terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Como fazer trança espinha-de-peixe perfeita: 5 segredos para conseguir sozinha

Tranças são o jeito mais fácil e rápido de ganhar um visual romântico, terno e produzido nos cabelos. Seja em ocasiões formais e celebrações mais sofisticadas, ou em eventos corriqueiros, no trabalho ou lazer, aposte na delicadeza da trança espinha de peixe para surpreender.

Dicas para fazer trança “escama” ou “espinha” de peixe

1. Com os fios limpos e secos, separe o comprimento do cabelo em duas partes de cada lado. Para este trançado, você sempre vai trabalhar com duas partes de cabelo.

2. Se seu cabelo é de médio para longo, prefira fazer a trança na lateral. Ou seja, escolha um lado para fazer a trança e comece retirando sempre uma mechinha fina do lado externo de cada parte e cruze na frente formando sempre um "X" no centro.

3. Para facilitar, antes de começa a trançar, você pode amarrar o cabelo em um rabo de cavalo. Depois, é só dividir o comprimento em duas partes para fazer a trança de escama peixe. Quando terminar o trançado, solte o elástico do começo do rabo de cavalo.

4. Sempre separe uma mechinha menor da parte mais externa da divisão e, se possível, sempre do mesmo tamanho para que as “escamas” fiquem bem regulares.

5. No final do trançado, depois de amarrar com elástico, uma dica bastante bacana para dar estilo é abrir cada gominho da trançar para dar mais volume e ela ficar mais bonita.
Veja como é fácil de fazer:
 Aprenda como dar volume ao trançado:
Fonte: VIX - Escrito por Camila Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário