos de alimentos que você deve incluir na dieta. Segundo a nutricionista Roberta Stella, as gorduras monoinsaturadas presentes nos dois tipos de óleos vegetais ajudam a reduzir as taxas de LDL, o mal colesterol. Já os óleos vegetais ricos em gorduras poliinsaturadas, como o de soja, girassol e milho, aumentam os níveis de HDL, considerado como bom colesterol. A dica da especialista, portanto, é, além de ficar de olho na quantidade de gorduras saturadas e trans, dar preferência aos alimentos com maior quantidade de gorduras mono e poli-insaturadas. 

 
Carne - Foto: Getty Images
Maneire nas carnes. Principalmente a carne vermelha apresenta uma quantidade maior de colesterol. Ainda mais se conter capas generosas de gordura. Porém, isso não significa que elas devem ser totalmente excluídas do seu cardápio. "Controlando a ingestão dos outros alimentos fontes de colesterol, é possível ingerir carne vermelha até três vezes por semana", diz a nutricionista Roberta Stella. O fato de as carnes vermelhas oferecerem mais colesterol, no entanto, não faz com que os outros tipos de carnes possam ser consumidos à vontade. De acordo com Roberta, as carnes brancas e magras também possuem colesterol e, por isso, devem ser dosadas. "Os alimentos que contêm colesterol devem ser monitorados de uma forma geral. Leve em conta que o total da gordura obtido em um dia deve ser menor que 300 mg", completa. Uma dica: 100 gramas de contra-filé grelhado com gordura contêm 144 mg de colesterol. Sem a gordura, a quantidade diminui para 102 mg.

 
Açúcar - Foto: Getty Images
Até o açúcar? Isso mesmo. Um estudo publicado no Journal of American Medical Association sugere que, assim como uma dieta rica em gordura pode aumentar os níveis de triglicerídeos e colesterol, a ingestão de açúcar também pode afetar as taxas de lipídios. Para a realização do estudo, foram analisados os níveis de lipídios no sangue em mais de seis mil homens e mulheres adultos. Os pesquisadores descobriram que pessoas que consumiam mais açúcar tinham maior propensão de ter uma doença cardiovascular. Os cientistas não sabem ao certo que processo está envolvido nessa ligação do açúcar com o colesterol, pois até hoje, o que se sabia era a associação entre o consumo de açúcar e o diabetes. No estudo, o grupo de maior consumo ingeria uma média de 46 colheres de chá de açúcares "escondidos" nos alimentos por dia. O grupo de menor consumo ingeria uma média de apenas cerca de três colheres de chá por dia. 


Vegetais - Foto: Getty Images Vegetais - sempre! Um importante estudo científico divulgado no periódico americano Circulation demonstrou que o consumo de proteínas de origem vegetal está associado à redução da pressão arterial, ao mesmo tempo em que confirmou estudos anteriores de que o consumo total de proteínas não aumenta os níveis de pressão sanguínea. O ácido glutâmico, principal aminoácido encontrado nas proteínas vegetais, é um dos micronutrientes que ajudam a controlar a pressão arterial. Essa é uma das formas de se explicar a razão pela qual os vegetarianos têm menor tendência a desenvolver hipertensão arterial. 

 
Sol - Foto: Getty Images
Vitamina D. Um estudo realizado pela Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, revelou que 20% dos casos de hipertensão em mulheres estão associados ao descontrole dos níveis da pressão arterial em decorrência da falta de vitamina D no organismo. Este nutriente pode ser encontrado em alimentos como a manteiga, gema de ovo, fígado, entre outros, mas sua principal fonte de absorção é a luz solar. Portanto, 15 minutinhos de exposição ao sol são mais do que recomendados. O nutriente também é importante no processo de absorção de cálcio e fósforo no intestino e na mineralização, ou seja, crescimento e reparo dos ossos. 

 
Sono - Foto: Getty Images
Sono reparador. Estudos recentes apontam que cerca de 40% dos indivíduos hipertensos sofrem também de apneia obstrutiva do sono, alertando para uma relação entre as doenças. A apneia atinge aproximadamente sete em cada 100 pessoas e a incidência é maior no sexo masculino. Estima-se que 24% dos homens de meia-idade e 9% das mulheres são afetados pela apneia. A doença caracteriza-se pelo ronco que segue em um mesmo ritmo, vai ficando mais alto e, de repente, é interrompido por um período de silêncio. Neste momento, a pessoa fica totalmente sem respiração, mas, logo o ronco volta ao ritmo inicial. Segundo o presidente da Sociedade Brasileira de Hipertensão (SBH), Artur Beltrame Ribeiro, quem sofre de apneia do sono apresenta mais variabilidade da pressão e o aumento está ligado à lesão dos órgãos-alvo, como coração, cérebro e rins. Além disso, uma noite bem dormida tem a ver com viver mais, de acordo com um estudo da Universidade de Warwick e da Universidade Federico II, na Itália. De acordo com os pesquisadores, quem dorme menos de seis horas ou mais de oito ao dia tem 12% a mais de chance de morrer. Com a qualidade do sono prejudicado, crescem os ricos de acidentes, por conta da sonolência, e de ataques cardíacos em função do estresse.

