sexta-feira, 29 de maio de 2015

Obesidade na gestação pode afetar as defesas do bebê

Existem estudos comprovando que o sobrepeso da mãe durante a gravidez causa malefícios à saúde do filho, que vão de obesidade a doenças cardíacas na fase adulta. E um estudo recente elaborado na Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, listou mais uma complicação associada às gestantes acima do peso. Com a participação de 39 mães, a pesquisa constatou que as células do sistema imunológico dos recém-nascidos cujas progenitoras eram gorduchas não reagiam adequadamente a bactérias. Outro resultado preocupante foi a de que esses pequenos estariam biologicamente mais propensos a alergias.

Com proporções epidêmicas, a obesidade se tornou um problema de saúde pública — dados recentes do Ministério da Saúde apontam que mais da metade da população está acima do peso adequado. Para preservar a sua saúde e a de seu bebê, vale investir em hábitos equilibrados e buscar o acompanhamento de profissionais de saúde.

Fonte: Revista Saúde É Vital

Os 5 tipos de câncer mais frequentes na mulher

O câncer é uma das doenças mais temidas por todos nós, não importa se somos homens ou mulheres, jovens, maduros ou idosos, saudáveis, predispostos ou não.

O câncer pode aparecer em qualquer um de nós. As pessoas que têm predisposição genética, como é o caso de quem já teve mortes ou casos confirmados de câncer na família, não são as únicas a conviver com o risco.
O fumo, o sedentarismo, a dieta inadequada, a poluição e o estresse são todos fatores apontados como possíveis causas do câncer, além da predisposição genética, mas a verdade é que mesmo pessoas que não fumam ou que não fazem parte dos segmentos chamados “de risco” podem desenvolver o problema.

Nas mulheres, os cânceres mais comuns são o de mama, o colorretal, o de colo do útero, o de pele e de ovário. O câncer de pulmão é muito frequente, tanto em homens quanto em mulheres.

O câncer de mama é também o segundo câncer mais comum em todo o mundo.

1º. Câncer de mama

cancer-de-mama-2
câncer de mama é o que mais acomete mulheres em todo o mundo. É mais comum após os 30 anos, sendo ainda mais frequente a partir dos 50 anos. Pode apresentar causas variadas, mas quanto antes for detectado, maiores são as chances de cura.

Além da idade, outros fatores de risco são genéticos (pessoas com parentes de primeiro grau que também tiveram câncer de mama), comportamentais (como o sedentarismo, obesidade, hábito de fumar e ingerir bebida alcoólica diariamente) e hormonais.

Consulte seu médico pela mamografia, com que frequência deve ser realizada, e também sobre o autoexame dos seios.

Autoexame nos seios e a importância dos hábitos saudáveis

O site do Inca (Instituto Nacional do Câncer) afirma o seguinte:“Estima-se que por meio da alimentação, nutrição e atividade física é possível reduzir em até 28% o risco de a mulher desenvolver câncer de mama”.

Você pode adotar hábitos saudáveis, como uma dieta equilibrada, a prática de exercícios físicos e outras ações para melhorar sua qualidade de vida e prevenir a doença.

Um dos hábitos que os médicos estimulam é o autoexame dos seios. Você pode examinar seus seios rotineiramente, usando os dedos para vasculhar, delicadamente, as mamas. Se você notar um espessamento da pele das mamas, secreção saindo dos mamilos ou nódulos, procure seu médico imediatamente.

2º Câncer colorretal

CancerColon1-500x325
O segundo tipo de câncer que mais acomete mulheres no Brasil é o de cólon (uma parte do intestino grosso) e do reto. Os tumores crescem na região a partir de pólipos, um tipo de lesão que geralmente não evolui para o câncer e que é facilmente tratável. O site do Inca alerta que uma boa prevenção do câncer colorretal é detectar esses pólipos e eliminá-los o quanto antes, para que não se tornem tumores.

3º Câncer do colo do útero

Cancer-de-ovario
Em terceiro lugar, está o câncer do colo do útero (também conhecido como câncer cervical ou apenas câncer de útero). Como é causado pela infecção persistente pelo vírus HPV, o governo brasileiro tem investido em vacinas contra o vírus para prevenir novos casos.

