terça-feira, 29 de novembro de 2016

Moleira, pele sensível e mais: o que levar em conta antes de colocar faixinha no bebê?

YOURAPECHKIN/ISTOCK
Antes de encher o bebê de penduricalhos e acessórios, como adereços de cabelo, fitinhas e faixas para cabeça, é importante prestar atenção em alguns detalhes.
Dependendo da força do elástico, se fizer algum tipo de compreensão persistente e intensa que seja tão desconfortável, outros sintomas podem aparecer, como a irritação e o vômito.

Que detalhes observar?

Embora não causem grandes prejuízos, além do desconforto físico e estresse temporário, a faixa no bebê e outros enfeites de cabeça precisam ser usados com cuidado e de maneira comedida. Tudo porque a pele do bebê ainda é muito frágil e sensível.
Por isso, o ideal é que os acessórios de cabelo sejam feitos de algodão, tecido que causa menor irritabilidade, não deixem nenhuma marca na testa ou couro cabeludo do bebê e ainda não contenham pedras, brilhos ou outros apliques que eventualmente possam se soltar e causar engasgamento.
COY_CREEK / SHUTTERSTOCK
Para os pais que ainda sentirem necessidade e fazem questão de enfeitar o bebê com faixas de cabeça e grampinhos de cabelo precisam prestar atenção a qualquer sinal de desconforto, sejam marcas, mudança de coloração na pele, irritabilidade ou tosse e suspender o uso imediatamente.
Fonte: VIX - por JAQUELINE RODRIGUES

Wesley Safadão fala de carro de R$ 1,3 milhão: 'Faz seis meses que eu nem ando'

Cantor relembra aquisição de luxo em entrevista ao 'Programa do Gugu'
Wesley Safadão é um dos cantores mais bem pagos do país, chegando a faturar R$ 12 milhões por mês com shows e contratos publicitários. Dono de um jatinho de R$ 14 milhões e de um carro de luxo, avaliado em R$ 1,3 milhão, o cantor relembrou a aquisição do veículo. "O primeiro patrocínio bom que eu ganhei não passou nem na minha conta. Comprei uma Ferrari, mas faz seis meses que eu nem ando", contou Safadão no "Programa do Gugu", que vai ao ar na próxima quarta-feira (30).
Na entrevista, o cantor, que recentemente curtiu férias com a família na Disney, voltou a falar do desejo de aumentar a prole e ter gêmeos com a mulher, Thyane Dantas. "Eu tenho uma vontade, não só minha, mas da Thyane também, de a gente tentar fazer aquele procedimento para ver se consegue gêmeos. Eu queria mais uns cinco filhos", afirmou o músico, pai de Yhudy, de 6 anos, fruto de seu relacionamento com Mileide Mihaile, e de Ysis, de 2, sua filha com Thyane.
Safadão mira carreira internacional e grava DVD nos EUA
Em 2017, Safadão vai expandir sua carreira por outros países. O cantor vai se apresentar na Europa em fevereiro e gravar um DVD em Miami, nos Estados Unidos, em abril. Os fãs do artista poderão adquirir um pacote turístico, que oferecerá a possibilidade de fazer turismo e, ao mesmo tempo, curtir um show de Safadão, segundo o jornal "Extra". As opções variam de R$ 6 mil a R$ 10 mil mais taxas de embarque, que não estão incluídas, para passar quatro dias no local. Para não fazer feio na nova fase, o cantor se prepara com aulas de inglês. "Ainda tenho que treinar um pouquinho. Apresentar músicas em inglês é um pensamento legal que tenho. Se Deus quiser, vai acontecer! Mas preciso trabalhar mais para isso", admitiu à publicação.
Fonte: Purepeople -(Por Caroline Moliari)

Origem das Expressões

Lua de Mel

A expressão vem do inglês honeymoon. Na Irlanda, na Idade Média, os jovens recém-casados tinham o costume de tomar uma bebida fermentada chamada mead – ou hidromel, composta de água, mel, malte, levedo, entre outros ingredientes. O mel era considerado uma fonte de vida, com propriedades afrodisíacas. A bebida deveria ser consumida durante um mês (ou uma lua). Por essa razão, esse período passou a ser chamado de “lua de mel”.