 
Vinho - Foto: Getty Images
Vinho sim! Um estudo publicado no "Public Library of Science One", mostra que pequenas doses de resveratrol, um tipo de substância antioxidante presente nas uvas, em especial as tintas, protegem o coração contra o envelhecimento e reduzem os níveis de colesterol ruim, o LDL. No entanto, não vale exagerar: uma taça de vinho por dia é suficiente para dar proteger o coração sem maltratar o fígado, por conta do teor alcoólico.


Música - Foto: Getty Images Ouça a música do coração. Um estudo realizado pela Universidade de Maryland, nos EUA, com 10 participantes que não tinham nenhuma doença aparente constatou que quando eles ouviam por 30 minutos suas músicas preferidas ocorria a dilatação dos vasos sanguíneos. Esse gesto se equipara a reação de uma gargalhada, ao fazer atividades físicas ou quando tomavam medicações para o sangue. O diretor da cardiologia da instituição, Michael Miller, explica que ocorreu um aumento de 26% no diâmetro dos vasos, enquanto ao ouvirem uma música que não agradava ocorria uma redução de 6%. Dessa forma, o sangue flui mais facilmente, reduzindo as chances de formação de coágulos que causam infartos e derrames, além de reduzir os riscos do endurecimento dos vasos, característicos da aterosclerose.

 
Sal - Foto: Getty Images
Maneire no sal. Pesquisas científicas já comprovaram a relação direta entre o consumo de sódio e a hipertensão arterial. De acordo dados da Sociedade Brasileira de Cardiologia, o brasileiro consome em média 12 gramas de sal por dia, quando o recomendado seria limitar essa ingestão a 6 gramas. Em geral, a quantidade é alta porque, além do sal contido no alimento industrializado, as pessoas não dispensam apelar para o saleiro durante as refeições. De acordo com a nutricionista Eliane Cristina de Almeida, da Unifesp, o maior perigo do sódio é que ele está escondido nos alimentos. "Alimentos como fast-food, comida congelada, salgadinhos, biscoitos, refrigerantes, cereal matinal, embutidos, chocolate, carne bovina, leite e derivados contém boa quantidade de sódio que não costumamos perceber", diz a especialista.


Use fio dental. Uma pesquisa feita por cientistas da Itália e do Reino Unido, publicada no site do Jornal da Faseb (do inglês, "The Federation of American Societies for Experimental Biology"), mostra que gengivas infectadas podem ser um fator de risco para desenvolver problemas no coração. De fato, uma adequada higiene dental pode reduzir o risco de aterosclerose, derrame e doenças no coração, independentemente de outras medidas, como o controle do colesterol. "Há muito tempo se suspeita de que a aterosclerose é um processo inflamatório e que a doença periodontal tem um importante papel na aterosclerose", afirma Mario Clerici, pesquisador do estudo. 




Peixe - Foto: Getty Images
Dieta mediterrânea. A dieta típica da região banhada pelo Mar Mediterrâneo , ela é conhecida por seus benefícios ao coração. Os principais participantes dos pratos são as gorduras protetoras, que agem contra o desenvolvimento de doenças cardiovasculares , diz a nutricionista do Minha Vida, Roberta Stella. Ela aumenta o nível de colesterol bom (HDL) e diminuir as taxas do colesterol ruim (LDL) do sangue, além de evitar a obstrução das artérias. Dentre as principais características dessa dieta, estão o baixo consumo de carne vermelha, a ingestão de frutas, cereais e nozes, o alto consumo de peixes, o consumo moderado de vinho e o azeite de oliva como fonte de gordura saudável. Além disso, os peixes contêm ômega 3, reconhecido como um nutriente cardioprotetor, isto é, beneficia a saúde cardiovascular.

Fonte: Minha Vida

Sabrina Sato: “Sempre transo bêbada na primeira vez”

                                              Sabrina Sato - Foto: AgNews


Sabrina Sato, que recentemente terminou o namoro de três com o deputado federal Fábio Faria, contou que sempre bebe antes de transar com alguém pela primeira vez, em entrevista para a revista “Marie Clair”.

“Um dos meus pontos fracos é apelar para bebidinhas naqueles momentos em que é preciso um pouco mais de coragem e desinibição. Só para ter uma ideia, sempre estou bêbada quando transo pela primeira vez com alguém”, confessou a apresentadora.

A loira também contou que batalha muito para manter seus 59 quilos e que, atualmente, está de dieta. “Sou tipo o Ronaldo, sabe? Se não como direito e faço exercícios viro uma bola”.