Muitas mulheres são infectadas pelo HPV, mas não desenvolvem câncer. Em outros casos, entretanto, há alterações nas células do útero, que podem evoluir para a doença. Evite o câncer do colo do útero fazendo exames Papanicolau, que pode detectar essas alterações e possibilitar o tratamento no início. As chances de cura são altas, sobretudo nos primeiros estágios da doença.

Como toda DST, a infecção pelo HPV pode ser evitada com o uso de preservativos (camisinha masculina ou feminina) e evitando muitos parceiros.

4º Câncer de pele não melanoma

Cancer-de-pele
Talvez por causa do sol intenso, o câncer de pele é o mais comum no Brasil, sendo, portanto, importante também para o público feminino conhecê-lo e saber como prevenir sua ocorrência.

Se detectado cedo, apresenta altos percentuais de cura. É mais comum em quem tem mais de 40 anos e em pessoas com a pele muito clara, que não se protegem adequadamente dos raios solares.

Previna-se evitando os horários em que o sol está mais forte (das 10h às 16h), usando o protetor solar adequado ao seu tom de pele e realizando exames rotineiros, caso faça parte da população de risco.

5º Câncer de ovário

cancer
câncer de ovário não é comum, mas é o mais difícil de detectar, pois é indolor e sem sintomas.

Por isso, a maioria dos diagnósticos só acontece quando o câncer está em estágio muito avançado, o que torna mínimas as chances de cura.

Mulheres com histórico de outros casos de câncer na família, que tenham tomado estrogênio por mais de dez anos e que nunca tiveram filhos podem fazer parte do grupo de risco. Consulte o seu ginecologista para saber quais são as melhores medidas preventivas, já que o exame Papanicolaou não detecta o câncer de ovário.

Também vale destacar que o câncer de pulmão tem alta incidência entre homens e mulheres, em todo o mundo, levando a muitas mortes todos os anos. Muitos dos casos poderiam ser evitados ao se abandonar o hábito de fumar e adotar um estilo de vida mais saudável.

 Fonte: Melhor com Saúde

quarta-feira, 27 de maio de 2015

Mãe é detida por foto de bebê comendo no chão de coleira

Uma criança nua, engatinhada no chão, tentando se alimentar em uma tigela, usando uma espécie de coleira: a cena é chocante e, como se não bastasse, foi publicada no Facebook pela própria mãe, nas Filipinas. As informações são do Daily Mail.

A ativista Lurleen Hilliard, da ONG Nolonger Victims que educa as pessoas sobre formas de abuso e maneiras de auxílio para proteção de vítimas, ficou furiosa ao se deparar com tais imagens e foi atrás de punição para a mulher.

“Estava navegando pelo Facebook no domingo e essas imagens vieram parar na minha frente. Inicialmente, meu coração ferveu de raiva, não é algo para se tolerar. 

Se aceitarmos esse nível de abuso dos pais, que postam imagens assim para ter audiência e parecerem bacanas, então nós estaremos dizendo que concordamos, que nós aceitamos o abuso infantil”, contou a ativista.

Hillard, então, procurou ajuda de autoridades de aplicação de leis dos EUA, que, por sua vez, entraram em contato com os seus homólogos nas Filipinas. Nesta terça-feira, ela recebeu uma ligação que confirmava que a mãe havia se apresentado à polícia e estava recebendo os tratamentos necessários. 

“Pelo visto, o pai da criança trabalha em alguma agência do governo e, então, tentaram mexer seus pauzinhos para escapar das consequências. Mas, não vou deixar isso acontecer, vou pressionar para que ela seja presa”, afirmou a ativista.

terra/DailyMail
Via Josiel Dias

Zezé di Camargo continua sem a bênção das filhas em romance

Cantor completou um ano com Graciele Lacerda, mas não pretende casar 

Assumidos somente há um ano, Zezé Di Camargo e a jornalista capixaba Graciele Lacerda continuam sem a benção das filhas do cantor no romance. Dos três herdeiros, apenas o caçula Igor, de 21 anos, aceitou conhecer a namorada do pai. Wanessa e Camilla, que já chegaram a recusar estar no mesmo ambiente que Graciele, continuam não querendo contato com a moça, conforme o sertanejo confirmou em entrevista à revista Caras.

