terça-feira, 29 de novembro de 2016

Moleira, pele sensível e mais: o que levar em conta antes de colocar faixinha no bebê?

YOURAPECHKIN/ISTOCK
Antes de encher o bebê de penduricalhos e acessórios, como adereços de cabelo, fitinhas e faixas para cabeça, é importante prestar atenção em alguns detalhes.
Dependendo da força do elástico, se fizer algum tipo de compreensão persistente e intensa que seja tão desconfortável, outros sintomas podem aparecer, como a irritação e o vômito.

Que detalhes observar?

Embora não causem grandes prejuízos, além do desconforto físico e estresse temporário, a faixa no bebê e outros enfeites de cabeça precisam ser usados com cuidado e de maneira comedida. Tudo porque a pele do bebê ainda é muito frágil e sensível.
Por isso, o ideal é que os acessórios de cabelo sejam feitos de algodão, tecido que causa menor irritabilidade, não deixem nenhuma marca na testa ou couro cabeludo do bebê e ainda não contenham pedras, brilhos ou outros apliques que eventualmente possam se soltar e causar engasgamento.
COY_CREEK / SHUTTERSTOCK
Para os pais que ainda sentirem necessidade e fazem questão de enfeitar o bebê com faixas de cabeça e grampinhos de cabelo precisam prestar atenção a qualquer sinal de desconforto, sejam marcas, mudança de coloração na pele, irritabilidade ou tosse e suspender o uso imediatamente.
Fonte: VIX - por JAQUELINE RODRIGUES

Nenhum comentário:

Postar um comentário