 Por Valeska Pires

Especialistas explicam por que homens amam seios

Segundo pesquisadores a explicação para a atração masculina tem origens biológicas
Foto: Getty Images


A obsessão masculina por uma das partes da figura feminina, os seios, tem raízes culturais, biológicas e emocionais. É isso o que afirmam ao Huffington Post Larry Young, especialista em neurociência, e Brian Alexander, autores do livro The Chemistry Between Us: Love, Sex and the Sciense of Attraction (A química entre nós: amor, sexo e a ciência da atração).

A razão principal para a atração pelos seios começa na primeira infância. Um hormônio liberado durante a amamentação ajuda a firmar laços entre a mãe e o bebê e age de forma semelhante na vida adulta permitindo a formação de uma ligação entre o casal.


De acordo com Larry, quando a mulher dá à luz o bebê inicia estímulos elaborados na região, enviando sinais ao cérebro, que libera ocitocina do hipotálamo para favorecer a amamentação. Esse também é o hormônio responsável por manter a atenção da mãe focada no bebê. Por isso, o recém-nascido torna-se a coisa mais importante do mundo para a mulher e torna o ato de cuidar dele e nutri-lo uma experiência satisfatória, formando o vínculo mais forte e duradouro de todos. “E essencialmente quando um parceiro estimula os seios femininos se iniciam a mesma série de eventos cerebrais que aconteceram na amamentação", explica.


Apesar de a amamentação estar presente na evolução de todos os mamíferos, os humanos são os únicos que desenvolvem uma atração sexual em relação aos seios. Apenas na raça humana, também, os seios se desenvolvem e aumentam nas mulheres durante a puberdade. Os pesquisadores destacam ainda que os humanos são os únicos que mantêm relações sexuais olhando nos olhos uns dos outros, traço que se desenvolveu do circuito cerebral criado da relação entre a mãe e o recém-nascido.


Segundo Larry, uma pesquisa realizada pelas Universidades de Sheffield e do Texas sobre estimulação na região dos seios mostra que carícias são pedidas por 82% das mulheres. O estudo ainda aponta que 60% dos homens também acham agradável serem estimulados nessa região.
 Michelle Achkar
 Ponto a Ponto Ideias

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

5 recursos para relaxar e aliviar o estresse

Inclua essas atividades na sua vida e aproveite os benefícios de uma rotina mais tranquila

                          Foto: Thinkstock 

Leva uma vida muito estressante e quer saber como torná-la mais leve? Comece a ter um estilo de vida mais tranquilo adotando essas atividades a seguir. Veja como cada uma pode contribuir com o seu bem-estar.

1 – Escute músicas que você gosta

Faça uma playlist no seu computador ou no celular incluindo músicas que te fazem se sentir bem e te proporcionem alto astral. Escutar música ajuda a ter pensamentos positivos, diminuir a pressão sanguínea e os hormônios do estresse, segundo estudos da Universidade de Gotemburgo na Suécia.

2 – Observe a natureza

Sabe-se que respirar ar puro em um ambiente natural como um parque, bosque ou até mesmo no jardim de sua casa ajuda a relaxar. Porém, um estudo da Chonnam National University da Coréia do Sul constatou que até mesmo olhar para fotos e pinturas de paisagens naturais pode ajudar nesse processo de relaxamento.


Detectou-se que apreciar essas vistas ativa áreas do cérebro associadas à alegria e lembranças de momentos bons. Então, mesmo que não existam muitas áreas naturais perto de sua casa, isso não pode ser uma desculpa para deixar de apreciar essas paisagens, mesmo que seja através de fotografias.

3 – Inclua o chá na sua rotina alimentar

Um estudo da University College London descobriu que pessoas que tomam chá preto com frequência tendem a ter os níveis de cortisol mais baixos e também são mais suscetíveis à recuperação emocional após situações de estresse intenso. Acredita-se que os nutrientes presentes no chá ativam neurotransmissores responsáveis pela sensação de relaxamento.

4 – Passe mais tempo desconectada

Ficar off-line pode também ter sua parcela de influência no bem-estar. O fluxo de mensagens e notificações que recebemos quanto estamos online nos mantém em um estado de alerta que dificulta o processo de relaxamento.

Um estudo da Universidade de Irvine na Califórnia apontou que esse estado de alerta contribui para o aumento da pressão sanguínea e dos batimentos cardíacos. Selecione horários específicos do dia para checar seus e-mails e tente ficar off-line um pouco para conseguir relaxar e ter mais qualidade de vida.

5 – Dê mais abraços em quem você gosta

Dar abraços e ter contato físico com pessoas com quem temos laços afetivos ajuda a diminuir a ansiedade, segundo uma pesquisa da Universidade da Carolina do Norte. Apertos de mão e carícias também ajudam a diminuir a pressão sanguínea porque desencadeia a liberação de oxitocina – hormônio responsável pelo relaxamento.

Torne essas atividades parte da sua vida e se beneficie do bem que elas podem oferecer à você. Sua saúde agradece.


