segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

6 benefícios incríveis de pular corda que você provavelmente não conhecia

Pular corda é uma forma muito efetiva, além de divertida, de nos mantermos em forma e otimizarmos nossa capacidade pulmonar, além de aumentar nossa resistência física.


Pular corda pode lembrar de alguns momentos de sua infância, mas a verdade é que é um dos exercícios cardiovasculares mais completos que você pode praticar.

Esta simples atividade que parece uma brincadeira de criança pode manter você em uma boa condição e aumentar consideravelmente sua resistência física.

Além disso, é o complemento perfeito de alguns esportes ou de rotinas de exercícios.


O melhor de tudo é que não precisa ir à academia, nem contar com máquinas, halteres ou nenhum outro tipo de elemento para ter bons resultados.
Só é necessária uma corda e vontade de se mexer e se divertir.

Pular corda, um exercício cardiovascular

Os exercícios cardiovasculares são muito importantes para manter uma boa saúde física. Neste caso, pular corda aumenta a frequência cardíaca, assim como quando caminhamos, corremos, subimos ou descemos escadas ou andamos de bicicleta.

Este tipo de exercício permite que o corpo use o oxigênio eficientemente, de modo que oferece benefícios ao coração, aos pulmões e ao aparelho circulatório.

Coordenação e movimento

Se você pulou corda de criança, deve-se lembrar de que este exercício exige coordenação e movimento.

  • Inicialmente é aconselhável praticar os movimentos do pé e do braço separadamente.
  • Comece segurando a corda em uma mão e os dois pés juntos.
  • Mova a corda ritmicamente e pule quando se aproximar de seus pés.

6 benefícios de pular corda que talvez não conheça

Além de ser simples e econômico, pular corda nos oferece muitos benefícios. Vejamos quais são:

1. Tonifica os músculos

Quando você pula a corda, todos os músculos de seu corpo trabalham, começando com o grupo muscular central, os superiores e os inferiores.

Os homens usam na parte superior dos bíceps e o trapézio para manter a corda em movimento constante. Esta prática endurece e tonifica estes músculos.
Por sua vez, o abdômen também contrai pela força dos pulos.

Dos grupos musculares inferiores, é evidente que o movimento coordenado das pernas e a corda gera tensão muscular, o que tonifica e desenvolve os quadríceps, glúteos, femorais e as panturrilhas.

2. Melhora a circulação sanguínea

O movimento gerado quando pulamos corda beneficia diretamente nosso sistema circulatório.


O coração trabalha para cumprir o bombeamento do sangue para todo o corpo de maneira eficaz. Igualmente, o faz circular pelas artérias, o que diminui o risco de sofrer um infarto ou uma parada cardíaca.

Aumenta a capacidade pulmonar

Ao pular corda nossos pulmões recebem maior quantidade de ar, o que ajuda se existirem problemas respiratórios.

Ainda assim, melhoramos nossa resistência física, o que permitirá nos exercitarmos por mais tempo, sem nos fatigarmos.

4. Queima calorias

Pular corda por 30 minutos queima, aproximadamente, 400 calorias assim como gorduras de todo o corpo. Isso transforma este exercício em um grande aliado quando queremos perder peso.

5. Eliminação de toxinas

Quando pulamos corda, expulsamos as toxinas de nosso corpo por meio do suor. Estes permitem que as células se regenerem e que funcionem de forma adequada.

6. Evita o estresse e melhora a atividade cerebral

Ainda que não seja provado cientificamente, diz-se que a coordenação necessária para pular a corda cria novas conexões neuronais.

Além disso, as endorfinas que são liberadas se fazemos esse exercício nos ajudam a relaxar e aliviam o estresse e a angústia.

Isso gera uma mentalidade positiva que aumenta as possibilidades de ter uma qualidade de vida melhor.

Alguns conselhos para pular corda

Ainda que pular corda seja um exercício fácil, é preciso tomar algumas precauções para evitar o impacto das articulações.

No momento de começar, o mais recomendável é fazer alguns alongamentos. Comece com pulos suaves e períodos curtos. Logo poderá ser capaz de pular mais rápido e por períodos mais longos.

Se você não está em forma, é normal que a princípio se sinta fadigado. O mais recomendável é que aumente o tempo pouco a pouco para ir ganhando mais resistência.

Outra recomendação é que combine pular corda com uma rotina de exercício de baixa intensidade. Podem ser aeróbicos ou pesos suaves: isso permitirá que possa pular por períodos mais longos.

Sem dúvida, este exercício é um dos melhores que você pode fazer ou adicionar em sua rotina.

Praticá-lo traz benefícios excelentes, por isso se tornou um dos preferidos dos amantes do fitness e atletas.
Imagem principal oferecida por © wikiHow.com

Fonte: Melhor com Saúde

Nenhum comentário:

Postar um comentário