terça-feira, 31 de dezembro de 2013

QUERIDOS LEITORES ! FELIZ ANO NOVO !!!


11 produtos surpreendentes feitos com petróleo

Batom, chicletes e alimentos, incrivelmente, fazem parte desta lista


                                        Foto: Thinkstock


Ao ouvirmos falar de petróleo, logo pensamos em um líquido negro, que gera a gasolina e serve de combustível para grande parte dos automóveis que circula pelo mundo. Porém, ele representa muito mais do que isso.


Marcelo Pita, professor coordenador do curso de Engenharia de Petróleo e Gás da Unimonte, destaca que o petróleo, hoje, está presente em todas as etapas de produção. “É claro que é mais associado à área de combustível, mas a verdade é que ele está em todas as outras indústrias”, diz.

Escassez do petróleo

Muito se fala também sobre a escassez do petróleo. A preocupação se deve ao fato de que ele é um combustível limitado e não renovável.


“Ele foi gerado há milhões de anos, e não foi mais gerado após isso. O que acontece hoje é que, com novas tecnologias, técnicas de exploração, se aproveita ainda muito alguns tipos de petróleo”, explica Marcelo Pita. Porém, não é possível estipular quando o petróleo vai acabar.

Petróleo e poluição

O professor explica que as indústrias pegam os derivados de petróleo e os transformam num plástico, que se torna matéria de produtos farmacêuticos, têxteis, alimentícios, entre muitos outros. “Todo tipo de plástico é derivado do petróleo. Ele é alterado geneticamente e, exatamente por isso, nesse processo, passa a ser prejudicial ao meio ambiente”, diz.


Porém, ressalta Marcelo, o petróleo não deve ser visto como algo negativo, já que faz parte do nosso dia a dia. “Ele é um produto que a sociedade não fica mais sem. Por exemplo, cerca de 50% de um carro é proveniente do petróleo. Mas esse é só um exemplo. Ele é um bem que as pessoas necessitam”, diz.
“O que cabe às pessoas é buscar tecnologias, novas técnicas, para transformar o petróleo de forma que não haja um impacto prejudicial ao meio ambiente”, destaca o professor.

Produtos feitos com petróleo

Para ter uma noção de como o petróleo está presente em nossas vidas, confira abaixo uma lista com 11 produtos surpreendentes feitos deste óleo, através de seus derivados:


1. Alimentos: parece estranho, mas os derivados de petróleo são usados direta (em corantes, conservantes) ou indiretamente (em fertilizantes artificiais e pesticidas) na produção de alimentos.


2. Plástico: um dos usos mais conhecidos de derivados de petróleo é a produção de plástico, que está presente no dia a dia da maioria das pessoas e é encontrado, por exemplo, em garrafas de água, copos descartáveis, caixas de DVD etc.


3. Chicletes: pouca gente sabe, mas os chicletes, que muitas pessoas consomem no seu dia a dia, também são provenientes de derivados do petróleo. 


4. Remédios: mais uma vez parece estranho, mas o petróleo está bastante presente na indústria farmacêutica. Muitos remédios, especialmente os analgésicos e até mesmo os homeopáticos, contêm benzeno, um derivado do petróleo.


5. Cosméticos: perfumes, ceras de depilação, xampus e condicionadores, entre outros produtos, são feitos a partir de derivados de petróleo.


6. Batom: muito usado pelas mulheres, esse é mais um produto que provém de produtos ou subprodutos petrolíferos. Além dele, a vaselina, um dos derivados do petróleo, também é utilizada como um potente hidratante para os lábios e base para o batom.


7. Asfalto: entre os derivados do petróleo, estão os produtos asfaltícos. Uma curiosidade é a estimativa de que exista cerca de 18 milhões de quilômetros de ruas pavimentadas no mundo todo, o que corresponde a uma quantidade significativa de asfalto (e de petróleo).


9. Produtos de limpeza: derivados do petróleo são também base para produtos de limpeza. Além disso, a maioria deles é revestida por uma embalagem plástica.


10. Lápis de cera: esse tipo de produto faz muito sucesso entre as crianças e, quem diria!, é proveniente da parafina, a cera sólida feita a partir do petróleo.


11. Tecidos sintéticos: também provenientes do petróleo, eles são bastante conhecidos; incluem o náilon, acrílico, poliéster, e são muito usados tanto em roupas quanto em produtos como cortinas e carpetes.


Mas vale destacar que esses são apenas alguns dos produtos que chamam mais a atenção por serem feitos com petróleo. Como o professor Marcelo Pita ressaltou, o petróleo está muito presente em nossas vidas e é um bem extremamente essencial para a sociedade. 

