terça-feira, 30 de junho de 2015

Dez sinais de que o smartphone está atrapalhando o sexo

Por  | Sexo Oposto 
                                        Foto: Thinkstock



Desconfiada(o) que o seu celular está mudando seu prazer entre quatro paredes? De acordo com uma pesquisa feita pela Universidade de Durham, 40% das pessoas afirmam usar o telefone celular enquanto estão transando. Sim, é isso mesmo que você leu. Existem indivíduos que não largam o smartphone nem durante o sexo! 

Galera, na boa, já passou da hora de desligar os dispositivos móveis e curtir o momento de uma vez por todas, ainda mais quando estamos falando de SEXO. Será que você leu bem? Confira a seguir dez indícios selecionados pelo So Feminine de que o aparelho está arruinando o seu orgasmo. 

1. Em vez de beijá-lo, a primeira coisa que você faz de manhã é olhar para a tela do seu celular.
Todos somos culpados de fazer isso. Até você ter checado todos os seus e-mails, mensagens, Facebook, notícias e a previsão do tempo, já é hora de se preparar para o dia, o que não dá espaço para o maravilhoso sexo matutino. Deixe seu telefone desligado até sair de casa – assim, você vai poder dar a atenção que sua libido merece. 

2. Mensagens de textos às vezes são mal entendidas. 
É claro que os telefones nos permitem mostrar amor e carinho de diferentes formas; mas e quando as coisas saem errado por causa de mal-entendidos? Isso acontece com mais frequência do que você imagina! Interpretamos mensagens de tantas formas diferentes que, no fim das contas, a melhor forma de comunicação é carne a carne. 


Foto: Thinkstock
Foto: Thinkstock

3. O sexo é deixado de lado… 
Ah, não! Seja você ou ele(a) quem está desesperado para responder mensagens ou notificações no telefone, um de vocês pode se sentir rejeitado e nervoso. Se você está criando intimidade com seu parceiro, dê a ele tudo o que você pode dar, compartilhe seu tempo, sua atenção.




4. Mensagens de texto, e-mails e comentários podem ser instantaneamente broxantes. 
Olhar para o seu telefone pode deixar você estressada ou no mínimo ansiosa, ou seja, está longe de ser a melhor maneira de começar o dia. Cogitar transar logo cedo vai fazer você se sentir ótima, além de proporcionar mais disposição e energia – e dar um motivo a mais pra você sorrir. Afinal de contas, a gente nunca sabe se vai rolar a oportunidade de um replay à tarde também. Despriorize o celular, pois o relacionamento vem em primeiro lugar.

5. Atender o telefone durante o sexo. 
Por mais incrível que pareça, sim, é verdade. Estudos recentes provam que pessoas de fato usaram seu telefone enquanto transavam. Adeus romance!

6. O smartphone pode fazer você se sentir ignorada ou insegura. 
Aquele momento em que você faz algo sensual, mas ele não nota porque está distraído demais com o Candy Crush. A raiva é real.

Foto: Thinkstock
Foto: Thinkstock7. Stalkear no Facebook de madrugada

Cheg
ou a hora de parar de stalkear seus ex-namorados e começar a viver o momento. O mesmo vale para os caras! Estabeleça uma regra do tipo “nada de gadgets depois das 10 da noite”. A menos que você esteja enviando uma foto sexy de lingerie só pra ele, ou o parceiro esteja baixando algo quente no laptop pra vocês dois assistirem, desligue todos os gadgets e curtam um ao outro! 

8. Trair se torna fácil demais 
Seja o seu mau comportamento ou o dele, quando se trata de smartphones, às vezes as pessoas parecem que simplesmente não conseguem se controlar. Por um momento a gente odeia todos os celulares do planeta.

9. Vocês não conversam mais
Já sentiu como se vocês dois fossem estranhos na cama? Os casais afirmam que seus telefones permitem que eles conversem mais, porém a realidade mostra que na maioria das vezes acabamos passando reto naquela conversa na vida real que vocês deveriam ter! Conversem.