"Nunca cobrei nada deles. Se acontecer, ótimo, caso não, sem problemas. Isto é um processo natural, não adianta querer pular esta etapa. Já a apresentei também ao Igor. Para as filhas mulheres, é mais difícil... Para eles, a separação foi uma perda. Que filhos querem os pais separados? Graciele entende o espaço deles na minha vida. Se meus três filhos entenderem o relacionamento, quero que o resto se exploda", disse.

À publicação, Zezé explicou que demorou a apresentar a namorada aos pais, Francisco e Helena, porque tinha a esperança de ver os filhos se entendendo com Graciele.

"A demora em apresentar a Graciele para os meus pais foi para as coisas se acomodarem. Hoje ela estava com meu pai e chorou por ter de ir embora. Minha mãe cobrava muito para eu apresentá-la, mas esperei a hora certa e meus filhos começarem a aceitar”, relatou.

Aos 52 anos, o sertanejo contou à revista que está morando sozinho na mansão que possui em Alphaville, São Paulo, onde viveu durante anos com a ex-mulher, Zilu, de quem se separou em 2012, e com os três filhos. Segundo o cantor, a distância dos herdeiros, que hoje seguem suas vidas morando em casas separadas, acabou facilitando a convivência familiar, apesar de eles ainda não aceitaram o namoro do pai.

“A gente está mais próximo. Quando você está no dia a dia dentro de casa, não vê necessidade de se falar toda hora. Às vezes, estávamos dentro da mesma casa e não trocávamos nenhuma palavra. Hoje, não. Igor mora com a noiva há cinco anos. Wanessa se casou e a Camilla tem um apartamento no Rio e, quando está em São Paulo, fica aqui em casa comigo, como agora, há três meses. Sou muito realizado em ver meus filhos encaminhados. Eles sempre foram disciplinados e trilharam um caminho bonito, com ideais de vida", disse ele, à Caras.

O cantor contou também que ainda não pretende voltar a dividir o mesmo teto com a namorada.
“A gente está levando as coisas do jeito que achamos gostoso. Estamos nos curtindo. Nunca namorei na minha vida. Casei cedo e pulei várias etapas. Casar, não mais, mas morar junto vai acontecer de acordo com a necessidade de fazer isso. Estou muito feliz. Graciele é uma menina de bem e com o tempo todos vão entender do que estou falando. Ela tem dignidade, era tão pobre quanto eu em Goiânia. É uma menina diferenciada e muito compreensiva. Não é porque sou apaixonado que digo isso. Não sou mais menino. Tenho uma frase que ‘carrego’ comigo: ‘Vivo sofrendo, mas não vivo de joelhos.’ Gosto dela, mas se não sentisse reciprocidade viraria as costas e sairia fora”, declarou.

Zezé ainda destacou que se ama, acima de qualquer coisa.
"A pessoa que mais amo sou eu e depois vem a outra. E as três pessoas que eu amo depois de mim são meus filhos. Graciele viaja comigo para shows e sentir saudade é bom porque quando nos encontramos a chama está sempre incendiada”, finalizou.

FONTE- Flávia Almeida | Foto: Ag.News 
Via Lucineide Medeiros

Curiosidades que você não sabia sobre o odor corporal

O corpo humano tem cerca de 50 mil glândulas sudoríparas, que têm a capacidade de produzir até 1 litro de suor por dia. Graças a este mecanismo, são expulsas as toxinas nocivas. As regiões que apresentam maior odor são os pés, a virilha e as axilas. No seguinte artigo você irá descobrir coisas que não sabia, sobre o odor corporal.


Você sabia que o odor do seu corpo é único e irrepetível? Assim como o seu DNA ou a suas impressões digitais. Depende de vários fatores., tais como a alimentação ou os processos químicos que se desenvolvem em seu interior. O aroma de cada pessoa é o reflexo do que consome e forma parte de um sistema de comunicação ancestral com os nossos semelhantes. Por isso é que por exemplo, as mulheres no período mais fértil “cheiram” mais sem praticar esportes e até depois de tomar banho.

Os odores que sentimos ao longo da vida ficam gravados na memória olfativa, tanto os perfumes como os maus cheiros, podem influenciar no estado de ânimo e nos incitam a aceitar ou recusar comidas, pessoas e objetos. 

Todos acreditam que o mau odor pessoal se deve unicamente a falta de higiene, entretanto, também é devido a fatores climáticos, hereditários, alimentícios e pela ingestão de certos medicamentos.