Fonte: DicasdeMulher - Por Tais Romanelli

domingo, 29 de dezembro de 2013

Perda de olfato pode ser um sintoma de Alzheimer

                                                     Foto reprodução


Pesquisadores americanos encontram uma nova evidência de que a perda de olfato é um sintoma precoce do mal que devasta a memória. Isso mesmo. Em um experimento com ratos, cientistas da Universidade de Nova York, nos Estados Unidos, confirmaram a suspeita de que falhas na capacidade de sentir odores podem ser um sinal da maior causa de demência do globo:
 
 
 “A doença afeta regiões do cérebro que processam os cheiros, provocando mudanças em sua percepção”, conta o líder da investigação, Daniel Wesson. “No entanto, o comprometimento dessa função isoladamente não é o bastante para o diagnóstico”. É mais um alarme que merece avaliação médica. “Buscamos um teste que diferencie a perda de olfato por Alzheimer daquela motivada por fatores como alergias”, diz Wesson.

Fonte:  Revista Saúde

Cãibras sinalizam desequilíbrio de nutrientes no organismo

Alongar e manter dieta equilibrada ajudam a prevenir o problema



 Você pode estar parado, andando, praticando esportes ou até dormindo, não importa! Basta uma oportunidade e lá vem a danada da cãibra para te incomodar. 


A dor intensa, que parece uma fisgada, pega qualquer um de surpresa. Caracterizada pela contração dolorosa e involuntária dos músculos, a cãibra é um problema comum que apesar de não sinalizar nenhuma doença grave, funciona como um termômetro que mede o equilíbrio de água e nutrientes no nosso organismo. 


"Quando ela surge, é sinal de alguma deficiência", explica o fisiologista da Unifesp Raul Santo. Para prevenir o incômodo, medidas simples como alongamento e dieta equilibrada são fundamentais.


"Ela é involuntária e dolorosa, porém, se você tomar cuidados como alongar antes de qualquer exercício e usar o sapato adequado, por exemplo, já consegue evitar o problema", afirma o fisiologista.

                                                    Cãimbra


O que acontece na hora da cãibra?
A cãibra é uma contração parcialmente involuntária dos músculos que ocorre em função do desequilíbrio hidroeletrolítico da área onde a dor aparece, ou seja, quando sentimos cãibra, nosso organismo está dando sinais de que é preciso repor a água e os sais minerais, como potássio e sódio, nesta região. 


Por isso sua incidência é comum durante ou após a prática de exercícios físicos, após muitas horas em pé e até na hora do sexo. "Como não se caracteriza como doença, a cãibra não causa complicações graves e seus sintomas são basicamente dor e forte contração do local", explica Raul Santo. 


Por que ela aparece mais nos pés, dedos e panturrilha?
Embora possa acontecer em outras partes do corpo, a cãibra atinge mais os dedos e toda a superfície dos pés e  panturrilha em função do desgaste maior que estas áreas sofrem. 


Como são regiões em constante movimento, acabam perdendo seus nutrientes com maior rapidez, daí o fato de serem o foco. "Como usamos pernas e pés com frequência, gastamos todo o combustível disponível ali, fazendo o corpo reagir mandando sinais de que é preciso repor os nutrientes", explica o fisiologista.


"Calçados impróprios para caminhar ou praticar exercícios e uma dieta desregulada podem tornar o problema mais frequente". 


E quando ela aparece no meio da noite?
Se a cãibra é uma consequência do esforço muscular de determinadas regiões, porque ela aparece quando dormimos, e portanto, num momento de relaxamento? 


Isso acontece porque na hora do sono nosso corpo relaxa e faz um balanço de tudo o que gastou e repôs ao longo do dia e, quando há falta de algum nutriente, ele reage mesmo se estamos dormindo. Outra situação provável durante o sono é o relaxamento brusco do músculo contraído durante todo o dia.


"O corpo está reagindo ao que não apresenta equilíbrio ou sofreu o impacto do relaxamento brusco provocado pelo sono depois de um dia inteiro de contrações", explica. 


Banana sim, mas sem exageros
Quem já não ouviu dizer que comer banana ajuda a evitar cãibras? Mas será que é verdade? O fisiologista Raul Santo explica que como é rica em potássio, um dos principais minerais responsáveis pelo equilíbrio hidroeletrolítico, ela ajuda bastante na prevenção da contração, porém, se não houver a reposição dos demais nutrientes e sais minerais, a medida não é suficiente. 


 "A fruta é excelente para cãibra, mas seu efeito se torna ainda mais poderoso, se aliado a reposição das demais substâncias necessárias para se alcançar o equilíbrio hidroeletrolítico, inclusive a água", diz Raul. 


 

Tratamento
O melhor tratamento para a cãibra é alongar a área na hora da contração. Segundo o fisiologista, esta prática estimula a circulação no local e promove a irrigação das veias e a reposição dos nutrientes perdidos, acabando com a dor. "Quando damos aquela puxadinha na ponta dos dedos, principalmente o dedão, ou esticamos a batata da perna, estamos alongando os músculos desnutridos e proporcionado a reposição de vitaminas e sais minerais através da irrigação do sangue no local, daí a dor ir embora. Mas perceba o sinal de alerta. Quando as cãibras se tornam frequentes e contínuas, é melhor procurar um ortopedista e um fisiologista, pois, o problema pode estar relacionado a outros problemas de postura ou articulação", diz Raul. 