Por Andressa Dias
Dicasdemulher

Homens mentem mais que mulheres segundo pesquisa

Pesquisadores apontam as diferenças na maneira de mentir de homens e mulheres

 

                                         Foto: Thinkstock

 

Não é novidade para a maioria das mulheres o fato de que os homens têm uma maior tendência a mentir que nós, mulheres. Agora, uma pesquisa realizada pelo BMW Financial Services vem comprovar a informação, fornecendo dados que demonstram as diferenças entre a sinceridade de homens e mulheres.

De acordo com a pesquisa, um homem normal conta, em média, três mentiras ao dia. Ao final de um ano, isso significa um total de 1.092 mentiras proferidas pelos representantes masculinos, enquanto as mulheres mentem, ao longo do mesmo período, apenas 728 vezes.


A pesquisa ainda aponta diferenças significativas nos motivos que levam homens e mulheres a faltar com a sinceridade. Mulheres estão mais propensas a mentir sobre a compra de roupas e sapatos novos, por exemplo. Mais uma vez, nenhuma novidade, dada a conhecida discussão entre os sexos a respeito da quantidade de roupas necessárias ao guarda-roupa feminino.

Os números indicam que 39 por cento das mulheres entrevistadas sentiram a necessidade de mentir sobre suas aquisições, contra um total de 26 por cento dos homens.

Cerca de 20 por cento das pessoas entrevistadas consideram justificável mentir para faltar ao trabalho, inventando uma doença ou um problema familiar, por exemplo. 13 por cento do total, também, consideram que não é prejudicial mentir para seus parceiros acerca de uma traição.

De acordo com a professora da University of Hertfordshire, Karen Pine, a mentira é uma característica vital para o ser humano. “Nós achamos que mentir é ruim mas, na realidade, a habilidade de enganar os outros ajudou os humanos a sobreviverem, enquanto espécie”, diz a cientista.

As cinco principais mentiras que os homens contam

  1. Eu não bebi tanto assim.
  2. Não há nada errado, está tudo bem.
  3. O problema é que meu celular ficou sem sinal.
  4. Não foi tão caro assim.
  5. Eu estou na minha.
Homens, em geral, tendem a mentir acerca de sua conduta moral. Mentirinhas como a quantidade de álcool ingerida e os motivos de não atenderem ao telefone são as armas que eles usam para facilitar as coisas. Mentir é, muitas vezes, uma maneira de não precisar dar maiores explicações.

As cinco principais mentiras que nós contamos

  1. Não há nada errado, está tudo bem.
  2. Não sei onde está, eu nem mexi nisso!
  3. Não foi tão caro assim.
  4. Não bebi tanto assim.
  5. Estou com dor de cabeça.
Homens ou mulheres, em maior ou menor grau, mentem ou fingem que acreditam nas mentiras que ouvem porque isso torna a vida mais fácil. É muito menos trabalhoso engolir aquela desculpa ridícula do que discutir a respeito. A mentira, se não tratar de um assunto sério, pode mesmo ser benéfica.

Por Carolina Werneck
Dicasdemulher 
 

O fantasma por trás da barriga

O homem brasileiro está barrigudo, sedentário, acima do peso e, além de tudo, desatento. A maioria não sabe que a famosa barriga de chope pode trazer uma consequência para lá de infeliz: a falta de ereção. Uma pesquisa comportamental feita com cinco mil homens pela Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) faz um raio-X da saúde masculina e mostra que 51% estão acima ou muito acima do peso, 64% nunca realizaram um exame para medir os níveis de testosterona, 38% não costumam ir ao médico com frequência, 23% relacionam a obesidade ao envelhecimento. E 37% admitem o uso de remédio para ereção — no Rio este percentual chega a 60%.

O risco de impotência aumenta em homens com mais de 94 centímetros de circunferência abdominal, principalmente depois dos 40 anos. Essa gordura chamada visceral gera estrogênio, cortisol e leptina, substâncias que diminuem a produção de testosterona, um dos principais combustíveis sexuais masculinos. Segundo o endocrinologista João Eduardo Salles, professor da Santa Casa de São Paulo, 40% dos obesos têm baixos níveis de testosterona no corpo.

— Uma das principais partes do organismo afetadas pela obesidade é a hipófise, o que acarreta uma menor produção de hormônios que estimulam os testículos a produzirem a testosterona — detalha Salles.

O hormônio em baixa dosagem causa alteração de humor, problemas de ereção e sonolência, aumenta a gordura abdominal e diminui a libido, explica o urologista Archimedes Nardozza Junior, diretor do Núcleo de Pesquisa da SBU e professor da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

— Os homens só batem na porta do médico quando ocorrem problemas na próstata e de questão sexual, muitas vezes levados pelas mulheres. A maioria desconhece a ação da testosterona, que começa a diminuir a partir dos 40 anos, de forma lenta e gradativa, mas com grande impacto no organismo — afirma Nardozza Júnior.

Mais testosterona, menos barriga

Resultados de um estudo do endocrinologista alemão Farid Saad, da área científica do laboratório Bayer na Alemanha, mostram que os homens podem emagrecer e diminuir a circunferência abdominal com a reposição hormonal.