Foto: Thinkstock
Foto: Thinkstock10. Você assiste vídeos de gatinhos engraçados, ele assiste os destaques do esporte…

Um estudo realizado em 2011 mostrou que casais que assistem pornografia juntos apresentam um nível de satisfação maior. Era a desculpa que você precisava para baixar uns filminhos pornô no seu laptop, umas novelas eróticas no Kindle e deixar aquela playlist hipersexy rolando no Spotify… 

FONTE- YAHOO.COM.BR
Via Lucineide Medeiros

12 usos inusuais da pasta de dente

A pasta de dente é um produto de higiene pessoal que, com o passar dos anos, se converteu em uma coisa essencial na vida de todas as pessoas. Na busca por cuidar dos dentes e combater uma grande quantidade de bactérias que  podem nos adoecer e debilitar, a pasta dental teve várias evoluções desde a sua criação. Hoje em dia, há várias apresentações de pasta de dente, as quais cobrem as diferentes necessidades dos consumidores e oferecem uma proteção única que evita doenças nos dentes.

Entretanto, além de ser um produto essencial para o cuidado e saúde dos dentes, a pasta de dente e seus componentes podem ser utilizados para muitas outras tarefas no lar. Continuando, queremos compartilhar com vocês 12 usos incomuns que podem ser dados à pasta dental.

Eliminar manchas de tintas e lápis de cera



Na hora de explorar sua criatividade, as crianças não duvidam em pintar com tintas e lápis de cera todas as superfícies. Como resultado, é possível que danifiquem nossos objetos favoritos, pintem a parede e criem uma série de manchas que podem ser muito difíceis de eliminar. Para facilitar esse trabalho de limpeza e remoção de manchas, simplesmente aplique um pouco de pasta de dente na área afetada, esfregue-a e deixe atuar por uns minutos. Retire com uma esponja suave.

Desembaçar espelhos

Enquanto tomamos banho, o vapor pode embaçar nosso espelho e evitar que nos vejamos bem no momento de nos maquiar, por exemplo. Para evitar isso, simplesmente esfregue um pouco de creme dental em uma das áreas do espelho que seja cômoda para você usar.

Para polir

Polir os acessórios do banheiro ou da cozinha será mais fácil se utilizar o creme dental. Esse produto vai ajudar a que seus acessórios brilhem e sejam desinfetados. Para isso, simplesmente aplique pasta de dente neles, esfregue bem e deixe atuar por alguns minutos.

Combater a acne


Este provavelmente seja um dos usos mais conhecido da pasta de dente, pois ele demonstrou ser bastante efetivo em algumas pessoas.A pasta de dente pode ajudar a secar os pontos de acne, diminuindo o excesso de gordura e eliminando as espinhas. Você só terá que aplicar uma pequena quantidade de pasta de dente diretamente sobre a espinha e deixá-la atuar por alguns minutos. Esse remédio pode ter reações desfavoráveis em alguns tipos de pele, por isso recomendamos utilizá-lo com precaução.

Limpar as unhas

As unhas pegam todo tipo de sujeira, seja qual for o tipo de trabalho que tenhamos que fazer diariamente. Se você quiser limpar profundamente as unhas e mantê-las livres de bactérias, simplesmente aplique nelas um pouco de pasta de dente.

Desodorante de mãos

Se nas suas mãos  ficaram impregnados odores fortes, como os do alho, a cebola e outros alimentos, simplesmente aplique uma boa quantidade de creme dental para neutralizar esses odores e eliminá-los por completo.

Limpar as joias



Os componentes da pasta de dente resultam muito adequados para o branqueamento e limpeza de joias, assim como de outros acessórios metálicos. É só esfregá-los com um pouco de pasta de dente e enxaguá-los com água morna.

Restaurar CDs

Com o passar do tempo, a falta de cuidado ou o uso frequente dos CD e dos DVD vai arranhando-os e podem alterar o conteúdo desses discos. Um truque para restaurá-los e evitar que se danifiquem é passar um creme dental e um pano limpo.