Cuidados que ajudam a evitar a dor
A cãibra está diretamente ligada aos nossos hábitos de vida e é por isso que medidas simples conseguem diminuir a frequência do problema.


"A combinação para afastar a cãibra é manter alimentação equilibrada, hidratação e condicionamento físico", explica o fisiologista da Unifesp.


- Usar calçados adequados e confortáveis para práticas esportivas ou para quem fica muito tempo em pé


-Manter uma dieta equilibrada com as vitaminas e sais minerais necessários para nossa saúde


-Tomar muita água

-Fazer alongamento e aquecimento sempre que for fazer exercícios físicos e antes e depois da rotina pesada do dia a dia.


-Procurar ajuda médica se as dores persistirem por muito tempo

-Respeitar seu limite físico para não causar dores por exaustão

-Evitar alimentos e bebidas diuréticas para amenizar a perda de nutrientes


 Fonte: Minha Vida - Por Natalia do Vale

As tendências da numerologia para 2014

Para ajudar no planejamento dos próximos meses, o especialista em numerologia do Personare e autor do Mapa do Ano, Yubertson Miranda, explica como calcular seu ano pessoal e dá dicas as da numerologia para os próximos meses.

                                         Foto: Getty Images



A numerologia pode lhe ajudar a se planejar para o novo ano. De acordo com a simbologia do número de 1 a 9 que rege o seu ano pessoal, é possível saber de antemão quais as oportunidades de crescimento entre janeiro e dezembro, assim como os desafios do período. A associação da data de nascimento de uma pessoa ao ano presente revela detalhes que marcarão os meses que estão por vir.


Para calcular seu ano pessoal, basta somar o dia e o mês que nasceu com o número 7 (resultado da somatória de 2014 - 2+0+1+4). Por exemplo, quem nasceu dia 20/10/1990: some o 20 (dia de nascimento) + 10 (mês de nascimento) + 7 (ano universal para 2014) = 37. Depois some novamente até chegar a um único número: 3+7=10; 1+0=1. O número reduzido é o 1. Ele representa o ano pessoal, que vale de 1 de janeiro a 31 de dezembro de 2014.


Ano pessoal 1
Seu 2014 será um ano para tomar decisões corajosas, para seguir um novo rumo. Nesse percurso você tende a se envolver em novos projetos e desafios que lhe trarão maior independência e ânimo. Quanto mais puder agir com criatividade, originalidade e iniciativa, melhor. Deixe o passado para trás e se concentre no que pode plantar para seu futuro ser a cada ano melhor. 
 

Ano pessoal 2
Será desafiante desenvolver sua capacidade de conciliar pessoas e situações conflitantes. Precisará aprimorar a habilidade de ouvir, de entender o ponto de vista do outro, pois possivelmente lidará com vários atritos e divergências em suas relações, que precisarão ser ajustados para evitar o fim de parcerias e acordos. Quanto mais puder agir de forma compreensiva, justa e sensível, melhor. Mulheres que passam pelo ano pessoal 2 despertam ou acentuam seu lado maternal e protetor. 
 

Ano pessoal 3
Prepare-se para um período de intensas emoções. Tanto que alterações de humor tendem a ser recorrentes, ora se sentindo com grande animação e autoconfiança, ora com desânimo e insegurança. Você estará mais sensível às opiniões de outras pessoas. Apenas não se deixe abalar por isso. Invista no desenvolvimento de suas habilidades comunicativas e artísticas, que estarão favorecidas em 2014. 
 

Ano pessoal 4
2014 será um ano de maiores responsabilidades, tanto familiares quanto profissionais. Valerá a pena desenvolver hábitos mais disciplinados para não sobrecarregar seu corpo no cumprimento de tantas tarefas exigentes. Saiba intercalar descanso no desempenho de sua produtividade. Será um período que demandará muito planejamento e praticidade, mas seus compromissos lhe permitirão alcançar um novo nível de estabilidade e respeitabilidade. 
 

Ano pessoal 5
Nesta fase você tende a ansiar por novidades, por novas experiências. Por isso, o que no ano passado lhe satisfez e trouxe estabilidade pode passar a lhe incomodar. Cuidado com uma exagerada ansiedade por dar conta de tudo ao mesmo tempo agora" e acabar se acidentando ou largando imprudentemente certos compromissos e atividades que podem não dar tão rápido quanto esperava. Lembre-se do que Renato Russo cantava: "Disciplina é liberdade." Priorize o que lhe dará mais prazer e se entusiasme para dar a volta por cima diante de possíveis crises e reviravoltas em seu 2014. 
 

Ano pessoal 6
Você desejará mais sossego e segurança, principalmente emocional e afetiva. Sua vontade de curtir mais a família e o lar tende a se acentuar. Poderá se deparar com alguns conflitos interpessoais e precisar conciliar situações e pessoas. Caso queira se envolver com algum instrumento musical ou expressão artística, isso lhe fará bem, pois o 6 simboliza o gosto pelo bela arte e pelo belo. Outro ponto importante de seu 2014 será o de trabalhar em equipe ou fazer parte de um grupo de apoio ou caridade. Seu desejo de ajudar as pessoas estará maior nos próximos meses. 
 