Casa da mãe Joana
A expressão “casa da mãe Joana” alude a um lugar em que vale tudo, onde todo mundo pode entrar, mandar, uma espécie de grau zero de organização. A mulher que deu nome a tal casa viveu no século 14. Joana era condessa de Provença e rainha de Nápoles (Itália). Teve a vida cheia de confusões. Em 1347, aos 21 anos, regulamentou os bordéis da cidade de Avignon, onde vivia refugiada. Uma das normas dizia: “o lugar terá uma porta por onde todos possam entrar”. “Casa da mãe Joana” virou sinônimo de prostíbulo, de lugar onde impera a bagunça.
Chegar de mãos abanando
A origem mais aceita para a expressão está relacionada com os imigrantes que chegavam ao Brasil no século 19. Eles costumavam trazer da Europa ferramentas para o cultivo da terra, como foices e enxadas, além de animais, como vacas e porcos. Uma ferramenta poderia indicar uma profissão, uma habilidade, demonstrava disposição para o trabalho. O contrário, chegar de mãos abanando, indicava preguiça. Atualmente, quando uma pessoa vai a uma festa, mandam os bons modos que leve um presente. Se não o faz, diz-se que “chegou com as mãos abanando”.
 Fonte: Só Português

Sexo 1 vez por semana é suficiente para felicidade conjugal, diz estudo

                                              Imagem ilustrativa

Fazer sexo apenas uma vez por semana é o suficiente para ter um nível ótimo de felicidade entre os casamentos heterossexuais ou as relações de casal de longo prazo, segundo um estudo.

Os pesquisadores tomaram como base mais de 30 mil norte-americanos durante quatro décadas, segundo detalhes do estudo publicado na revista especializada “Social Psychological and Personality Science”.

“Embora sexo mais frequente esteja associado a maior felicidade, esta relação já não é significante numa frequência maior do que uma vez por semana”, disse a pesquisadora Amy Muise, psicóloga social da Universidade de Toronto-Mississauga.

“Nossas descobertas sugerem que é importante manter uma conexão íntima com o parceiro, mas não é necessário fazer sexo todos os dias para isso”, acrescentou.

Os pesquisadores observaram que a intenção do estudo não é mostrar uma relação de causa e efeito, pois ainda falta determinar se a felicidade leva a ter uma relação sexual por semana ou ocorre em sentido contrário. O estudo também foi limitado a pessoas com parceiros fixos.

“De fato, não existe associação entre a frequência do sexo e o bem-estar das pessoas solteiras”, disse Muise.

Os resultados do estudo também foram consistentes entre grupos etários, gênero e duração da relação – quer fosse meses ou décadas.

Muise informou que os casais devem debater se suas necessidades sexuais são satisfeitas, em vez de simplesmente pressionar para fazer mais sexo.

“O importante é manter uma conexão íntima com o parceiro sem colocar muita pressão em manter relações sexuais com a maior frequência possível”, afirmou.

Fonte: Do G1 – BEM Estar / Via Jair Gomes

Zezé e Luciano são condenados a pagar R$ 2 milhões a músico

                                        Divulgação

Zezé Di Camargo e Luciano foram condenados a pagar indenização de R$ 2.676.394,24 ao ex-sanfonista Elias Flores Rezende. O músico entrou na Justiça depois de sofrer um acidente quanto viajava no ônibus da dupla.
Após o ocorrido, o profissional alegou que foi demitido e não teve seus direitos – como carteira assinada, férias, 13º salário – pagos, segundo o jornal “Extra”.
Após a sentença, os advogados dos músicos ofereceram um acordo de R$ 1.750.000,00 pagos parceladamente. Elias aceitou o trato.
Além da indenização, Zezé e Luciano ainda precisam desembolsar R$ 35 mil para pagar o custo do processo.
O processo estava na Justiça desde 2010. Em 2007, Elias teve traumatismo craniano após o acidente na estrada de Uberlândia, Minas Gerais, e perdeu toda a audição e o labirinto do lado direito.
O músico chegou a vencer em primeira instância, mas a dupla recorreu da decisão. Na ocasião, a Justiça fixou a quantia de R$ 750 mil por danos morais e materiais.
Fonte: Famosidades por Tatiana Mariano

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

O que acontece quando se “espirra para dentro”?

O espirro é destinado a expulsar os germes ou substâncias irritantes, por isso, reprimi-lo, pode eventualmente causar infecções e até mesmo ferimentos internos das vias aéreas
Estamos no trabalho ou no metrô e queremos espirrar, mas nos dá constrangimento que todo mundo nos ouça. Então o que fazemos? Espirramos para “dentro”!

