quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Prefeitura e Globo gastarão milhões de ‘indenização’ por morte de Domingos Montagner

Domingos Montagner morreu aos 54 anos
Tragédia é tragédia, e ninguém consegue prever quando acontecerá. A morte de Domingos Montagner na semana passada, vítima de afogamento no Rio São Francisco, é uma tragédia.

Mas Domingos era funcionário de uma grande empresa, estava viajando a trabalho quando morreu em um local perigoso, sem sinalização nem segurança por parte dos órgãos envolvidos.


Talvez não seja ainda a hora de caçar os responsáveis, mas a Justiça já está atrás deles.

O MPF (Ministério Público Federal) solicitou à prefeitura de Canindé de São Francisco (Sergipe) que haja uma indenização coletiva pela morte do ator.
Além de um monumento em homenagem ao artista, o MPF pede que seja construída uma escola de circo na região, arte pela qual Domingos era apaixonado. Ele veio do circo.


A ideia é que a "indenização" envolva um projeto social desse gênero na região, envolvendo a construção também de um teatro na região, que deve ganhar o nome do ator. A Justiça também quer que local do acidente seja sinalizado e volte a ter salva-vidas.


A Globo não foi envolvida pelo Ministério Público nessa questão, mas a família de Montagner já está sendo assessorada juridicamente e pode fazer um acordo com a emissora. O ator deixou mulher e três filhos pequenos.


Com contrato fixo e de longo prazo (2020), Domingos havia acabado de ser promovido para "protagonista" ao fazer a novela "Sete Vidas" e ao viver Santo dos Anjos em "Velho Chico". O ator passou a integrar o primeiro escalão de atores da emissora, onde estão os melhores salários, entre R$ 70 mil e R$ 100 mil (quando estão no ar).


A Globo está dando todo o suporte (financeiro e psicológico) à família do ator e deve honrar os pagamentos na íntegra do contrato de Domingos até o fim. Um acordo financeiro ( uma espécie de indenização) também pode ser proposto, para evitar um processo milionário, uma vez que ator estava viajando a trabalho quando morreu.


Procurada, a Globo diz que este momento tão doloroso está focada em adotar todas as medidas possíveis para confortar e apoiar os familiares do ator a enfrentar essa fatalidade, entre elas as de natureza legal.


Fonte: http://entretenimento.r7.com/blogs/keila-jimenez

Nenhum comentário:

Postar um comentário