Ano pessoal 7
Será um ano apropriado para atividades intelectuais e para o aprimoramento de suas competências. Você se perceberá mais exigente, com uma maior seletividade e perfeccionismo. O ano de 2014 também trará seus desafios, uma vez que se deparará com certas situações que evitou ou medos que ainda não superou. Não por acaso a busca pela religião ou pela terapia costuma ser mais marcante num Ano Pessoal 7. 
 

Ano pessoal 8
Seu 2014 será marcado por uma percepção mais lúcida do seu poder realizador. Aproveite o momento e desenvolva sua força para concretizar as metas que almeja atingir. Assuntos profissionais estarão em destaque, apresentando grandes desafios e responsabilidades. Para desempenhá-las com competência, aprimore sua capacidade de planejar, organizar (inclusive suas finanças e seu modo de lidar com o dinheiro) e gradualmente cumprir as tarefas que estarão sobre seus ombros. 
 

Ano pessoal 9

Será o momento de colocar um ponto final em relações e circunstâncias que não têm muito mais a oferecer. Ganhe sabedoria com o fim desses ciclos e transmita, principalmente por meio do exemplo, essa sua compreensão. Aproveite também para dedicar mais tempo às pessoas que precisam de sua ajuda. 2014 será o ano para você fazer a diferença na vida dos outros. 
 
Fonte: MdeMulher - Por Yubertson Miranda, do Personare 

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

10 passos para diminuir a celulite

      Foto: Getty Images      


              
Estima-se que a celulite atinja cerca de 90% da população feminina, afetando todas as mulheres em geral, independentemente de idade ou peso.
Os principais causadores da celulite são a predisposição genética, fatores hormonais, o sedentarismo, dieta desequilibrada, abuso de álcool e o fumo, além do estresse.
 
 
Infelizmente, não existe fórmula mágica para combater a celulite. A combinação de uma dieta balanceada e a prática de exercícios físicos é o mais eficaz no tratamento.
 
 
Para diminuir a aparência de casca de laranja da pele,  siga esses passos:
 

1.Diminua a quantidade de toxina no seu corpo. A melhor forma de eliminar essas toxinas é garantir uma boa hidratação. O consumo de líquidos, principalmente a água, ajuda a eliminar as toxinas e tratar a celulite. Devemos ingerir ao menos 2 litros de água ao dia. Sucos de frutas orgânicas, infusão de ervas e água de coco também podem ser alternativas interessantes.
 

2. Reduza o consumo de sódio, causador de retenção hídrica, que pode agravar o quadro. Diminua o consumo de sal, enlatados, alimentos em conservas, embutidos e alimentos industrializados. Troque o sal comum pelo sal light, que tem 50% menos sódio em sua composição. Prefira usar nos alimentos os temperos naturais como orégano, salsa, cebolinha, manjericão e açafrão que além de sabor tem também antioxidantes.
 

3. Trate da saúde do intestino. A disbiose intestinal, quadro de comum atualmente, devido ao uso indiscriminado de antibióticos, antinflamatórios, anticoncepcionais, exposição a alimentos alergenicos, stress entre outros, aumenta a celulite.
 
 
A disbiose aumenta a absorção de moléculas grandes pelo intestino, estas moléculas se ligam a células do sistema imunológico aumentando de tamanho e peso. Estas moléculas grandes podem prejudicar a circulação causando edemas e piorando a celulite. Para tratamento da disbiose os primeiros passos são excluir da alimentação os alimentos alergenicos e o uso de suplementos de probióticos, bactérias boas que fortalecem a microbiota intestinal. Entre os alimentos de maior potencial alergenico estão o trigo (glúten) e o leite.
 
 
A constipação intestinal também faz com que haja acumulo de toxinas no corpo. Cuide do bom funcionamento do intestino aumentando o consumo de alimentos ricos em fibras como os cereais integrais; arroz integral, farelo de aveia, sementes de linhaça; frutas e verduras principalmente as orgânicas.
 
 

4. Aumente o consumo de frutas e legumes com bastante água. Eles ajudam na hidratação e desintoxicação do organismo: o abacaxi, melancia, frutas cítricas, pepino e salsinha. Prepare um suco com esses ingredientes!
 
 

5. Inclua na dieta alimentos fontes de silício, mineral envolvido na produção de colágeno. A aveia e a água mineral são boas fontes do mineral. Use a aveia em flocos em saladas de frutas.
 
 

6. Inclua no cardápio uva escura, o azeite de oliva extravirgem e o cacau que são fontes de antioxidantes que melhoram a circulação, diminuindo as celulites e melhorando assim a aparência e textura da pele. O cacau pode ser salpicado em frutas assadas. O azeite de oliva pode ser usado em saladas ou ainda substituir a manteiga.
 