Manutenção do carro

Um pouco de creme dental também pode ser a solução para preencher os buracos de pintura que se produzem no seu carro.

Feridas, queimaduras e picadas

Não é má ideia incluir a pasta de dente no estojo de primeiro socorros, pois sua ação refrescante é muito boa para aliviar queimaduras, reduzir as moléstias por picadas e, de fato, pode ser útil para combater alguns tipos de coceiras.

Limpar o piano

O pó, a exposição ao ambiente e o contato com nossas mãos fazem que as teclas do piano percam o brilho e apresentem um tom amarelado, quase sujo. Para conservar o brilho das teclas do piano, você só deve poli-las com um pouco de pasta de dente.

Eliminar maus odores das mascotes

Os odores da pelagem das mascotes costumam ser incômodos e difíceis de eliminar. Para neutralizar esses maus odores, você pode diluir um pouco de creme dental em água e borrifar na sua mascote. Outra opção é utilizar o creme diretamente durante o banho do bichinho de estimação, aplicando-o em  pequenas quantidades na pelagem e logo depois, usar o xampu habitual.

Fonte: Melhor com Saúde

sábado, 27 de junho de 2015

MÁ HIGIENE PODE PREJUDICAR FERTILIDADE MASCULINA

Pesquisa relaciona problemas no esperma humano e o manuseio de produtos químicos domésticos. Confira os resultados

Texto: Jhennifer Moises / Foto: Shutterstock / Adaptação: Clara Ribeiro


A saúde dos espermatozoides pode estar relacionada aos cuidados com a higiene pessoal

Pela primeira vez, uma pesquisa relaciona problemas no esperma humano e o manuseio de produtos químicos domésticos. O estudo, conduzido por pesquisadores dinamarqueses e alemães da Universidade de Copenhagen (Dinamarca), lista itens de uso cotidiano como sabonete, creme dental e protetor solar, e os relaciona à queda de fertilidade na população masculina.

Em testes de laboratório, observadas as quantidades às quais as pessoas são expostas normalmente, os resultados mostram que as substâncias contidas nesses produtos podem afetar a mobilidade dos espermatozoides, deixando-os mais lentos, além de afetar a penetração deles no óvulo.


 “Quando as substâncias levam a alterações do eixo endócrino (conjunto de glândulas responsável pela secreção hormonal), atuam negativamente sobre hormônios responsáveis pela produção de sêmen”, explica Conrado Alvarenga, urologista e membro da divisão de urologia da Faculdade de Medicina da Universidade deSão Paulo (FMUSP). 

Hoje, o número de produtos prejudiciais pode chegar a 800, segundo a pesquisa, e apenas a minoria passou por avaliações. A Organização Mundial da Saúde (OMS) indica que 15% dos casais de países desenvolvidos lidam com a infertilidade, tanto por parte da mulher quanto do homem.

5 benefícios dos chás para beleza e a saúde


Relaxantes e aromáticos, os chás também ofertam diversos benefícios à saúde e à beleza do corpo. Conheça alguns deles antes de pegar a próxima xícara:

Benefícios de beber chá

Reduz o colesterol
Segundo um estudo publicado no American Journal of Clinical Nutrition em 2011, o chá verde, além de proteger a pele, também está relacionado à diminuição dos níveis de colesterol.

Diminui os níveis de cortisol
O cortisol é um hormônio conhecido por ser responsável pelo estresse, mas não para por aí: a substância também é associada à gordura abdominal e o envelhecimento precoce da pele. Entretanto, o consumo diário de chá preto pode diminuir os níveis do cortisol.

Melhora a visão
Entre milhares de benefícios, o chá verde também é amigo dos olhos. A bebida é capaz de atuar no tecido ocular prevenindo doenças oculares.

Protege a memória
A combinação da cafeína com o aminoácido L-teanina no chá verde, além de aumentar o foco e a concentração, também ajuda a potencializar a memória.

Reduz os riscos de AVC
Segundo indicou um estudo da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, beber 3xícaras de chá verde ou preto ao dia (no mínimo) diminui em 21% as chances de derrame.