A pesquisa, apresentada durante um encontro da Sociedade de Endocrinologia, nos Estados Unidos, acompanhou por cinco anos 115 homens com baixos índices de testosterona. Com a reposição hormonal, dieta e exercícios, eles perderam, em média, 16kg e a circunferência abdominal reduziu de 107 para 98 centímetros. Outro grupo com 255 homens e idade média de 60 anos colocou os níveis de testosterona em ordem e teve uma melhora no problema da disfunção erétil. Além da perda de peso, em cinco anos eles reduziram 8,8cm na medida de circunferência abdominal.

— É muito difícil comparar todos os estudos, já que são diferentes em muitos aspectos. Mas sabemos que os homens não relacionam o aumento de peso, o tamanho da barriga, a dificuldade em ter ereção e a baixa testosterona. Eles pensam nessas condições como fenômenos independentes. Grandes estudos epidemiológicos têm analisado estas condições juntas — diz o endocrinologista alemão, em entrevista ao GLOBO.

Dados mundiais apontam que cerca de 20% da população masculina têm algum sinal de síndrome metabólica: obesidade, diabetes, pressão alta e colesterol ruim elevado, fatores que também prejudicam a ereção. Isto somado ao tabagismo aumenta ainda mais o risco para doenças coronarianas.

— Cada fator aumenta um pouco o risco. O cigarro eleva em uma vez e meia as chances de doenças coronarianas. O colesterol e a glicemia alterados mais que dobram os riscos — diz Nardozza Júnior.

No Rio, a pesquisa da SBU constatou que 69% dos homens acima de 40 anos não fazem dieta e 52% também não praticam atividade física. Resultado: 47% estão acima ou muito acima do peso ideal. Os principais sinais de envelhecimento apontados pelos entrevistados são pressão alta e cansaço (32% ); perda de libido e de força muscular (26%); perda da força muscular e calvície (16%); obesidade e diabetes (17%). Quanto à vida sexual, 48% dos homens se dizem 100% satisfeitos.

Bom humor e menos cansaço

Uma revisão de tudo o que foi publicado até hoje na literatura médica sobre os efeitos da testosterona na composição corporal, divulgada no periódico “Current Diabetes Reviews”, mostra que os níveis de testosterona em dia contribuem também para a melhora do humor e a redução da fadiga. Mas a reposição hormonal só deve ser feita com indicação e acompanhamento médicos, como exames de controle a cada três meses.

Entre os efeitos colaterais, a reposição pode levar a um aumento de glóbulos vermelhos, além disso, quem ronca por apneia do sono pode ter uma piora no quadro. Daí a importância das consultas e exames de sangue regulares para um eventual ajuste da dose.

— Só recomendamos a reposição quando o indivíduo tem nível inferior a 300ng/dL – nanogramas por decilitro. Hoje, já existe uma dose única, injetável, para três meses. Não é recomendada a reposição para homens que ainda pretendem ter filhos porque inibe a fertilidade. Há jovens que usam o hormônio como anabolizante, o que é um erro — orienta o endocrinologista Farid Saad.

Da Agência O Globo

domingo, 23 de setembro de 2012

Para refletir: Caixinha de beijos !!!

Imagem ilustrativa
Certo dia um homem chegou em casa e ficou muito irritado com sua filha de três anos. Ela havia apanhado um rolo de papel de presente dourado e literalmente desperdiçado fazendo um embrulho.

Porque o dinheiro andasse curto e o papel fosse muito caro, ele não poupou recriminações para a garotinha, que ficou triste e chorou.

Naquela mesma noite, o pai descobriu num canto da sala, no local onde a família colocara os presentes para serem distribuídos no dia de natal, um embrulho dourado não muito bem feito.

Na manhã seguinte, logo que despertou, a menininha correu para ele com o embrulho nas mãos, abraçou forte o seu pescoço, encheu seu rosto de beijos e lhe entregou o presente.

Isto é pra você, paizinho! Foi o que ela disse.

Ele se sentiu muito envergonhado com sua furiosa reação do dia anterior. Mas, logo que abriu o embrulho, voltou a explodir. Era uma caixinha vazia.

Gritou para a filha: você não sabe que quando se dá um presente a alguém, a gente coloca alguma coisa dentro da caixa?

A criança olhou para ele, com os olhos cheios de lágrimas e disse:

Mas, papai, a caixinha não está vazia. Eu soprei muitos beijos dentro dela. Todos para você, papai.

O pai quase morreu de vergonha. Abraçou a menina e suplicou que ela o perdoasse.

Dizem que o homem guardou a caixa dourada ao lado de sua cama por anos. Sempre que se sentia triste, chateado, deprimido, ele tomava da caixa um beijo imaginário e recordava o amor que sua filha havia posto ali.

De uma forma simples cada um de nós, humanos, temos recebido uma caixinha dourada, cheia de amor incondicional de nossos pais, de nossos filhos, de nossos irmãos e amigos.