Nas áreas “mais problemáticas” (pés, virilha e axilas) existem glândulas que se encarregam de produzir mais suor, além de serem áreas com pouca ventilação, pelo qual, as bactérias se permanecem ali e decompõem a transpiração.
Pé_mau_cheiro
A pele é formada por milhões de orifícios chamados de “poros”, que permitem ao corpo respirar. Um duto que se usa como via de escape para as glândulas sudoríparas tem a função de produzir esse líquido um pouco salgado que se conhece como suor. Esta substância tem o objetivo de regular a temperatura do corpo e é por isso que transpiramos ao ter febre, por emoções fortes, quando faz calor, quando praticamos exercícios, comemos alguma coisa picante, etc. Também favorece a eliminação de toxinas, água e sais minerais que não servem.


Dicas para evitar o mau odor corporal
  • Não utilizar os mesmos sapatos vários dias seguidos sem ventilar.
  • Usar produtos específicos para cada área. 
  • Ao tomar banho dedicar mais tempo na higiene das regiões “complicadas” (pés, genitais, virilhas e axilas).
  • Usar um sabonete antibacteriano.
  • Secar muito bem o corpo depois de tomar banho, principalmente entre os dedos dos pés.
  • Lavar adequadamente as roupas recorrendo, se for preciso, a desinfetantes especiais.
  • Dar preferência a roupa feita com tecidos naturais como o algodão, para absorver e evaporar o suor.
mau_odor
  • Depilar as axilas para evitar que as secreções se decomponha pelas bactérias.
  • Aplicar nas axilas bicarbonato de sódio ou amido de milho para reduzir a transpiração e matar as bactérias.
  • Diminuir a ingestão de carnes vermelhas, gorduras, alho, cebola e bebidas alcoólicas (dar preferência a frutas e vegetais frescos).
Alimentos que causam mau odor
Como foi dito anteriormente, a alimentação tem muito a ver com o odor que desprende do nosso corpo, mais do que a higiene ou a época do ano. Se você tem problemas com relação aos cheiros corporais, talvez se deva a algo que você esteja consumindo. Preste atenção a estes alimentos que causam mau odor:


Balas
As bactérias que causam os maus odores adoram as coisas doces. Quando a levedura cresce, o açúcar das guloseimas se transforma em álcool, isto traz como consequência mais acidez do que o corpo necessita. Por isso, o odor se torna mais intenso.


Óleo hidrogenado
É um dos ingredientes dos Fast food. Outro motivo mais (além de causar sobrepeso, colesterol, problemas cardíacos, etc) para não consumi-lo. O óleo hidrogenado se decompõe rapidamente e causa má digestão, pelo qual o odor corporal aumenta.


Fast food
Embutidos

O patê ou as salsichas não são bons aliados do aroma corporal. Quando se decompõem (ao fazer a digestão), podem causar acidez estomacal, flatulência, etc. Quer dizer, que é melhor não consumi-los com tanta frequência, por mais que você goste.


Lácteos
O excesso de leite, iogurte ou queijo é um dos causadores do mau odor no corpo. Isto se deve a, segundo a pesquisas, que estes produtos contêm muita proteína (caseína) que ao se decompor produz sulfeto de hidrogênio, uns dos preferidos das bactérias.


Ovo
Clara del ovoUma das razões pelas quais a vezes você tenha odor de “peixe”, é devido a um desordem genético chamado Trimetilaminuria. Um dos agentes que o provocam é o ovo, não importa se você o consome cru, frito ou em algum preparo. 




Temperos
Principalmente a pimenta, mas também outros temperos que se usam na cozinha como, por exemplo, o cardamomo, o cominho e o curry. Prefira as mais suaves, tais como a hortelã, salsa e manjericão.


Carne
Sobretudo as cernes vermelhas e o peixe. Isto ocorre, porque elas demoram muito em passar pelo trato digestivo, pelo qual se apodrecem e liberam gases ruins e toxinas. Estas se transformam em suor e flatulência, gerando o mau odor.


Fibra
Os legumes e os feijões, assim como os grãos integrais, ao se digerirem produzem metano, hidrógeno e dióxido de carbono, quer dizer, alimento para bactérias e causadores de mau odor corporal. Não se exceda com estes alimentos. 


cereais
Café
O seu sabor e cheiro forte tem que se “desfazer” por algum lado. A cafeína, por sua vez, tem efeitos químicos no corpo que produzem uma mudança na quantidade e na maneira de transpirar.


