quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Você sabia que as lágrimas nascem no cérebro? Entenda como elas são formadas

lightkeeper / Istock
Apesar de darem seus primeiros sinais nos olhos marejados e se mostrarem claramente quando escorrem pelo rosto, as lágrimas nascem no cérebro.


Há uma área cerebral especialmente dedicada à formação das lágrimas: o sistema límbico. Ele é o responsável pelo controle das nossas emoções.

Como surgem as lágrimas?

Os olhos são a porta de saída das lágrimas. Mas, muito antes de escorrem pelo rosto, as gotículas de água são estimuladas por uma série de glândulas e músculos do cérebro.

O sistema límbico, assim que experimenta situações dramáticas , sente necessidade de provocar o choro e, por isso, manda ao cérebro as informações que vão dar início ao processo de formação das lágrimas. 

As lágrimas de tristeza são idênticas àquelas que derramamos quando cortamos uma cebola, por exemplo, mas o mecanismo que as acionam são diferentes. No caso do “choro” provocado pelo alimento ou também quando bocejamos, apenas os estímulos mecânicos de um reflexo físico comandam a ação, sem qualquer ligação com as emoções.

Mas além do aspecto físico, questões psicológicas relacionadas à educação ou de ordem sociocultural também influenciam nos estímulos, explicando por que algumas pessoas choram mais do que outras. Quem é mais rígido, por exemplo, tem uma maior capacidade de controlar os impulsos que levam às lágrimas.

Fonte: VIX - Escrito por Paulo Nobuo

Nenhum comentário:

Postar um comentário