Via: Blog do professor José Costa

Ótima notícia! Nigéria proíbe a mutilação genital das meninas

A mutilação genital, ou “circuncisão feminina”, como é chamada em muitos países, é uma prática que consiste na eliminação parcial ou total do tecido dos órgãos genitais femininos, especificamente do clitóris.



Muitas culturas, em especial afrodescendentes e indígenas, tem realizado esse procedimento terrível desde a antiguidade, como parte de suas crenças e costumes.

No entanto, nos últimos anos a prática foi bastante combatida, e graças ao apoio da Organização Mundial da Saúde, muitos países e comunidades nativas deixaram de realizá-la, levando em conta os grandes riscos que correm as meninas que são submetidas a este doloroso procedimento.

No dia 9 de junho de 2015, a Nigéria marcou sua história ao se converter no 23º país africano a proibir a mutilação do clitóris das meninas. É uma notícia muito importante para quem luta contra este ato, já que a Nigéria é o país mais populoso da África, onde se estima uma população de 20 milhões de mulheres e meninas, aproximadamente.

É uma medida muito importante para erradicar por completo esta situação, que infelizmente ainda é praticada em 29 países da África e da Ásia.

Em que consiste este procedimento?


Esse ato é realizado em meninas com idade entre 8 e 14 anos, que são previamente preparadas por suas mães para entrar em um local tenebroso e sob condições higiênicas inexistentes.

Nesse lugar, uma mulher espera no escuro com suas navalhas e facas para realizar esse procedimento terrível em um tempo máximo de 15 minutos.

Ao entrar nesse local escuro, a mulher revisa os genitais da criança quase às cegas e, utilizando uma pequena faca ou algum outro objeto afiado, procede a cortar de forma total ou parcial o clitóris, os lábios menores e também os lábios maiores da menina.

Sob estas condições, sem nenhum tipo de anestesia e sem tomar nenhuma medida de higiene, a mulher mutila a criança enquanto esta só grita e chora pela dor lacerante que sente. No interior deste lugar, são derramados sangue e dor, enquanto do lado de fora os familiares riem e celebram que a menina está pronta para se tornar uma mulher.


Finalizado este “procedimento”, começa a busca por um marido que esteja disposto a dar um bom dote em troca da agora “mulher”. Tudo isso, claro, se a menina conseguir sobreviver a todos os riscos que possui a mutilação de um órgão que cumpre um papel muito importante na mulher.

Muitas crianças morrem por causa das hemorragias ou pelo choque neurogênico que a dor intensa e o traumatismo causam. Outras, por sua vez, morrem devido às terríveis infecções que se derivam deste processo, feito sem nenhuma medida de salubridade.

Por tudo isso, faz alguns anos que a Organização Mundial da Saúde denominou esta prática oficialmente como mutilação genital feminina, pois ela precisa de medidas médicas e, no geral, é realizada por terceiros que têm como intenção privar a mulher de sentir prazer sexual.

Como se fosse pouco, também foi demonstrado que isso pode provocar sérias consequências nas crianças e mulheres, como é o caso de hemorragias, problemas urinários, cistos, infecções, infertilidade e complicações no parto.

Os dados da vergonha


Estima-se que, no mundo, a cada minuto quatro meninas menores de 15 anos sofrem com a mutilação genital. Até o momento e, segundo os dados das organizações não governamentais, há 137 milhões de mulheres mutiladas, apesar dos múltiplos protestos e da luta constante para acabar com esta prática horrível.

O pior de tudo é que, enquanto não for possível proibir isso nos 29 países da África e da Ásia, cerca de 86 milhões de meninas em todo o mundo poderão sofrer com a mutilação de seus órgãos genitais externos antes de 2030.

É importante lembrar que, em muitos países onde a lei proibiu a prática, não foi possível erradicá-la por completo, já que, apesar de ser proibida legalmente, muitas culturas continuam realizando-as de forma ilegal.