Álcool
As bebidas alcoólicas se transportam muito rápido a corrente sanguínea e muda de forma ao se decompor, acelerando o processo de sudoração, embora o odor seja penetrante e fique presente por mais 
tempo.

 Alcool

Fonte: Melhor com Saúde

Oito coisas que nunca te contaram sobre os seios

Muito além da amamentação, os seios de uma mulher têm um papel bastante representativo em sua autopercepção e, principalmente, no seu relacionamento com o sexo oposto. Algumas delas querem aumentar, outras precisam reduzir por uma questão de saúde. Mas o que a ciência tem a dizer sobre as mamas femininas? Veja a seguir oito características do seios revelados pela ciência reunidos pela Cosmopolitan.

1. Mulheres olham bastante para os seios das outras. Um estudo que utilizou dispositivos de mapeamento ocular mostrou que sim, os homens realmente passam mais tempo olhando para os seus peitos do que para o seu rosto. O mais surpreendente, porém, foi que os resultados revelaram que elas também olham mais para eles do que para a face de outras mulheres! 



2. Seus mamilos podem ter orgasmos. Muitas mulheres acham que isso não significa muita coisa, mas quando seus mamilos são estimulados, o cérebro libera ocitocina, que causa contrações vaginais – o que, por sua vez, obviamente leva a orgasmos. Sim, é justamente isso que as vaginas fazem quando as coisas ficam maravilhosas!

3. Existem quatro tipos diferentes de mamilos. Tudo bem, pode soar meio esquisito, só que cada seio tem um formato diferente. O seu é normal, achatado, protuberante ou invertido? Por que não pegar uma garrafa de vinho e umas comidinhas de pique-nique e passar o domingo descobrindo qual é o seu? Afinal, o que você tem mais pra fazer num domingo?

4. Seus peitos são mais propensos a ressecamento do que a pele em outras partes do corpo. Durante a puberdade os seios esticam, portanto a pele fica mais fina que o resto do corpo, tornando-os mais propensos ao ressecamento. E sim, os seus mamilos precisam de lubrificante.

5. O tamanho dos seus seios muda o tempo todo. Em certos pontos do seu ciclo menstrual, as mamas podem aumentar até o equivalente ao volume de uma caneca! Isso pode ser uma coisa boa ou ruim, dependendo se você gosta ou não de usar camisas de abotoar.

6. Caras que preferem seios maiores são menos seguros financeiramente. De acordo com um estudo divulgado pela Psychology Today em 2013, homens que preferem peitos maiores são mais propensos a ser pobres e associar peitos avantajados a mais acesso a recursos. OK, esquisitões! 


7. Seios podem pesar até 9 quilos. O sutiã médio é fabricado para dar apoio aos seios que pesam entre 200g até 9 kg! Com certeza isso dá um novo significado ao que chamamos de “melões”.


8. Dormir de bruços pode mudar o formato dos seus seios com o tempo. Sim, a recomendação dos médicos é sempre colocar um travesseiro embaixo dos seios para apoiá-los durante noite. Boa noite, seios! 
 
Fonte-yahoo.com.br
Via Lucineide Medeiros

terça-feira, 26 de maio de 2015

21 objetos que você acha que são limpos, mas na verdade são mais sujos que o seu vaso sanitário

A barba dos homens pode ser mais suja do que o interior de um vaso sanitário. Pelo menos é o que afirma uma equipe de microbiólogos do Novo México, nos EUA, que descobriu paralelos alarmantes entre algumas bactérias da barba e germes fecais.

Mas, calma! Se você adora barbas, não precisa entrar em pânico: o estudo aparentemente não era exatamente científico. Mesmo assim, precisamos ficar atentos. Com um pouco mais de observação, é fácil constatar que as bactérias frequentemente encontradas em banheiros são também vistas em coisas cotidianas, como telefones celulares e menus de restaurante. E como estes objetos não são sempre limpos regularmente, enquanto banheiros sim (nós esperamos), muitos itens podem até superar os mal falados vasos sanitários e ser mais sujos do que você imagina.