Com certeza você sabe o que queremos dizer: quando você pressiona o nariz com os dedos ou fecha a boca para evitar que o som ressoe em todos os cantos.

Mas você sabia que isso não é bom para sua saúde? Neste artigo, vamos revelar as razões e também como deve ser “um bom espirro” para que cumpra o seu papel e não tenha efeitos negativos sobre o seu corpo.

Por que e como nós espirramos?

Este é um mecanismo de defesa que o corpo (mais especificamente, do sistema respiratório) usa para expelir o ar dos pulmões através do nariz ou da boca. É um reflexo ou ato convulsivo que ocorre quando há irritação.

Por conseguinte, causa uma forte e rápida inalação de ar que passa pelos pulmões em pouco tempo. Os músculos abdominais fazem com que o diafragma suba repentinamente para que a pressão no pulmão não aumente, e a faringe se abre.
Nessa altura, o ar sai “disparado” com violência…. E pode chegar de, 60 a 150 km/hora, no mínimo!

Este é também é um reflexo para evitar danos nos globos oculares, quando aumenta a pressão nasal, para evitar que os germes da saliva entrem em contato com as mucosas superiores que podem causar uma infecção.Outra curiosidade dos espirros é que quando o ar é expulso não conseguimos manter os olhos abertos (preste atenção e você vai notar isso).

Existem diferentes razões pelas quais espirramos:
  • Resfriados, gripes e catarros (nariz muito congestionado).
  • Reações alérgicas (reação a uma substância).
  • Contato com o sol.
Um dos fatos surpreendentes sobre os espirros é que eles quase nunca “vêm sozinhos”. O que isso significa? É provável que, quando o primeiro aparece em seguida, se repita por várias vezes.

Isto pode variar e, em algumas pessoas, é normal expelir o ar até dez vezes.

Isso acontece quando todo o ar que tem sido acumulado não conseguiu sair dos pulmões ou quando a substância que desencadeou a espirro ainda não desapareceu. Isso significa que o primeiro não foi capaz de fazer o seu trabalho como deveria ou não teve força.

Por isso, crenças que indicam, por exemplo, que, se você espirrar três vezes receberá um presente e quem estiver próximo deve dizer “saúde, dinheiro e amor” em cada expulsão de ar.

É errado “espirrar para dentro”?

Suprimir espirros é muito comum, porque nos dá um pouco de vergonha ficar expulsando nossa saliva, e os germes por todo o lado. Talvez quando éramos pequenos nos foi dito que isso era má educação ou simplesmente não gostamos da sensação que nos provoca.

Por exemplo, suprimir o espirro produz o efeito oposto ao do que supostamente deveria cumprir: partículas irritantes não vão para fora, mas para dentro. A força do ar que atua contra os tecidos do nariz pode causar danos aos vasos nasais e às veias.No entanto, estudos médicos afirmam que evitar que o ar saia do nariz ou pará-lo um pouco antes de ser eliminado pode ser prejudicial para a nossa saúde.


Patógenos ou substâncias irritantes podem passar a outras zonas áreas mais internas do nariz, ouvido médio, seios paranasais, etc… Ou seja, eles podem aumentar sua população e causar infecções.

Repercussões sobre o sistema respiratório

Quando o espirro é suprimido há um aumento da pressão no sistema respiratório.Os danos mais comuns estão relacionados com rupturas vasculares, hemorragias nasais, sangramento nos tímpanos ou conjuntivite ocular.

Por sua vez, provoca inflamação nas fossas nasais e tímpanos, dor de cabeça e ouvido e inclusive alterações na audição. Talvez tenha acontecido que se tamparam seus ouvidos ou você se sentiu um pouco tonto. Esse é também é resultado de reprimir espirros.
E se a sala estiver cheia de pessoas? Uma das razões por que “seguramos” a vontade de espirrar é porque não queremos incomodar ou causar inconveniente para aqueles que nos rodeiam.
É claro que não devemos ir aos extremos, causando explosões de saliva e germes por todos os lugares… Mas há um meio termo entre isso e impedir os espirros. Como? Cobrindo a boca e o nariz com um lenço de papel.

Dessa forma, você vai permitir que o ar e micro-organismos saiam de seu corpo e evitará infectar outras pessoas.

Outra opção muito útil (embora não se tenha 100% de certeza de sua eficácia) é espirrar na dobra do cotovelo.