Felizmente, o constante trabalho das ONGs e das principais entidades de saúde mundiais colheu bons frutos, e a decisão na Nigéria é uma clara demonstração disso.

É fundamental seguir educando sobre a saúde e compartilhar as evidências de todos os riscos que existem por essa prática horrível que continua sendo realizada.

Sem pretender alterar as culturas e as tradições seculares de cada população, é essencial criar consciência e mudar a mentalidade em relação a esta prática que já acabou com milhares de vidas, e que segue causando muito sofrimento.

Fonte: Melhor com Saúde

O que o roer as unhas fala da sua personalidade

Esse hábito nervoso é muito habitual e está relacionado com as emoções. Essa conduta acompanha algumas pessoas pela vida toda,  mas em outras, ela aparece em certos períodos de estresse ou de ansiedade.

A persistência do mau hábito

A repetição contínua de roer as unhas é o problema que vamos abordar nesse artigo. Algumas pessoas têm um sério desequilíbrio e não podem realizar nenhuma atividade porque seus dedos sempre estão na boca. Quando acontece, essa conduta é denominada como onicofagia.

Isso vai além de algo estético, já que dá vergonha ter que dar a mão, mostrar os dedos, etc. 50% da população, na maior parte, mulheres, sofre com esse problema. Ele aparece entre os 10 e os 18 anos e pode durar a vida toda.

A maioria das pessoas que realizam tratamentos locais para deixar de roer unhas fracassa. O motivo? O que desencadeia a onicofagia (quer dizer, a ansiedade, o nervosismo, a depressão, o estresse, o aborrecimento, os problemas ou a tristeza).
Os hábitos nervosos ou negativos começam com uma mudança quase imperceptível no dia a dia. Quando a pessoa vai se acostumando a essa prática, aumenta a quantidade de vezes em que o faz.

A causa principal de roer as unhas é a falta de consciência. As pessoas não se dão conta do que estão fazendo até que alguém os faz notar ou até se machucarem. Então, pode se dizer que a onicofagia é uma resposta automática a um problema, um escape, uma maneira de evadir ou expressar os sentimentos, etc.

Aqueles que formam parte do entorno da pessoa também estão implicados. Sim, porque, embora no começo elas possam indicar que é ruim roer as unhas, depois ela vai ver como algo normal e vai omitir a situação.

Por outro lado, quem padece de onicofagia está acostumado a roer as unhas e relaciona certas atividades com esse hábito, como por exemplo, ver televisão, ler, falar, etc.

Quais são as razões para se morder as unhas?

Os psicólogos criaram uma espécie de lista com as principais causas da onicofagia. Preste atenção, porque elas podem demonstrar como é sua personalidade.

Falta de tranquilidade

Quando estamos estressados, com muitos problemas ou ansiosos, é mais provável roermos as unhas. A necessidade de encontrar uma maneira de escapar da situação nos faz sofrer de onicofagia. Claro, porque morder os dedos tem um efeito calmante no sistema nervoso.


Tédio

O fato de não estar fazendo nada em particular, a inatividade e o tédio também são causas para roer as unhas. O hábito de roê-las é uma via de estimulação para o sistema nervoso, que ajuda, por exemplo, a não dormir.

Perfeccionismo

As pessoas que roem as unhas podem ficar muitas horas por dia olhando as mãos e examinando que não fique nenhuma mínima irregularidade nos seus dedos. Se isso acontecer, em seguida vão tentar poli-la. É bom saber também que este hábito causa problemas nos dentes, nas mãos e na pele.

Imitação

Muitas crianças roem as unhas ao ver seus pais com o mesmo mau hábito. No caso pontual de pacientes de até 18 anos, a aparição da onicofagia se deve ao transtorno por ansiedade, ou também por tiques, hiperatividade ou transtorno obsessivo compulsivo.

Causas psicossomáticas

São muitos os casos de pessoas que roem as unhas para se provocar dor, autolesionar, etc. Isso pode aparecer em famílias violentas, em criações muito severas, como uma maneira de chamar a atenção, etc.