21. Panos de louça

Os panos da cozinha são alguns dos itens mais sujos da casa. Geralmente germes e bactérias chegam até a cozinha através da carne crua e das vísceras dos animais. Segundo o Dr. Chuck Gerba, professor de microbiologia da Universidade do Arizona, nos EUA, existem cerca de 1 milhão de bactérias por polegada quadrada em um pano de louça comum, 20 mil vezes mais do que em um vaso sanitário comum.

20. Smartphones
Devido à forma como muitas vezes nós os usamos, smartphones carregam germes que podem superar as bactérias encontradas em assentos sanitários em dez vezes. O truque para se manter saudável, porém, é não compartilhar o seu telefone. Um dispositivo que tem germes vindos a partir de apenas um único indivíduo não representa um risco de saúde para o seu dono.

19. Teclados de computador
De forma alarmante, o teclado do seu computador pode ser até 500% mais sujo do que o assento do vaso sanitário – de acordo com as conclusões de um estudo realizado em 2008 no Reino Unido. Os pesquisadores da equipe, que examinaram 33 teclados, estavam especificamente à procura de bactérias que causam intoxicação alimentar.

18. Cubos de gelo
O inocente cubo de gelo pode ser mais sujo do que água do banheiro – pelo menos de acordo com uma investigação britânica de 2013. O gelo servido em 60% dos restaurantes pesquisados ​​tinha mais bactérias do que a água que flui através dos banheiros dos estabelecimentos.

17. Cardápios de restaurante
Não é exatamente uma surpresa saber que os cardápios são muitas vezes mais sujos do que o banheiro médio; eles são o que cada cliente com fome sempre toca, afinal de contas. Uma investigação feita pelo programa Good Morning America, da rede de televisão ABC, revelou que os menus de restaurante observados abrigavam uma média de 185 mil bactérias. Além disso, outros objetos em restaurantes não são tão limpos, principalmente considerando que nós nos alimentamos nestes lugares. Além dos mais óbvios, como pias de banheiro e maçanetas, os saleiro e pimenteiros, assim como as cascas de limão, por exemplo, podem ser pequenos reservatórios de germes e bactérias.

16. Controles remotos
Eles são tocados por todos na família, por isso, não é de admirar que controles remotos de televisão sejam um viveiro de germes. Além disso, eles também podem fazer mal. Em um estudo feito na Universidade de Virginia, nos EUA, em 2008, pesquisadores descobriram que 50% dos controles remotos abrigavam o vírus que causa os resfriados.

15. Mesas de escritório
Mesmo que pareçam limpas e organizadas, as mesas de escritório típicas podem ser mais sujas do que um vaso sanitário. A pequena seção onde o trabalhador descansa as mãos, por exemplo, pode armazenar cerca de 10.000 bactérias. O assento de banheiro típico, em comparação, tem apenas 50 germes que habitam cada polegada quadrada.

14. Tábuas de corte
Talvez devêssemos começar a cortar legumes no assento do vaso sanitário: apesar do inconveniente, de acordo com cientistas da Universidade do Arizona, seria mais limpo. A equipe de pesquisa descobriu que, em comparação ao banheiro, as tábuas têm em média uma incrível marca de 2.000% mais bactérias fecais – a maioria das quais vindas da carne crua.

13. Roupa lavada
Roupas recém-lavadas, alguém pode pensar, são o ápice da limpeza. Mas as famílias ambientalmente conscientes que usam lavagens mais frias podem estar involuntariamente permitindo que as bactérias prosperem, aumentando assim a possibilidade de infecções. A lavagem com água fria não elimina os germes e bactérias, que acabam se acumulando na roupa.

12. Escovas de dentes
Essa aqui pode deixar um gosto engraçado na boca: escovas de dentes são tecnicamente mais sujas do que toaletes. Em 2014, um estudo da Universidade de Manchester, na Inglaterra, foi amplamente anunciado por ter descoberto o fato de que a escova de dentes média abriga mais de dez milhões de bactérias, e quanto mais próximo o item fica da privada, mais provável é que hospede germes fecais.

11. Tapetes
Apesar de todo o trabalho duro dos aspiradores de pó, tapetes podem permanecer bastante sujos. Philip Tierno, especialista em imunologia e microbiologia na Universidade de Nova York (EUA), descobriu que tapetes são a casa de cerca de 20.000 germes em cada polegada quadrada, tornando-os aproximadamente 4.000 vezes mais cobertos de bactérias do que assentos sanitários.

