quarta-feira, 1 de março de 2017

Infecção urinária com sangue: é perigoso? O que significa? Médico diz se é preocupante

A infecção de urina com sangue é uma condição que, além de incomodar, causa preocupação. Caracterizada pela propagação de bactérias em alguns dos órgãos do sistema urinário, o problema geralmente atinge mulheres por causa da anatomia da uretra feminina, mais propensa à invasão e multiplicação de micro-organismos. A presença de sangramento muitas vezes é vista como um agravamento do quadro. Mas será que isso é verdade? Entenda a seguir.

Infecção urinária com sangue é grave?

 

De acordo com o urologista Octavio Campos, do Hospital Samaritano de São Paulo, a hematúria (presença de sangue na urina) na infecção urinária ocorre quando há lesão da mucosa da bexiga pela inflamação, mas não significa que o quadro foi agravado. Mesmo assim, o ideal é consultar um médico para evitar que a doença evolua.

Além da urina vermelha, a infecção urinária ainda pode causar ardência, vontade de fazer xixi mesmo com a bexiga vazia e odor fétido.

E com sangue coagulado?

De acordo com o especialista, a presença de coágulos no xixi significa que o sangue ficou armazenado na bexiga por um tempo maior do que o normal, o que levou à coagulação. Uma dica para evitar o problema, que pode obstruir a saída da urina, é aumentar o consumo de água a fim de estimular a saída desse sangue acumulado.

E com pus?

O pus na urina também pode ocorrer em casos de infecção urinária. Ele ocorre devido a presença de leucócitos, que são glóbulos brancos que ajudam a proteger e restabelecer a saúde do organismo. Apesar de parecer preocupante, a presença de pus não indica o agravamento da infecção.

Na gravidez

ESB Professional / Shutterstock

 

A mulher passa por diversas modificações no corpo durante a gestação, como a dilatação dos músculos do trato urinário e mudanças no sistema imunológico, que podem propiciar o aparecimento da infecção de urina com sangue.
De acordo com um artigo publicado na revista Femina, da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo), a infecção do trato urinário pode causar problemas como parto prematuro, baixo peso em recém-nascidos, paralisia cerebral, inflamação dos rins da mãe, entre outras consequências que colocam em risco a vida do bebê e da gestante.

Assim, como em qualquer sangramento na gravidez, deve ser procurado um médico logo nos primeiros incômodos, a fim realizar o diagnóstico correto e iniciar o tratamento o quanto antes.

Tratamento

O primeiro passo para o tratamento da infecção urinária é buscar ajuda médica, visto que urina com sangue e ardência também pode ser sintoma de outras doenças como cálculo renal, câncer de bexiga e aumento benigno da próstata. Assim, apenas um especialista poderá realizar o diagnóstico certeiro. 

Caso seja confirmada a infecção urinária, o tratamento é realizado com antibiótico. Além disso, algumas atitudes podem amenizar e prevenir a cistite, como tomar muita água, realizar a higiene adequadamente após cada evacuação (sempre da frente para trás) e não segurar a vontade de fazer xixi. 

Octavio Campos ainda indica suco de cranberry para tratar infecção urinária, visto que a fruta possui substâncias que impedem a permanência das bactérias na parede da bexiga.

Fonte: VIX- Escrito por Ligia Lotério

Nenhum comentário:

Postar um comentário