 

7. Coma também castanha do Brasil, ótima fonte de selênio; tomate, cenoura e vegetais verdes escuros, fontes de vitamina A; frutas cítricas, morango, goiaba e caju, fontes de vitamina C. As frutas vermelhas como a amora, framboesa, mirtilo, blueberry são boas fontes de antocianinas de potente ação antioxidante. Esses alimentos são fontes de antioxidantes que diminuem a ação dos radicais livres, o que melhora a aparência de pele.
 
 

8. Não fique sem omega 3. Encontrado nas sementes e óleo de linhaça e também no óleo de peixe ele tem papel importante na saúde e aparência da pele. Outros óleos como o de semente de abóbora e o de macadâmia são fontes de antioxidantes importantes no tratamento da celulite, rugas e manchas de pele.
 

9. Os alimentos fontes de vitamina C, como frutas cítricas, morango, goiaba, caju, acerola estimulam a produção de colágeno, uma proteína que melhora a elasticidade e firmeza da pele.
 

10. Diminua o consumo de cafeína e bebidas alcoólicas, pois provocam constrição de pequenos vasos sanguíneos, prejudicando a circulação e favorecendo o inchaço que piora a celulite.
 
 
Para que os cremes de tratamento tenham melhor penetração na pele e efeito a pele deve ser preparada para recebê-los. Use bucha vegetal no banho e faça uma esfoliação uma vez por semana. Misture farelo de aveia ao azeite de oliva e aplique na pele em movimentos suaves e circulares. Essa esfoliação ajudará a remover as células mortas e melhorará a absorção dos cremes de tratamento.
 
 
A drenagem linfática e a caminhada também são importantes aliados no tratamento da celulite.

 
Fonte: Flávia Morais – nutricionista da rede Mundo Verde

Simpatias para o Ano Novo

                                           © Tammy Hanratty/Corbis


As tradicionais simpatias de Ano Novo servem para dar aquela mãozinha para quem é supersticioso e tem muitos planos para o futuro, como de encontrar um novo amor, um novo emprego, sorte nos estudos, etc.

Mesmo que se conheça várias (inclusive as clássicas lentilha da fortuna, pular as sete ondinhas do mar, comer romã) sempre tem uma que a gente ainda na conhece. 


 Então está na hora de conhecer e se preparar para receber muitas bençãos em 2014, saúde, paz, amor e prosperidade! Confira!


Para atrair mais dinheiro - Às 23h30 do dia 31 de dezembro tire cinco uvas do cacho e coma fazendo pensamento positivo. Depois pegue as sementes, embrulhe em um papel e guarde na sua carteira durante todo o ano. No final de 2014, jogue as sementes na água e repita o processo.


Para manter um relacionamento feliz - Para que você e seu parceiro sejam felizes para sempre, façam o seguinte: à meia-noite do dia 31 de dezembro pegue duas cadeiras iguais. Coloque as cadeiras de costas para a outra. O casal deverá se sentar nas cadeiras. Cada um deve expressar um sentimento e um desejo em voz alta. Depois, movendo-se em sentido horário, troquem de lugar. 


Agora o outro é que pede uma graça e bênção. Isso deve ser repetido até que cada um tenha feito seis pedidos. Todos os desejos devem ser referentes a felicidade comum do casal. No final, o casal deverá brindar os desejos com uma champanhe só para eles.


Para atrair um novo amor - No dia 28 de dezembro, escreva seus pedidos de amor numa fita rosa virgem. Use uma fita de 4 cm de largura por um metro de comprimento. Dê um laço com ela na calcinha que você irá usar na virada do ano e deixe até a hora de vesti-la no dia 31. Quando vestir a calcinha, guarde a fita na gaveta de roupa íntima. 


 Para conseguir um emprego - Do dia 1° de janeiro ou nos primeiros dias de 2014, pegue um pedaço de papel branco e escreva o nome da firma ou empresa onde você enviou currículo ou fez entrevista. Enrole nesse papel uma chave. Encha um copo com água limpa e coloque um pouco de açúcar. Coloque o papel com a chave dentro desse copo. Por sete dias, mantenha esse copo num lugar bem alto de sua casa. Diante desse copo, reze todos os dias para Santo Expedito. Se desejar, acenda uma vela de sete dias ao lado do copo com chave. 


No oitavo dia, jogue a água em água corrente e, durante o banho, passe a chave pelo corpo inteiro. Depois, deixe a chave numa igreja, aos pés de um santo de sua devoção. Repita a simpatia após 21 dias.


Para ir bem nos estudos - No dia 31 de dezembro, use lápis, folha de caderno e borracha para escrever uma poesia e uma dedicatória ao novo ano. Depois, embrulhe esses três objetos em um jornal. No dia seguinte, deixe o pacote em uma lixeira perto de sua casa e saia de lá rezando um Pai-Nosso e fazendo um sinal da cruz.