Entretanto, nem sempre nos damos conta. Estamos tão preocupados com o ter, com valores do mundo, que as coisas pequenas não são percebidas por nós.

Assim, a esposa não valoriza o ramalhete de flores do campo que o marido lhe enviou, no dia do aniversário. É que ela esperava ganhar uma valiosa jóia e não aquela insignificância.

O marido nem agradece o fato da esposa, no dia em que comemoram mais um ano de casados, esperá-lo com um jantar simples, a dois, em casa. Ele estava esperando uma comemoração em grande estilo, ruidosa, cercado de amigos e muitos comes e bebes.

Os pais não dão importância para aquele cartão meio amassado que os pequenos trazem da escola, pintado com as mãos de quem apenas ensaia a arte de dominar as tintas e os pincéis nas mãos pequeninas.

Eles estão mais envolvidos com as contas que a escola está cobrando e acreditam que pelo tanto que lhes custa a mensalidade escolar, os professores deveriam ter lhes enviado um presente de valor.

É, muitos de nós não encontramos os beijos na caixinha dourada. Só vemos a caixinha vazia.
.....................

O amor é feito de pequeninas coisas. Não exige fortunas para se manifestar.

Por vezes, é um ato de renúncia, como a daquele homem que no dia de natal, em plena guerra, conseguiu apenas uma laranja para a ceia dele e da esposa.

Então a descascou, colocou em um prato, criando uma careta com os gomos bem dispostos e entregou para a esposa, com um beijo e um pedaço de papel escrito: feliz natal!

E ficou observando-a comer, com vagar, feliz por ver os olhos dela brilharem e ela se deliciar com a fruta tão rara naqueles dias, naquele local. 

(Desconheço a autoria)

Excelente semana a todos !
               Beijos !

8 passos para secar a barriga


 Não, não vamos falar de dietas milagrosas, mas de truques simples revelados por especialistas em nutrição. Claro que nem por isso você vai deixar de lado os exercícios e a alimentação balanceada - a dupla que combate a gordura pra valer 

 1. BOTE OS DENTES PARA TRABALHAR
Mastigar bem faz toda a diferença nesse processo de enxugar a barriga. "Quanto mais você fracionar o alimento, mais fácil fica a digestão, o que evita aquele efeito estufa no abdômen", garante Marcella Amar, da clínica Essentiale, no Rio de Janeiro. "Se não mastigamos, há uma sobrecarga no estômago e um aporte maior de fluxo sanguíneo, o que distende essa região", completa a nutricionista e fitoterapeuta Vanderlí Marchiori, de São Paulo.


2. COMA MENOS E MAIS VEZES
Excesso de comida faz volume no estômago. Por isso, diminua o tamanho das refeições principais e faça pequenos lanches entre elas. "Procure também se alimentar sem pressa e em ambiente calmo. Quem come num piscar de olhos tende a engolir mais ar, o que também aumenta a barriga", afirma a nutróloga ortomolecular Tamara Mazaracki, do Rio de Janeiro.

3. PREFIRA OS ALIMENTOS DE FÁCIL DIGESTÃO
Alguns itens, como as frutas, os grãos integrais e as verduras, passam mais rapidamente pelo intestino e azeitam seu funcionamento. Já os de absorção lenta favorecem a fermentação, responsável pelo aspecto de barriga inchada. "Logo, evite comidas gordurosas, como queijos, carne vermelha, grão-de-bico, repolho, couve-flor e doces", recomenda a nutricionista Marcella.

4. CAPRICHE NAS FIBRAS, MAS SEM EXAGERO
Elas ajudam o intestino a funcionar, o que elimina aquele aspecto de abdômen estufado. E estão presentes nas frutas, nas hortaliças e nos produtos integrais, como granola, aveia e linhaça. Mas exagerar na dose pode ter o efeito contrário, provocando cólicas e inchaço. "Para facilitar a eliminação do excesso, é importante beber bastante líquido durante o dia", sugere Vanderli Marchiori.

5. TROQUE OS REFINADOS POR INTEGRAIS
Deixe de lado o pão, o arroz, a farinha e a massa convencional e opte pelas versões integrais. De novo, além de terem mais fibras e ajudarem o intestino a funcionar melhor, esses alimentos baixam o índice glicêmico, o que evita a produção excessiva de insulina, hormônio que estimula o organismo a estocar gordura.

6. MANEIRE NO SALGADO
Evite alimentos muito condimentados e/ou salgados. Excesso de sódio provoca retenção hídrica, responsável pelo aspecto de inchaço no corpo -- inclusive na barriga, claro. "Os condimentos irritam o intestino e aumentam a formação de gases", explica Tamara Mazaracki. Portanto, olho vivo nos vilões: azeitonas, anchovas, salgadinhos em geral, picles, carne seca, defumados e embutidos (salame, presunto, bacon), queijos salgados e muito temperados (gorgonzola, parmesão, roquefort), catchup e molhos prontos para saladas.

7. BEBA ÁGUA, MUITA ÁGUA
Pelo menos dois litros ao longo do dia, mas não durante as refeições, o que dificulta a digestão e favorece a fermentação - e o aumento do volume abdominal. Os líquidos, como água, chás e sucos, além de ajudarem a regular o intestino, permitem também a eliminação do sal. Quanto mais se bebe, mais diluído fica o sódio e mais facilmente ele vai embora com a urina. Mas bebidas gasosas ficam fora dessa, pois dilatam a barriga. "Alimentos ricos em potássio (caso das frutas e dos legumes) são outros que contribuem nessa tarefa de expulsar o sal que ficou sobrando", completa Tamara

8. DÊ UMA CHANCE PARA A GORDURA DO BEM
Já está provado que alguns tipos, como a mono e a poliinsaturada -- em doses moderadas, bem entendido --, agem contra os pneuzinhos, principalmente no abdômen. Além disso, elas são capazes de baixar o índice glicêmico da refeição, o que reduz a produção de insulina -- ela de novo! Por isso, abra espaço no seu cardápio para o azeite de oliva, o abacate e as frutas oleaginosas, como a castanha-do-pará e a amêndoa.

Fonte: http://saude.abril.com.br/edicoes/0301/corpo/conteudo_297143.shtml - Por CARLA CONTE
Via professor José Costa 

Descubra os efeitos de cada posição para dormir

Você acorda com a sensação de cansaço e o corpo dolorido? Descobrir qual a melhor posição para dormir pode aliviar esse desconforto no pescoço e nas costas. Mesmo quem não reclama de dores durante o dia por ter dormido mal na noite anterior, pode acabar sobrecarregando essas duas partes do corpo durante o sono por adotar uma má posição na hora de cair no sono.


Cada vez mais pessoas tornam-se mais atentas em relação à postura da coluna durante o dia, mas nem todas as pessoas as pessoas cuidam da saúde da coluna durante o sono. Veja os principais detalhes para não sofrer quando acordar:
 

Melhor posição
 
Deitar de barriga para cima com os braços esticados e perpendiculares às pernas também esticadas é uma das melhores posições para a coluna. Use um travesseiro baixo, porque muitos travesseiros ou um muito alto podem comprometer o alinhamento do pescoço, não importa qual seja a posição na cama, gerando dores no pescoço, ombros e costas, assim como dores de cabeça e até enxaqueca.
 

Boa opção
 
Deitar de lado com o braço de cima deixado ao lado do corpo ou para trás, para abrir os ombros é uma boa escolha para o sono. Evite aconchegar os braços no peito, porque isso força a espinha a se curvar.
 

Pior escolha
 
Deitar de barriga para baixo com o pescoço virado para um dos lados é terrível para a coluna. Quem tem por hábito dormir desse jeito costuma sofrer com dores no pescoço e costas e precisa treinar o corpo a adormecer em outra posição.
 

Considerações gerais sobre a posição para dormir
 
Uma posição para dormir vai depender do tipo de colchão e travesseiro que a pessoa dorme, pois o colchão deve ser na medida ideal para cada peso assim como o travesseiro também deve ser adequado a cada pessoa. Uma pessoa que dorme de lado deve optar por um travesseiro que deixe o seu pescoço reto acompanhando a coluna vertebral para que não fique forçando e se a pessoa costuma dormir de barriga para baixo ela então deve dormir sem travesseiro.
 

Muitas pessoas já são viciadas em medicamentos para dormir e desconhecem o mal que estão fazendo para o próprio organismo. Se uma pessoa não dorme direito, o seu organismo está em desequilíbrio, então está na hora de fazer algo para corrigir. Além de estar atento ao posicionamento durante o sono, a prática de esportes pode contribuir, além de oferecer muitos benefícios para a saúde, se for realizada de maneira correta. Os adultos e idosos são os que mais sofrem com a insônia e para corrigir esse tipo de problema a melhor opção é praticar algum tipo de esporte que faça o organismo queimar calorias e eliminar toxinas para que a noite quando tiver que dormir o corpo esteja cansado e o sono apareça naturalmente.
 
Saúde Plena

sábado, 22 de setembro de 2012

A mulher ideal para o homem de cada signo

Áries

Arianos gostam de mulheres doces e com uma pitada de dependência. Caso contrário, quem eles salvariam do dragão e do alto da torre do castelo? A mulher independente assusta esse homem que adora fazer o papel de herói. Não é exatamente o protótipo do provedor, mas a última palavra tem que ser dele, assim como as melhores ideias. As mulheres que carregam um ar de meiguice e feminilidade em excesso costumam ser seus alvos.
Foto: Divulgação


Touro

Homens de Touro, apesar de independentes financeiramente, são dependentes em suas emoções. Se apegam com facilidade e as mulheres independentes, como as escorpianas, costumam mexer muito com eles. No entanto, o que realmente cativa os homens desse signo e faz com que se apaixonem é a sensualidade feminina. Mulheres sensuais costumam roubar o coração de todo taurino. O eixo Touro/Escorpião costuma ser o mais forte do zodíaco no que diz respeito à paixão.
Foto: Divulgação