Emoções

A timidez e a baixa autoestima, e também o sofrimento por um divórcio ou a morte de um ser querido, podem derivar em onicofagia.O hábito pode chegar a desaparecer se a pessoa se sentir mais segura e com confiança em si mesma e no seu entorno.

Crianças com onicofagia: o que é preciso saber

Uma pesquisa recente indica que aquelas crianças que mordem ou roem as unhas têm menos habilidades sociais do que as que não sofrem de onicofagia. Essa condição afeta  45% das crianças  nos países industrializados (frente a 10% dos adultos). Trata-se de um transtorno nervoso que limita a ansiedade mas, ao mesmo tempo, traz consequências negativas, tanto para seu corpo como para sua autoestima.

São diversos os fatores determinantes para se roer as unhas e convertê-lo em um ato inconsciente, reflexo e automático. As crianças não se dão conta de que se estão produzindo um dano e, com o passar do tempo, é muito difícil abandonar esse hábito, indicam os especialistas.

Quando as crianças têm problemas na escola, como ser companheiros agressivos, mau rendimento nas matérias, etc. ou, aqueles que vivem em um ambiente pouco saudável, têm mais probabilidade de sofrer de onicofagia.

Frente a situações de estresse, nervosismo, angustia ou insatisfação pessoal, roem as unhas, como una maneira de escapar de essa situação. Embora não seja um problema grave, se tratado a tempo, também é bom indicar que, se aparecer em crianças menores de 10 anos, podemos optar por uma assistência psicológica.

Em geral, esse mau hábito é abandonado quando surge a vergonha de mostrar as mãos ou, no caso das meninas, quando querem começar a se maquiar, se pentear, etc, ou seja, aos 13 anos, aproximadamente.

É por isso que a onicofagia está relacionada com os problemas sociais, já que as crianças primeiro se sentem tristes por algo em particular e se isolam do resto, enquanto roem as unhas. E isso se converte em um círculo vicioso, já que não ter mãos bonitas, os torna ainda mais introvertidos.

Fonte: Melhor com Saúde

quinta-feira, 25 de junho de 2015

Chás para Cólica Menstrual


Você costuma ter cólicas menstruais? Se você sofre com isso, que tal experimentar alguns chazinhos naturais para melhorar seu bem-estar? :)
A cólica menstrual, também chamada de dismenorreia, é uma dor pélvica que ocorre devido à liberação de prostaglandina, substância responsável por fazer o útero contrair para então eliminar o endométrio. O endométrio por sua vez é a camada interna do útero que cresce para nutrir o embrião, e no caso da não-fecundação do óvulo, o endométrio se descama e é eliminado em forma de sangramento.

Atitudes que ajudam a aliviar as cólicas

Durante as cólicas algumas atitudes simples, aliadas ao uso dos chás, podem amenizar a dor de forma mais rápida:
  1. Deite-se de barriga para baixo, comprimindo a barriga sobre um travesseiro: o simples fato de deitar já ajuda a amenizar a dor. Usar uma bolsa de água quente na região lombar e no abdômen também ajuda, pois o calor estimula a irrigação, relaxando a musculatura e diminuindo as contrações uterinas.
  2. Consuma alimentos naturais com poder anti-inflamatório. Alguns alimentos são verdadeiros relaxantes musculares, como inhame, vegetais de cor escura, banana, beterraba, aveia, tofu, abobrinha, couve, salmão, castanha do Pará e atum. Porém, estes alimentos devem ser incluídos regularmentes em sua dieta: consumi-los somente no período das cólicas não trará alívio algum. Evite café, chá preto e refrigerante, pois estes favorecem maior produção de hormônios femininos.
  3. Faça exercícios físicos leves. Em um primeiro momento, pode parecer que não faz diferença, mas atividades como alongamento, ioga, caminhada e bicicleta ajudam a minimizar os sintomas da cólica. Feitos de forma regular e moderada, os exercícios ajudam o corpo a liberar endorfina, hormônio capaz de diminuir a dor.