10. Geladeiras
O interior da geladeira está potencialmente entre os lugares mais sujos da casa. Na verdade, um estudo de 2010 nos EUA descobriu que mais de quatro em cada dez interiores de geladeiras testados abrigavam níveis perigosos de fungos e bactérias. Diga o que quiser sobre o assento do vaso sanitário, mas lá geralmente não tem pão amanhecido nem queijo estragado.

9. Interruptores de luz
Eles são usados ​​quase que instintivamente, o que pode explicar por que não estão exatamente no topo das nossas listas de limpeza. E, de acordo com o site de saúde Healthline, o acúmulo de sujeira e gordura nestes dispositivos os coloca entre as coisas mais sujas da casa.

8. Torneiras de cozinha
Bactérias na torneiras de cozinha podem superar suas homólogas nos assentos de toalete em uma proporção de 44 para um. Além disso, os testes do Conselho de Higiene do Reino Unido descobriram que 14% das torneiras apresentam níveis potencialmente perigosos de E. coli – um organismo que pode causar insuficiência renal.

7. Bolsas
Bolsas de mulheres provavelmente ​​abrigam um número maior de germes do que os banheiros. Isso de acordo com a Initial Washroom Higiene, uma empresa inglesa especializada em higiene de banheiros, que revelou que 20% das alças das bolsa representam um risco potencial para a saúde. Por causa de sua textura absorvente, bolsas de couro são as piores.

6. Botões de elevadores
Pressione um botão de elevador e você correrá o risco de entrar em contato com 40 vezes a quantidade de bactérias encontradas em assentos sanitários públicos. Este é o aviso da Microban Europa, empresa que fornece soluções antimicrobianas e antibacterianas. A companhia fez a descoberta surpreendente depois de examinar painéis de elevadores em aeroportos, hotéis, restaurantes e empresas em 2010.

5. Travesseiros

Travesseiros contêm bilhões de bactérias, a maioria das quais já viveram em seu rosto. Ainda assim, segundo o professor Jack Brown, da Universidade do Kansas, nos EUA, estes minúsculos organismos são inofensivos – contanto que as fronhas sejam lavadas semanalmente. Vale lembrar que é importante trocar os travesseiros a cada seis meses. Células mortas e ácaros costumam se acumular neles e causar acne, além de alergia em pessoas propensas a isso.

4. Tigelas de ração dos animais de estimação
Falta de limpeza regular na tigela de ração do gato ou do cachorro pode torná-las mais sujas do que o vaso sanitário – o que, na reflexão, faz todo o sentido. De acordo com especialistas em saúde pública da Fundação Nacional de Ciências dos EUA, tigelas de animais de estimação são um dos objetos mais sujos da casa.

3. Esponjas de cozinha
Elas servem supostamente para manter nossas cozinhas limpas, mas toda a absorção de sujeiras e a limpeza das superfícies das louças faz com que a inofensiva esponja de cozinha seja uma das coisas mais sujas em casa. De acordo com microbiologistas da Universidade do Arizona, elas podem abrigar 200.000 vezes o número de germes normalmente encontrados no assento do vaso sanitário. Isso porque a cozinha costuma concentrar uma grande quantidade de germes que entram na nossa casa através da carne crua dos animais.

2. Suportes de papel higiênico
Cuidado quando estiver se limpando. Os suportes de rolos de papel higiênico contêm 150% mais germes do que os assentos sanitários – um fato alarmante descoberto pelo programa The Doctors, da rede de TV americana CBS.

1. Notas de dinheiro
Assentos sanitários são completamente limpos em comparação com as notas de dinheiro. Mais de um quarto delas abrigam quantidades perigosas de germes. Isso de acordo com cientistas da Queen Mary University of London, que descobriram que algumas das cédulas que nós carregamos nos bolsos todos os dias hospedam a bactéria E. coli, potencialmente mortal. Além disso, um estudo feito em 2011 pelo Departamento de Saúde de Nova York apontou a presença de bisfenol em cédulas de 21 países, uma substância usada na fabricação de embalagens de plástico que pode causar câncer e hipertensão. E a coisa é ainda pior para os brasileiros: o mesmo estudo apontou que o real é uma das moedas mais sujas de todo o mundo. [Scribol]

Fonte: hypescience  - Autor: Jéssica Maes