Depois de descartar os lenços e o episódio de espirros passarem (pelo menos por um momento) é essencial lavar suas mãos para remover quaisquer bactérias remanescentes e vírus.

Faça isso com água quente e sabão durante 20 segundos, especialmente antes de comer.
Deste modo evitará a propagação de diversas doenças tais como:
  • Gripe
  • Resfriado comum
  • Bronquiolite
  • Hepatite A
  • Diarreia infecciosa
Fonte: Melhor com Saúde

domingo, 27 de novembro de 2016

Bom domingo !!!!

Uma excelente semana para todos !!
Bom dia !

Quem tem melhor memória - homem ou mulher?

Há indícios de que seja necessário ligar a memória para nos lembrarmos das coisas que precisamos.

Memória feminina

As mulheres sempre reivindicaram uma capacidade superior à dos homens para se lembrar das coisas - elas se lembram mais e por mais tempo do que os homens.

De fato, um comparativo entre diversas faixas etárias mostra que elas têm razão: Até a meia-idade, as mulheres superam os homens de idade equivalente em todas as medidas de memória.

A ressalva é que a memória feminina diminui à medida que termina seu período de menopausa. Além disso, as mulheres estão desproporcionalmente em maior risco de comprometimento da memória e de desenvolverem demência do que os homens.

A perda de memória, infelizmente, é uma consequência bem documentada do processo de envelhecimento: Estimativas epidemiológicas sugerem que aproximadamente 75% dos idosos relatam problemas relacionados à memória.

Memória depois da menopausa

Apesar dos prognósticos contrários, as mulheres de meia-idade ainda superam seus equivalentes masculinos com idade semelhante em todas as avaliações de memória.

Além de comparar as diferenças por sexo, o estudo também mostrou que as mulheres antes e durante o período da menopausa superam as mulheres pós-menopáusicas em uma série de áreas importantes ligadas à memória.

Declínios nos níveis de estradiol nas mulheres pós-menopáusicas foram especificamente associados com taxas mais baixas de aprendizagem e recuperação de informações, ainda que o armazenamento e consolidação da memória se mantivessem.

"O 'nevoeiro cerebral' e queixas de problemas de memória devem ser levados a sério. Este estudo e outros mostraram que estas queixas estão mesmo associadas com déficits de memória," disse a Dra. JoAnn Pinkerton, da Sociedade Norte-Americana de Menopausa.


Via professor José Costa

Lindo !!!


Não é à toa que sua memória funciona melhor em dias de chuva; entenda relação

ERHUI1979/AQABIZ/ISTOCK
De zero a dez, qual nota você dá à sua memória? Tem gente que se lembra de tudo na ponta da língua. Outras pessoas, em compensação, perdem muitos minutos tentando se lembrar de algumas coisas. Mas, todas elas têm uma coisa em comum: em dias frios e chuvosos, todas se lembram de tudo!
Ao menos é isso o que acredita uma pesquisa feita pela Universidade de Nova Gales do Sul, na Austrália, que revelou que a memória fica melhor em dias frios e chuvosos do que em dias ensolarados.

Frio e chuva faz bem para a memória

Segundo o estudo publicado no periódico científico de psicologia Journal of Experimental Psychology, o clima realmente pode influenciar a habilidade das pessoas em lembrar os acontecimentos.
A pesquisa testou cerca de 73 voluntários, compradores de jornais e livros de uma papelaria em Sydney. Foram duas semanas de avaliações, feitas nos mesmos horários. Os estados de ânimos eram reforçados com músicas felizes ou tristes ao fundo da loja, de acordo com o clima do dia.
Eles ficavam em torno de 5 minutos dentro da loja, onde podiam observar 10 objetos dispostos aleatoriamente pelo local. Os resultados mostraram que, em dias chuvosos, os participantes conseguiram se recordar corretamente dos itens três vezes mais.
Publicidade
A teoria concluiu que as pessoas tendem a ficar mais felizes e animadas em dias ensolarados, e menos focadas ao seu entorno, diferente dos dias frios e chuvosos, quando têm maiores propensões a ficarem tristes e amuadas.
Fonte :VIX - por Patrícia  Beloni

Aprenda com a ciência do cérebro como comer somente o que você precisa

PLANET FLEM/ISTOCK
                                         

Além de disciplina, uma boa dose de força de vontade é essencial para manter uma alimentação equilibrada e fugir de tentações que atrapalham a saúde e a dieta. Educar a mente talvez seja, de fato, a parte mais difícil do processo, mas entender a ciência do cérebro pode ajudar a fazer com que você coma somente o que realmente precisa.
Em um recente artigo para a revista Forbes, Peter Ubel explica que uma parte do cérebro chamada de córtex pré-frontal lateral dorsal esquerdo é uma região importante de controle que nos afasta de comportamentos indesejados.

Mudanças simples que ajudam na dieta

LIGHTSPRING/SHUTTERSTOCK
                                                   
Em trabalhos científicos, quando a área cerebral é desativada, as pessoas se mostram mais propensas a se entregar, por exemplo, a grandes quantidades de comidas pouco saudáveis. Com base nas análises obtidas em estudos, os pesquisadores acreditam que existem duas maneiras simples de controlar os impulsos.
A primeira seria praticar exercícios físicos, pois as atividades poderiam desempenhar no cérebro um importante papel na contenção de desejos alimentares. Ou seja, você encontra agora mais um motivo para iniciar uma rotina de treinos.
Outra maneira seria basicamente tentar ficar longe de estímulos que instigam a vontade de comer em excesso opções que não caibam na dieta. O velho ditado de que o que os olhos não veem o coração não sente pode ser aplicado. Cheiros de alimentos calóricos ou mesmo o contato visual com eles já seriam capazes de aumentar o desejo que pode atrapalhar sua perda de peso.
Fonte: VIX - PorPaulo Nobuo

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Marido de Maju lembra boatos que a apontavam como affair de Bonner: 'Não afetam'

Durante o lançamento do livro da atriz no Rio, 'Entrando no Clima', Agostinho Paulo de Moura lembrou o episódio


Maria Julia Coutinho lançou nesta terça-feira (22) seu livro, "Entrando no Clima", na Livraria da Travessa, no Leblon, Zona Sul do Rio de Janeiro. Durante o evento, o marido da jornalista, Agostinho Paulo de Moura, lembrou os boatos que cercaram a mulher após o anúncio da separação de William Bonner e Fátima Bernardes.

"Não sinto ciúme dela. Já imaginei que fossem apontar a Maju como pivô da separação do Bonner. Assim que eles anunciaram, nós conversamos sobre o assunto", contou sobre a garota do tempo no "Jornal Nacional", a quem não poupou elogios durante depoimento recente no "Mais Você".

Segundo Agostinho, que apoiou Maju após os ataques racistas sofridos pela jornalista nas redes sociais no ano passado, tais especulações não mudaram o cotidiano do casal. "As pessoas imaginam demais. Não nos preocupamos com esse tipo de coisa. Não nos afeta", garantiu.

Jornalista ganhou homenagem de Gloria Maria: 'Talentosíssima'

Quem também usou as redes sociais para homenagear Maria Júlia foi Gloria Maria : em sua conta no Instagram, a apresentadora do "Globo Repórter" não poupou elogios à amiga. "Felicidade. É um sonho se realizando ver a Maju brilhando no 'Jornal Nacional'. Linda. Talentosíssima. Carismática. Não é uma questão de cor e sim de competência. Orgulho de ver esta menina sendo premiada. Reconhecida. Nossos ancestrais estão em algum lugar aplaudindo. Comemorando. E nós também. Nossa força vem do amor, da alegria, do respeito, da ausência de qualquer preconceito. Amigas e parceiras sempre. Parabéns, Maju", escreveu. 

Fonte:.PurePeople -(Apuração de Carmen Lúcia e texto de Marilise Gomes)

Misturinha de mamão e água de arroz acaba com manchas na pele; aprenda

Wagner Campelo/Shutterstock
                             
O mamão é uma fruta que tem propriedades clareadoras e, por isso, pode ser um aliado nos cuidados caseiros para tirar manchas da pele.


Segundo o dermatologista Alberto Cordeiro, o mamão pode ser utilizado puro, amassado e aplicado na pele. Mas há uma forma de potencializar ainda mais o efeito: em uma mistura simples e baratinha, com outro item que é muito indicado para acabar com as manchas: a água de arroz.

Guiyuan Chan/shutterstock
                                  

Máscara caseira para manchas na pele

Para fazer a água de arroz, basta deixar o arroz de molho em um copo de água por 12 horas e coar em seguida.


