sexta-feira, 14 de outubro de 2016

Superlua: entenda o fenômeno e por que ele acontece

Romolo Tavani/Shutterstock
Domingo, 16, é dia de convocar a família para assistir a um fenômeno emocionante: a superlua. A partir das 21 horas, corra para a janela e aprecie a lua, que estará cerca de 25 mil km mais próxima da terra. 


O fenômeno somente acontece no período de lua cheia, justamente quando o satélite está mais próximo da Terra. A isso, os astrônomos denominam perigeu lunar.


Apesar de ser rara, a superlua deve abrilhantar nossas noites outras duas vezes ainda neste ano: em 14 de novembro e 14 de dezembro. Anote na agenda!

Superlua: por que acontece?

Embora tenhamos a sensação de que, em períodos como esse, a lua fica com um volume maior, o tal do perigeu lunar é apenas um momento em que o satélite está mais próximo da Terra - geralmente, a distância entre terra e lua é de 384 mil km de distância. Durante o perigeu, a lua fica a a 358 mil km da Terra.


“Este fenômeno na verdade é uma ilusão de ótica”, explica José de Paula Silva, professor da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). “Devido aos pontos de referência, como prédios, a sensação é que a Lua está maior, quando atinge o Zênite, a linha imaginária que parte do observador e sempre aponta para o ponto mais elevado”.


Publicidade
Segundo astrônomos, o melhor horário para admirar essa fase da Lua é a partir das 21h.

Fonte: VIX - Escrito por Tiago Ferreira

Nenhum comentário:

Postar um comentário