quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Solteiro ou casado? Estudo revela que estado civil pode aumentar ou diminuir chances de um derrame!


Casado(a), solteiro(a), divorciado(a), viúvo(a)...
Qual a sua condição?

Estamos perguntando isso porque o estado civil também é importante no quesito saúde.
Pelo menos é o que diz um estudo publicado no Journal of the American Heart Association.
Segundo esse estudo, as pessoas casadas têm menos risco de morrer de derrame do que as solteiras.

A diferença é de significativos 55%.
E tem mais: segundo a pesquisa, o risco de morte devido a um AVC em quem casou pela segunda vez é 22% maior – o mesmo de quem se divorciou-, ou seja, ainda menor que o dos solteiros


E os viúvos têm aumento de 32% na chance de morrer por um derrame - também menor que o dos solteiros.

Lógico que os números estão sujeitos a variações, principalmente porque um estilo de vida saudável nos previne de muitos problemas, inclusive derrame.

No entanto, quando analisamos a regra geral, os dados comparativos que trouxemos são bem reais.

Com isso, o estudo concluiu que, quanto mais relacionamentos rompidos uma pessoa tiver, maior é a chance de sofrer um AVC.

Se você acha que o assunto não é relevante, é bom entender que 1/3 dos derrames resulta em morte

E 15% das pessoas que chegam aos 80 anos de idade acabam tendo pelo menos um AVC.

A pesquisa foi muito satisfatória para seu líder, o cientista Matthew Dupre, da Universidade Duke.

Segundo ele, são estudos como este que nos ajudam a prevenir problemas de saúde e prolongar a nossa vida.


Se você ainda desconfia do resultado, saiba que a análise foi feita de forma muito responsável com 10 mil voluntários que tinham mais de 50 anos.

Tudo começou em 1992 e, a cada dois anos, os pesquisadores entrevistavam os homens e as mulheres de diferente estado civil.

Apesar dos problemas e dos estresses que a vida a dois acabam causando, tudo indica que o amor, os cuidados e a satisfação de estar com quem amamos são essenciais para uma vida longa e com saúde.

Cura pela Natureza

Nenhum comentário:

Postar um comentário