Triture um mamão pequeno, com um garfo ou no liquidificador, até ficar com a consistência pastosa. Acrescente a água, fazendo uma máscara.


Depois, aplique a mistura no rosto ou nas partes onde há manchas no corpo, deixe agir por 20 minutos e enxágue.

Fonte: VIX - Escrito por Mariana Bueno

Você acha que o tempo está passando rápido demais? Ciência explica a razão

                                              Fandijki/istock


Você piscou e pronto: já tem panetone no mercado e árvores de natal para todo lado. Mais uma piscada e... o ano novo já passou e agora chegou a vez dos ovos de páscoa. Mas o que está acontecendo? Por que o tempo está voando?

Diversos estudos já tentaram descobrir o que causa a sensação do tempo passar mais rápido do que antes. A maior parte deles afirma que tudo está relacionado com a idade: quanto mais velho você fica, maior a impressão de que o tempo voa.

Por que o tempo passa rápido?

De acordo com uma pesquisa da Universidade de Munique, a idade interfere, ainda que levemente, na percepção do tempo. Mas outros fatores também influenciam, como o aumento das responsabilidades familiares e das atividades profissionais, além do estresse do dia a dia.


Quanto mais coisas acontecem na vida, maior a sensação de velocidade e da falta de tempo para realizar as tarefas. Essa impressão está diretamente ligada aos comportamentos relacionados à idade, ao contexto social e às influências culturais.

O estudo analisou pessoas entre 14 e 94 anos e questionou o quão rápido o tempo passava para elas, o quão rápido elas esperavam que a próxima hora passasse e o quão rápido os últimos 10 anos se passaram, e percebeu que com a idade avançada, as pessoas prestam menos atenção no tempo.

Publicidade
As perspectivas de tempo (concepção de passado, presente e futuro), a estimativa de tempo (habilidades de mensurar o tempo do relógio) e a noção de tempo (impressão do tempo passar rápido ou devagar) mudam ao longo da vida.
Por isso, os que já completaram entre 20 e 59 anos são os que mais falam sobre a velocidade do tempo e têm mais tendência a achar que a vida está passando rápido demais. Depois dessa idade, a sensação dá uma trégua, justamente porque o estilo de vida e a forma de enxergar os acontecimentos mudam.

Isso também acontece porque a dopamina, um hormônio que estimula a mensuração do tempo, também diminui com a idade. Por volta dos 20 anos, o nível cai, o que faz com que o tempo pareça passar mais rápido.

Mas é importante frisar: cada cérebro constrói uma experiência subjetiva da passagem do tempo. É o chamado “efeito de dilatação do tempo”, termo que foi estudado em uma pesquisa da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos.

Este estudo realizou vários testes com voluntários e descobriu que cada pessoa tem sua forma de perceber o tempo, mas que quanto mais velho você fica, maior a tendência em achar que nunca há tempo suficiente para você fazer suas coisas.

Fonte: VIX - Escrito por Patrícia Beloni

terça-feira, 22 de novembro de 2016

Por que algumas pessoas tem esse buraquinho extra na orelha?

Você com certeza já deve ter reparado que algumas pessoas têm um buraquinho pequeno no topo da cartilagem da orelha, no lugar que “cola” as orelhas ao rosto. Não, isso não são restos de um piercing, nem um furo que foi feito acidentalmente.


Apenas 0,1% da população dos EUA tem esse furinho, no Reino Unido a estatística é de 0,9% na África e Ásia varia de 4 a 10% das pessoas e na Coreia do Sul, esse número ultrapassa 5%.


Mas o que realmente é isso? Na verdade é uma desordem congênita, chamada seio pré-auricular, assim como as covinhas. Apesar de ser completamente inofensivo, em si, ele pode acabar infeccionando se alguma coisa estranha entrar ali. Alguns cientistas acreditam portanto que esse é um resíduo evolutivo, isso porque essa estrutura é encontrada em todos os seres vertebrados durante o desenvolvimento embrionário. Nos mamíferos, elas formam as estruturas da cabeça e pescoço, e nos peixes elas são responsáveis pelas guelras.


O biólogo Neil Shubin então fez uma conexão realmente estranha, segundo ele os buracos poderiam ser “sobras remanescentes das brânquias dos peixes”. Claro, isso é atualmente uma teoria que não foi cientificamente testada. Mas, no entanto, quando você pensa que ainda temos “ossos do rabo” (cóccix) e apêndices dos nossos antepassados evolutivos, certamente essa teoria não é impossível.

