quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Significado do peru no Natal: de onde surgiu a tradição?

DNY59/iStock
Apesar de serem marcadas por tradições familiares que podem variar bastante de acordo com os costumes dos lares, as ceias de Natal normalmente trazem alguns ingredientes básicos que reforçam a ideia de um jantar especial. Rabanada, panetone, frutas secas e, claro, o peru natalino são itens que raramente faltam na reunião.


Mas por que, afinal, o peru é considerado um dos pratos principais do Natal no Brasil? A origem da resposta está na tradição de um outro país, os Estados Unidos, que consome a ave no feriado de Ação de Graças.


Por que comemos peru no Natal?

O peru é natural das florestas da América do Norte e era domesticada e já consumida por índios norte-americanos, sendo considerado até como uma espécie de prêmio entre tribos que conquistavam e dominavam um novo território.

Especula-se que a primeira vez que o peru virou um prato comemorativo foi em 1621, quando peregrinos e nativos norte-americanos comemoraram uma grande colheita na época. A ave, robusta e composta por grande quantidade de carne, foi então considerada então um símbolo de fartura.

Fonte: VIX - Escrito por Paulo Nobuo

Nenhum comentário:

Postar um comentário