quarta-feira, 22 de março de 2017

Especialistas explicam por que casar-se pela segunda vez dificilmente dá certo

beijersbergen/shutterstock
Apesar da esperança de, finalmente, constituir uma união estável até que a morte provoque a separação, a segunda tentativa de casamento dificilmente dá certo, segundo estatísticas reunidas em pesquisas. Mas por que isso acontece?


Em uma recente reportagem do site Huffington Post, especialistas listam os principais motivos pelos quais o segundo casamento falha e dão dicas de como evitar e superar os problemas mais comuns em uniões que ocorreram após um divórcio.

Como fazer o segundo casamento dar certo

De acordo com um dos especialistas ouvidos pela matéria, um dos motivos clássicos pelos quais o segundo casamento dá errado é quando um dos parceiros ainda segue preso ao relacionamento anterior, independentemente do motivo. O fato costuma gerar desconfianças que minam a nova relação.

Manter constante contato com o antigo companheiro nas redes sociais ou mesmo pessoalmente, sem motivos razoáveis, pode provocar insegurança no atual parceiro e criar um ambiente propício a discussões e brigas frequentes que resultaram em um inevitável término.

Outro ponto bastante importante levantado pelos especialistas é a questão financeira. No segundo casamento, as pessoas normalmente são mais velhas e possuem maior independência profissional e econômica.


Conversar sobre a divisão de despesas e determinar responsabilidades é essencial para evitar desencontros futuros. Além disso, planos estabelecidos anteriormente ao relacionamento não devem ser abandonados em nome do casamento por imposição do parceiro para não provocar sentimento de frustração e decepção que custarão caro ao longo dos anos.

Para que o segundo casamento dê certo é importante também que um parceiro respeite a vida anterior do outro, especialmente se filhos de um antigo casamento sejam uma realidade. Entender que a pessoa deve exercer o papel de pai e mãe em sua plenitude e que o bem-estar das crianças é prioridade ajuda a evitar desentendimentos.

Por fim, é preciso ainda ter em mente que um novo casamento significa a construção de uma nova história, sem se esquecer do que viveu anteriormente para não cometer os mesmos erros. Casais que falam abertamente sobre seus passados têm maiores chances de compreender um ao outro e resolver pendências como culpa, medo e ciúmes que invariavelmente abalam a vida a dois.

Fonte: VIX-  Escrito por Paulo Nobuo

Nenhum comentário:

Postar um comentário