Curiosidade: Na Etiópia esse furinho quer dizer que você vai ficar rico um dia.

Fonte: Fatos Desconhecidos

Casa pega fogo após Iphone explodir enquanto carregava

                                                Foto: Reprodução


Após deixar seu celular carregando a noite toda, o quarto de Caitlin Rae Durant, de 15 anos, pegou fogo. O caso ocorreu em North Wales, no Reino Unido.

De acordo com o “Metro”, Durant teria colocado seu Iphone para carregar antes de dormir, no entanto, após ficar superaquecido, explodiu, provocando fogo em todo o cômodo. Por essa razão, a família ficará afastada da casa por cerca de 6 meses.

O incêndio serviu de exemplo para que o corpo de bombeiros alertasse os moradores. “Desligue os carregadores e desconecte-os antes de ir para a cama. Nunca deixe itens sob carga ou desacompanhados por longos períodos”, disse o gerente sênior de segurança contra incêndios na cidade, Stuart Millington.

Gemma Durant, mãe de Caitlin, comentou o caso: “O andar de baixo foi inundado devido ao volume de água que teve de ser bombeado para extinguir o fogo. Tudo sofreu danos também pela fumaça. No momento estamos aguardando para ver se os especialistas encontram alguns itens que puderam ser salvos e poderão ser restaurados”.

Fonte: Repórter Diário

Luz do celular é altamente prejudicial para seu cérebro e corpo: saiba o que acontece

                                             Acreative/shutterstock


Além de provocar dores no pescoço, problemas de coluna, postura e visão, o uso excessivo de celular ainda pode ser prejudicial ao cérebro e ao resto do corpo somente por causa da luz que emite. Você pode não perceber no dia a dia, mas a iluminação é tão forte que brilham até sob os raios solares.

Usar celular antes de dormir faz mal para a saúde

Mas é à noite que o brilho das telas dos smartphones pode causar danos ainda maiores. Naturalmente nosso organismo segue um ciclo que nos ajuda a permanecer acordados durante o dia e descansar no período noturno, mas quando ficamos muito tempo exposto à luz do celular antes de dormir, por exemplo, nosso cérebro fica confuso e os efeitos, a longo prazo, podem ser bastante prejudiciais.

Por ter efeito semelhante à luz do sol da manhã, a iluminação do celular faz com que o cérebro pare de produzir melatonina, um hormônio que indica o corpo que é hora de dormir. Ao interromper a produção de melatonina, ocorre uma confusão no ciclo de sono e uma espécie de jet lag artificial que dificulta o descanso.

Efeitos da luz do celular sobre o organismo

Por atrapalhar o sono, a iluminação do smartphone, a longo prazo, afeta o descanso pleno, prejudicando assim o aprendizado, a memória, a concentração, trazer possíveis prejuízos à retina dos olhos e, segundo pesquisas iniciais, até mesmo levar a um quadro de catarata.

A falta de sono de qualidade ainda está relacionada a um aumento de risco de cânceres de mama e próstata, além de poder levar à depressão e até mesmo prejudicar o processo de emagrecimento, já que a melatonina é um dos hormônios que também fazem parte do controle do apetite.

Fonte: VIX - Escrito po rPaulo Nobuo

Homens do mundo todo estão aderindo a moda de usarem lingeries, Veja!

É cada dia mais frequente encontrar homens que aceitam e gostam da ideia de usar roupas íntimas com babados, calcinhas e até sutiã..
 
 
Foi se o tempo em que lingeries eram apenas exclusividade das mulheres. 
Muitos homens deixaram o preconceito de lado e se jogaram neste universo delicado e divertido.
 
  
O site australiano  Homme Mystere, que vende lingeries masculinas diz: “Fornecemos lingerie para homens e não nos preocupamos se você é gay, hetero, vegetariano, republicano, anglicano, marciano ou qualquer outra coisa. Nós apenas criamos e fabricamos lingeries atraentes e de luxo para os homens. São peças divertidas, caem bem e fazem com que a tarefa de usar roupas íntimas todos os dias seja bem mais agradável”. 
 

No Brasil, a marca HSMen’s Underwear também dá exclusividade para homens e, de acordo com seu site, preza pela individualidade de cada um.
Veja abaixo alguns exemplos: 
 
Fonte: Mulheres com Estilo