terça-feira, 6 de setembro de 2016

Menstruar e ter menopausa mais tarde aumentam chance de viver até os 90

Estudo avaliou dados de 16 mil mulheres, acompanhadas por 21 anos.
Menstruar com 12 e ter menopausa com 50 ou mais aumentam longevidade.


Ter menopausa com 50 anos ou mais pode aumentar chance de chegar aos 90 anos  (Foto: Burger/Phanie/Arquivo AFP)


Mulheres que têm o início da menstruação e da menopausa mais tarde na vida têm mais chances de chegar aos 90 anos, segundo um estudo da Universidade da Califórnia em San Diego.


Para chegar à conclusão, os pesquisadores avaliaram dados de cerca de 16 mil mulheres que participam da pesquisa Women's Health Initiative (WHI), iniciativa para estudar mulheres na fase pós-menopausa. Elas foram acompanhadas por 21 anos.


A pesquisa concluiu que as mulheres que começaram a menstruar mais tarde tiveram menos risco de desenvolver alguns problemas de saúde, como doenças coronarianas. Além disso, aquelas que entraram na menopausa mais tarde tiveram mais chances de apresentar uma saúde excelente.


Mulheres com esse perfil também apresentaram menor probabilidade de serem fumantes ou terem um histórico de diabetes. "Fatores como o fumo podem danificar o sistema cardiovascular e os ovários, o que pode resultar em uma menopausa precoce. Mulheres com menopausa tardia e uma vida reprodutiva mais longa podem ter um risco diminuído de doenças cardiovasculares, diz Aladdin Shadyab, um dos autores do estudo.

"Nosso estudo descobriu que mulheres que começaram a menstruar com 12 anos ou mais e entraram na menopausa, tanto naturalmente quanto cirurgicamente, com 50 anos ou mais e tiveram mais de 40 anos de vida reprodutiva tiveram chances maiores de viver até os 90 anos", afirmou Shadyab.


 Do G1, em São Paulo

Nenhum comentário:

Postar um comentário