Para ter mais saúde - Encha um copo com água. Depois disso pegue um papel e escreva seu nome e data de nascimento. Coloque-o dentro do copo com a água. Adicione três pitadas de sal e misture. Adicione três gotas de alfazema e faça seu pedido. Coloque uma rosa branca também dentro do copo. Deixe por três dias, após jogue em um jardim bem florido, rezando um pai nosso e pedindo a Deus que lhe dê bastante saúde.


Para fazer viagens - Se deseja viajar muito em 2014, nas primeiras horas do ano-novo, ande pela casa com uma mala de viagem.

 Para emagrecer - Fatie uma cebola em quatro partes, de baixo para cima. Pegue três partes e enterre. Desfolhe a quarta parte. Cada um dos anéis da cebola representará 1 kg. Separe o número de anéis correspondente ao peso que você quer perder e ferva em 1/2 litro de água. Com esse chá, regue três vezes o local onde você enterrou as outras partes. Repita a simpatia quantas vezes quiser, até chegar ao peso que deseja.

Fonte: VilaMulher -Por Jessica Moraes

Comer castanhas na gravidez reduz risco de alergias em bebês, diz pesquisa

Estudo que sugere que mulheres comam amendoins para diminuir chances de alergia do alimento nos filhos gera polêmica entre médicos


Estudo sugere que filhos de grávidas que comem castanhas cinco vezes por semana têm menos chances de desenvolverem alergia ao alimento Foto: Getty Images


As crianças poderiam ter menos riscos de desenvolverem alergia ao amendoim se as mães comessem mais castanhas na gestação, apontou uma recente pesquisa do Dana-Farber Children's Cancer Center, de Boston, nos Estados Unidos. De acordo o site inglês Daily Mail, o consumo de castanhas não causa nenhum dano ao bebê. 

Em geral, as mulheres grávidas são instruídas a não comerem castanhas, especialmente se têm casos de alergias na família. Isto é uma precaução para que o bebê não tenha sensibilidade à castanha. Segundo os médicos, um em cada sete crianças sensíveis, desenvolvem alergia.

No entanto, o estudo, que avaliou 8.205 crianças, mostra que não há risco aos bebês, com exceção das mães que são alérgicas a amêndoas, castanha de caju, avelãs ou pistaches, e que devem se manter longe do consumo durante a gestação.


Os números mostraram que os bebês de mães que comiam castanhas até cinco vezes por semana tinha chances inferiores de desenvolverem aversão ao grupo de alimentos. "Nosso estudo apóia a hipótese de que a exposição a alérgenos precocemente aumenta a probabilidade de tolerância e, assim, reduz o risco de alergia alimentar na infância", explica a Dra. Lindsay Frazier, responsável pelo estudo.

Para Dra. Ruchi Gupta, especialista da Northwestern University Feinberg School of Medicine de Chicago, a pesquisa mostra que as mulheres grávidas devem avaliar melhor antes de suspenderem o consumo de certos alimentos. "Obviamente, as mulhers alérgicas devem continuar evitando as castanhas, mas o restante não deve eliminar porque são ótima fonte de proteína, ácido fólico, que ajuda a prevenir defeitos no tubo neural, além de reduzir a sensibilidade a alergias alimentares", disse.

O resultado do estudo gerou controvérsia no meio médico, já que alguns especialistas disseram que pesquisas anteriores não haviam mostrado nenhum efeito real dos efeitos positivos do consumo. "Existe também uma forte evidência que sugere que a alergia não se desenvolve até o nascimento e que a exposição da pele do bebé à proteína das castanhas é o item mais importante no desenvolvimento da alergia", explica Dr. Adam Fox, consultor em alergias infantis do Guy's and St Thomas's NHS Foundation Trust.



Ele completa: "os últimos estudos mostram que não há necessidade de evitar as nozes, nem de comê-las ativamente".

As pessoas que são diagnosticadas com alergia a amendoim podem ter problemas respiratórios se comerem ou entrarem em contato com o alimento e, em casos extremos, correm o risco de terem choque anafilático. Segundo levantamentos, o número de crianças britânicas alérgicas a castanhas dobrou nos últimos 20 anos.

Fonte: Site Terra

quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

Rugas, olheiras e bolsas na área dos olhos têm solução; veja como lidar

Isabela Leal
Do UOL, em São Paulo


Nada de fatias de pepino! Veja as dicas abaixo e aprenda como tratar os problemas mais comuns na região dos olhos


 A região dos olhos é delicada – está em constante movimento, é uma pele muito fina, por natureza, e umas das áreas que mais sofre com os maus hábitos, como pouco sono, má alimentação e pouca ingestão de água, que resultam em olheiras, ar de cansaço e bolsas na pálpebra, aquele volume típico embaixo dos olhos, que compromete a leveza do olhar. "Trata-se de uma região onde a epiderme é três vezes mais fina do que o restante do rosto", afirma a dermatologista Tatiana Oddo, de Niterói (RJ), referindo-se à camada superficial da cútis.


