domingo, 17 de julho de 2016

5 hábitos que você jura que são saudáveis, mas na verdade fazem mal

                                                VGstockstudio/Shutterstock


Suas intenções podem ser as melhores e, claro, isso precisa ser levado em conta, mas alguns hábitos que você aprendeu na infância, segue até hoje e até passa para os filhos podem, sem você saber, ser prejudiciais à saúde. Confira uma lista elaborada pelo site "Prevention" de coisas que você jura que são saudáveis, mas na verdade fazem mal:

Hábitos prejudiciais à saúde pouco conhecidos

1. Agachar sobre vaso sanitário de banheiro público é uma tentativa válida de ficar livre de germes e bactéria, mas a posição, além de poder provocar acidentes, ainda pode aumentar os riscos de infecção urinária, pois o agachamento contrai os músculos pélvicos evita o total esvaziamento da bexiga. O ideal é apenas forrar o assento com papel higiênico.


2. Se você corre para o banheiro para escovar os dentes imediatamente após as refeições, saiba que o hábito pode contribuir para a corrosão do esmalte do dente depois do contato com alimentos mais ácidos. Especialistas recomendam esperar entre 30 e 60 minutos após comer para realizar a higiene bucal.


Publicidade
3. Sabendo que o estresse e a ansiedade podem provocar diversos prejuízos para a saúde, você se deita no sofá depois do trabalho e tenta relaxar vendo vídeos, lendo ou mandando mensagens pelo smartphone ou tablet. O hábito, porém, pode atrapalhar o sono, já que a iluminação de aparelhos eletrônicos afeta a produção de melatonina, o hormônio do sono.


4. Ciente da importância do sono, mas incapaz de dormir a quantidade indicada por médicos todas as noites, você tenta "compensar" as horas perdidas dormindo até mais tarde nos finais de semana. Não é possível garantir essa reposição e, se transformado em hábito, pode bagunçar o relógio biológico, criando uma bola de neve que vai prejudicar sua saúde.


5. Você lava semanalmente as fronhas da sua roupa de cama, acreditando que, assim, está livre de bactérias e ácaros. A limpeza, de fato, é importante, mas não será eficaz se você não higieniza também o próprio travesseiro. Especialistas indicam que as almofadas sejam lavadas com água quente pelo menos uma vez por mês.

Fonte: Bolsa de Mulher - Escrito por Paulo Nobuo

Nenhum comentário:

Postar um comentário