terça-feira, 13 de dezembro de 2016

6 doenças que você achava que só mulher podia ter, mas homem também desenvolve

Ulianvalentin/iStock
Por serem bem mais comuns entre o sexo feminino, algumas doenças podem ser consideradas exclusivamente das mulheres, mas, na verdade, também podem ser desenvolvidas por homens. A falta de informação pode atrapalhar diagnósticos e tratamentos e, por isso, ficar atento aos sinais é importante na hora de se consultar com um médico.

“Doenças de mulheres” que também afetam os homens

Câncer de mama

Embora seja até 100 vezes menos comum nos homens do que nas mulheres, mais de 2 mil novos casos de câncer de mama masculino são diagnosticados a cada ano. Assim como no sexo feminino, as causas são relacionadas a idade, histórico familiar, obesidade e consumo excessivo de álcool e obesidade.

Osteoporose

Em cerca de 80% dos casos a doença é apresentada em mulheres, mas o problema que afeta a saúde dos ossos também aparece entre os homens, mas em idade mais avançada, entre os 65 e 70 anos de idade. O impacto na saúde, porém, é semelhante: aumento no risco de fraturas, dores intensas e até perda de mobilidade.

HPV

Praticamente todas as pessoas sexualmente ativas de ambos os sexos serão infectadas pelo HPV (vírus do papiloma humano), mas, entre as mulheres, o problema é mais grave por poder provocar câncer cervical. No caso dos homens, eles poderão ficar mais vulneráveis ​​a vários outros cânceres ligados ao HPV, como o câncer de garganta, por exemplo.

Lúpus

Cerca de 90% dos pacientes que sofrem da doença autoimune são mulheres, mas o impacto do lúpus sobre a saúde masculina também é significativo. Por ser bem menos comum entre os homens, o diagnóstico pode demorar mais, já que os médicos não costumam desconfiar do problema de forma tão imediata.

Fibromialgia

Caracterizada por um desequilíbrio de produtos químicos no cérebro, a doença ainda é bastante misteriosa e, estima-se que 90% dos casos aparece entre as mulheres. A dor crônica é sintoma principal da condição, mas outras queixas, como fadiga crônica, insônia, dores de cabeça, síndrome do intestino irritável e síndrome das pernas inquietas também estão relacionados à fibromialgia.

Anorexia

Assim como outros distúrbios alimentares, a anorexia é realmente muito mais comum entre as mulheres, mas homens também podem sofrer com o problema, mesmo quando as causas são um pouco diferentes. Entre eles, a compulsão pela perda de peso está mais relacionada a uma suposta necessidade em melhorar desempenho atlético do que apenas uma preocupação estética, por exemplo.

Fonte: VIX - Escrito por Paulo Nobuo

Nenhum comentário:

Postar um comentário