Justamente por ser fina é mais sensível e vulnerável aos danos precoces. Resultado: formação de linhas finas que, dependendo da idade e do desgaste da pele, podem ser profundas; olheiras e inchaço. Esses são os problemas mais comuns que atingem essa região. Para poder prevenir e tratar pontualmente cada um deles (ou todos), conheça a seguir, as causas desses fatores e os cosméticos mais adequados para combater os sintomas e manter um olhar mais jovem e bonito.


 Rugas finas
Os sinais precoces na pálpebra inferior e na lateral dos olhos (pés de galinha) são o problema que mais atinge a área dos olhos. Causadas por falta de hidratação, vícios de expressão (trejeitos repetidos e constantes) e excesso de sol, sobretudo, as linhas finas podem ser tratadas com certa facilidade  – basta adotar um bom protetor solar, usar um hidratante adequado na região dos olhos diariamente e fazer leves massagens (bem suaves) ao aplicar os cremes para deixar a área bem relaxada.


A dica aqui é turbinar a hidratação com ácido hialurônico e os derivados da vitamina A, como retinol, retinaldeído e ácido retinoico, principalmente. Além deles, vitaminas C e E, D-Pantenol, e ácido glicólico também ajudam. "Os derivados da vitamina A têm um efeito de renovação celular leve e hidratação; o ácido hialurônico traz a sensação de preenchimento e também hidrata", afirma Samanta Nunes. "Os produtos com efeito cinderela, que contêm tensine e liftiline, são indicados para serem aplicados antes da maquiagem para dar um up no olhar", completa a médica.


Inchaço (bolsas palpebrais)
As bolsas são causadas por retenção de líquidos, alimentação rica em gorduras, excesso de álcool e privação de sono, principalmente. Os olhos ficam inchados e dão um ar pesado ao rosto. "A alimentação tem relação direta com esse sintoma. Bebidas alcoólicas, excesso de sal e pouca ingestão de água durante o dia são fatores que pioram e evidenciam o volume das bolsas. Os cremes ajudam, especialmente se massageados na região pela manhã, período em que essa área fica sob ação da gravidade, depois do repouso. Assim a massagem, de dentro para fora, favorece a drenagem", declara a dermatologista Samanta Nunes, de São Paulo.


Os cosméticos ideais para amenizar o volume especialmente sob os olhos devem conter ativos refrescantes, antioxidantes, vasoconstritores ou calmantes. Alguns exemplos: cafeína, retinol, vitamina C, arnica, chá branco, polifenois, alcaçuz, ácido hialurônico, lotus rutina e ginko biloba, entre outros. As versões em roll-on são geladinhas e isso também traz alívio e ajuda a drenar.


Olheiras
A hiperpigmentação na região dos olhos traz um ar de abatimento ao rosto e envelhece. Os motivos são os mais diversos, mas a boa notícia é que uma das principais causas, a exposição excessiva ao sol, é evitável com o uso regular de um protetor solar. Além do sol, influenciam na formação de olheiras, a genética, fatores alérgicos e raciais (os descendentes de árabes, por exemplo, são mais propensos). Até mesmo a coloração dos vasos sanguíneos em peles muito finas e claras pode provocar um reflexo escuro na região. E os velhos conhecidos fatores externos como estresse e noites mal dormidas, que denunciam através dos olhos que o descanso não está sendo suficiente.


As propriedades principais que os cremes para olheiras devem ter são efeito clareador e suavizante. Entre os ativos eficazes para combater o problema estão: vitamina C, ácido fítico, arbutin e ácido kójico.


6 dicas para emagrecer mais rápido

                                              Foto Getty Images


 Já é mais do que sabido que, para emagrecer de forma saudável e duradoura, a alimentação equilibrada associada à atividade física regular é a combinação mais eficaz. Porém, muitas pessoas relatam que, ao iniciar a prática de exercícios, sentem mais fome (natural, já que o organismo precisa de mais energia). E nesse momento as escolhas corretas são fundamentais para que o objetivo seja alcançado. Veja 6 dicas importantes para adotar no seu cardápio que podem ajudar a emagrecer mais rápido:


1) Fibras
Consuma entre 20 e 30 gramas de fibras diariamente, por meio de cereais integrais, frutas, verduras e legumes. Elas contribuem para a sensação de saciedade, evitando aquela necessidade de “beliscar” guloseimas fora de hora.
Um estudo de 2009 da Brigham Young University College of Health and Human Performance demonstrou que as mulheres que comeram mais fibras reduziram significativamente o risco de ganhar peso e gordura. Os pesquisadores suspeitam que a ingestão adequada de fibras leva a uma redução na ingestão de calorias totais, devido à saciedade que elas proporcionam.


Dica da nutricionista: adicione granola ao seu iogurte ou flocos de quinoa à sua salada de frutas e os consuma nos intervalos das principais refeições. O arroz, as massas e os pães e refinados podem ser substituídos por suas versões integrais.