Gêmeos

Existe uma característica específica em uma mulher que atrai o homem de Gêmeos: a inteligência. É claro que o geminiano adora a elegância feminina, assim como a beleza, mas a inteligência e a facilidade na comunicação são as melhores características femininas para esse signo. Um bate-papo regado a conversas sobre livros, filmes e viagens certamente vai deixá-lo de boca aberta e muito interessado. Mas nada garante que esse interesse durará muito tempo.
Foto: Divulgação


Câncer

Homens de Câncer são eternas crianças dependentes e, por isso, adoram ter alguém que cuide deles. Mulheres que possuem um instinto maternal muito aflorado costumam ser os alvos desse emotivo signo. Instáveis por natureza e bastante emocionais, vão preferir as decididas e determinadas para resolverem problemas que, por medo ou indecisão, não conseguem. As mulheres caseiras costumam deixá-los apaixonados.
Foto: Divulgação


Leão

Homens de Leão são fortes e determinados e não suportam pessoas fracas e subjetivas. Portanto, a mulher que vai atrair esse homem deve também possuir características de força, determinação e objetividade. Leoninos gostam de mulheres independentes, executivas, decididas e competentes. Aquarianas e sagitarianas estão entre as suas preferidas. As mulheres muito discretas também não fazem sua cabeça. Devem ser charmosas, sensuais e exuberantes.
Foto: Divulgação


Virgem

Virginianos são detalhistas e metódicos e adoram seu trabalho. Mulheres descomprometidas com suas vidas não atraem em nada esse signo. Gostam de mulheres trabalhadoras, organizadas e que prezam pela boa estrutura de vida. As muito relaxadas e mão-abertas demais incomodam os homens desse signo. Já as mulheres inteligentes, ligadas à natureza ou à alguma causa social também costumam atrair os complicados virginianos.
Foto: Divulgação


Libra

Homens de Libra são delicados, refinados e bastante educados. Portanto, uma mulher que não tenha também essas características é bastante complicada para eles. As ciumentas, que fazem cenas em público e que não tenham nenhum tipo de refinamento ou pouca educação, não costumam atrair de maneira nenhuma os homens desse signo. Elegância, bom gosto, refinamento e ótimo comportamento são qualidades essenciais para estar ao lado desse homem.
Foto: Divulgação


Escorpião

Homens de Escorpião gostam de um tipo de mulher: as que exalam sensualidade. Mulheres sem graça, sem atrativos sensuais ou indiscretas não atraem de maneira nenhuma esse signo. Uma bela roupa, de preferência preta, com detalhes que insinuem a conquista, gestos suaves e voz baixa e delicadamente rouca deixam o escorpiano de boca aberta. Qualidades humanas, como a determinação, a firmeza e a lealdade também são essenciais para os homens desse signo.
Foto: Divulgação


Sagitário

Homens de Sagitário trabalham com suas mentes e precisam de uma companheira que os acompanhe. Mulheres lentas e que se preocupam apenas com a imagem não fazem a cabeça desse signo. Ligados a algumas regras éticas e de conduta, também não suportam mulheres desleais ou que usam a mentira para sair de uma situação difícil. As inteligentes são seu fraco, especialmente se estiverem conectadas com questões relacionadas ao Universo.
Foto: Divulgação


Capricórnio

Capricornianos são homens sérios e ligados à família, portanto, são mulheres com valores elevados e consistentes que ele procura. Sua meta de vida é ganhar status social através de seu trabalho, casar e constituir família, sempre com o foco na estrutura e estabilidade. Por isso, mulheres aventureiras não chegam perto dos homens desse signo. Cancerianas e taurinas costumam ser seus pares ideais, com suas maneiras tradicionais de ser e de viver.
Foto: Divulgação


Aquarianos

Homens de Aquário são livres e independentes e, por isso, preferem as mulheres que não peguem nos seus pés. Portanto, as controladoras, manipuladoras e ciumentas normalmente não fazem parte da lista de desejos dos homens desse signo. Adoram mulheres independentes, com vida própria, nada tradicionais e pioneiras em suas profissões. As inteligentes estão entre as mais desejadas por esse signo, mas com um charme natural e um toque de exotismo, é claro!
Foto: Divulgação


Peixes

Homens de Peixes são emocionalmente parecidos com os cancerianos: frágeis, instáveis e dependentes. Portanto, as mulheres fortes, firmes e independentes são as que mais atraem os piscianos. Delicadeza e sensibilidade também são fundamentais para eles, que trazem a marca da consciência espiritual e social, e um coração aberto. Mulheres muito endurecidas podem assustá-los, mas as muito delicadas também. Para se sentirem seguros, precisam de alguém que os proteja e, muitas vezes, que decida por eles.
Foto: Divulgação

Por Eunice Ferrari / Especial para Terra