Chás para Cólica Menstrual

As ervas podem ajudar as mulheres em uma variedade de problemas associados ao ciclo menstrual, como dores, fluxo intenso, ciclo irregular, tensão pré-menstrual, menopausa e também infecções vaginais. Veja algumas dicas de chás que podem sim aliviar o desconforto das cólicas menstruais.

Chá de Calêndula

A calêndula tem na sua composição óleos essenciais, glicósidos amargos e flavonoides.  A calêndula é usada pelas suas propriedades anti-inflamatórias, anti-sépticas, desinfectantes, cicatrizantes, adstringentes, desintoxicantes e hemostáticas.
Deixe ferver 1 xícara de água. Em seguida coloque 1 colher rasa de sobremesa de flores de calêndula. Deixe agir por 10 minutos e coe. Tome 10 dias antes da menstruação.

Chá de Orégano

orégano é fantástico, sendo inclusive um excelente tratamento caseiro para cólica menstrual. Possui ação diurética, sudorífera, eliminando as toxinas do organismo, podendo ser utilizado em casos de cólicas menstruais e dores de cabeça.
Deixe ferver 1 xícara de água. Em seguida coloque 1 colher rasa de sobremesa orégano. Deixe agir por 10 minutos e coe. O chá de orégano pode ser tomado durante todo o mês.

Chá de Camomila

 A camomila é calmante e antiespasmódica. As infusões e tinturas aliviam as cólicas e o estresse.
Deixe ferver 1 xícara de água. Em seguida coloque 1 colher de sobremesa de flores de camomila. Deixe agir por 10 minutos e coe. O chá de camomila pode ser tomado durante todo mês.

Chá de Vitex

O vitex parece umas bolinhas de pimenta. É um excelente regulador hormonal, ingira a tintura ou o chá para regular os ciclos menstruais, aliviar os sintomas da TPM e da menopausa. Também é frequentemente usada para tratar a síndrome do ovário policístico.
Deixe ferver 1 xícara de água. Em seguida coloque 1 colher rasa de sobremesa de vitex. Deixe agir por 10 minutos e coe. Tome 10 dias antes da menstruação.

Chá de Folha de Framboesa

 A folha de framboesa é tônica e adstringente. Tome a infusão para aliviar cólicas menstruais ou diminuir o fluxo intenso.
Deixe ferver 1 xícara de água. Em seguida coloque 1 colher de sobremesa de folhas de framboesa. Deixe agir por 10 minutos e coe. Tome 10 dias antes da menstruação.

Chá de Verbena

 A verbena é antiespasmódica. Tome a infusão, ou tintura, para aliviar dores de cabeça associadas ao ciclo menstrual, menopausa ou TPM, cansaço nervoso e menstruação escassa. 
Deixe ferver 1 xícara de água. Em seguida coloque 1 colher de sobremesa de verbena. Deixe agir por 10 minutos e coe. Tome 10 dias antes da menstruação.

Chá de Gengibre

gengibre para dor menstrual é uma boa solução, pois ele possui propriedades analgésicas e anti-inflamatórias que diminuem a dor, muito presente antes ou durante a menstruação.
Deixe ferver 1 xícara de água. Em seguida coloque 1 colher de sobremesa de gengibre ralado. Deixe agir por 10 minutos e coe. Tome uma xícara nos dias da menstruação. O chá de gengibre pode ser tomado também durante todo o mês.(outro chá excelente é o de gengibre, canela e anis)

Como tomar os chás?

O chá pode trazer muitos benefícios à nossa saúde, porém é bom sempre ter cautela na hora da quantidade. Para fazer os efeitos benéficos e não ter efeitos desagradáveis, o ideal é que se tome no máximo 2 xícaras ao dia. Então você pode escolher uns 2 tipos de chá da sua preferência e tomar sem medo. Você também pode fazer apenas um tipo de chá, misturando os tipos de ervas.
E você, sofre com cólicas menstruais? O que faz para aliviar os sintomas?
Fonte: Beleza e Saúde