2) Cálcio e Vitamina D
Parece que o cálcio interfere no desenvolvimento dos adipócitos, as células de gordura, bloqueando enzimas envolvidas na formação desse grupo celular. Experimentos demonstram que, na falta do nutriente, ocorre um desequilíbrio. Para completar, há evidências de que o mineral atua no aproveitamento da insulina, hormônio fundamental na regulação do metabolismo e da própria fome. Seu excesso na circulação contribui para o armazenamento de energia na forma de gordura, o que obviamente leva ao aumento do tecido adiposo.
No caso da vitamina D, existem muitos estudos associando o aumento da adiposidade (gordura corporal) com a redução de vitamina D no organismo. Uma hipótese para explicar essa questão seria o fato de a vitamina D ser uma substância lipossolúvel, que facilmente é sequestrada e estocada no tecido adiposo. Por isso, sua liberação para a circulação sanguínea seria muito mais lenta, já que o indivíduo obeso apresenta redução na lipólise, ou seja, na quebra de gordura. Além disso, a deficiência dessa vitamina prejudica a ação da leptina – hormônio relacionado à sensação de saciedade –, fazendo com que este não atue efetivamente.


Dica da nutricionista: sementes de gergelim, amêndoas, tofu, soja e vegetais verde-escuros são boas fontes de cálcio. Já as principais fontes de vitamina D são: óleo de fígado de peixe (bacalhau, atum, cação), gema de ovo, salmão, atum e, principalmente, a ação da luz solar sobre a pele.


3) Gorduras Boas
Dê preferência às gorduras insaturadas, presentes nos alimentos de origem vegetal, como os óleos (azeite de oliva extravirgem, linhaça, abacate) e as oleaginosas (castanhas, nozes, amêndoas). Além de excelentes aliadas da saúde cardiovascular, essas gorduras também contribuem para a sensação de saciedade, já que retardam o esvaziamento gástrico.


Dica da nutricionista: o ômega-3 é uma gordura insaturada com efeito anti-inflamatório, podendo contribuir para o processo de emagrecimento. Pode ser encontrado nos peixes, como salmão, sardinha e atum, e nas sementes de chia e linhaça. Também é possível consumi-lo na forma de suplemento (em cápsulas).





Dica da nutricionista: os alimentos de origem vegetal, com destaque para leguminosas e grãos integrais, são considerados fontes incompletas de proteínas. Para corrigir esse déficit proteico, são necessárias associações para fornecer uma proteína completa para o nosso organismo. Alguns exemplos são: arroz com feijão, pão torrado com sopa de ervilha, pão integral com creme de amendoim, tofu com sementes de gergelim, arroz com soja.



5) Água
O corpo pode acidentalmente interpretar sede como fome. Portanto, hidrate-se. A água também ajuda a desintoxicar o organismo. Além disso, substituindo a água por bebidas açucaradas, como refrigerantes, bebidas esportivas, bebidas aromatizadas etc., você pode comprometer ainda mais a perda de peso, já que elas possuem calorias que passam despercebidas em nossa dieta, contabilizando quilos extras ao longo do tempo.


6) Chá Verde
Saboreie entre 3 e 6 xícaras de chá verde. As catequinas, antioxidantes encontrados em grandes quantidades no chá verde, têm-se mostrado úteis na promoção da perda de peso. Vale destacar que o chá verde deve ser consumido sem adição de açúcar para propiciar tal benefício. Além disso, seu consumo à noite deve ser evitado, para não prejudicar o sono, devido à presença da cafeína.

Fonte: Rede Mundo Verde         
                                   

Um copo de suco de tomate por dia pode ajudar a prevenir câncer de mama

O benefício está no licopeno, que aumenta as taxas do hormônio adiponectina


                                                    
                                                Foto: Getty Images


Para quem gosta de suco de tomate, um incentivo a mais para apreciá-lo: estudo da Universidade de Rutgers, nos Estados Unidos, descobriu que um copo da iguaria por dia pode ajudar a prevenir câncer de mama. Os dados são do jornal Daily Mail.  
 
 
O levantamento avaliou níveis hormonais de 70 mulheres a partir dos 55 anos, antes e depois do aumento do consumo de tomate por 10 semanas. Todas tinham excesso de peso ou parente próximo com câncer de mama, colocando-as em maior risco da doença.
 
 
Constatou-se que o alimento aumenta em até 9% os níveis do hormônio adiponectina, envolvido na regulação das taxas de gordura e obesidade. O benefício vem do licopeno, que dá a cor vermelha ao tomate. 
  

“Os resultados demonstram a importância de ideias de prevenção da obesidade. Consumir uma dieta rica em tomates teve um impacto maior sobre os níveis de hormônio em mulheres que mantiveram um peso saudável”, afirmou a cientista Adana Llanos.
 
 
Yinka Ebo, do Instituto de Pesquisa do Câncer do Reino Unido, comentou que é improvável que comer qualquer alimento específico tenha um grande impacto na prevenção do câncer. “Não há necessidade de começar a estocar os tomates. As mulheres podem reduzir o risco de câncer de mama por meio da manutenção de um peso saudável, beber menos álcool e ser fisicamente ativas”, finalizou Yinka.
 

Fonte:  Site Terra