terça-feira, 6 de setembro de 2016

O comprimido partido perde o efeito?

Você não encontrou a dosagem correta da medicação prescrita pelo médico e quer saber se o comprimido partido perde o efeito? Fique atento à eficácia do princípio ativo das partes!


A recomendação é clara: comprimidos não devem ser quebrados. Mas por quê? O motivo é simples, as partes partidas têm diferença de peso. “Por isso, não contêm a mesma quantidade de seu princípio ativo.


 Dessa forma, o usuário pode ingerir diferentes doses em momentos distintos”, esclarece Ademir Valério, presidente da Associação Nacional de Farmacêuticos Magistrais (Anfarmag).

A consequência é o prejuízo do tratamento: o paciente pode estar consumindo dosagem diversa da prescrita pelo médico. Valério acrescenta que se os comprimidos são de liberação prolongada (veja na bula), não devem ser partidos ou mastigados, pois suas propriedades deveriam ser absorvidas aos poucos. 

Caso seja necessário, o médico pode solicitar às farmácias de manipulação a preparação de doses de fármacos indisponíveis no mercado. Com isso, o especialista trará mais segurança ao tratamento do paciente.

Fonte: Viva Saúde - Por Letícia Ronche | Foto Shutterstock | Adaptatação Kelly Miyazzato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário