quarta-feira, 17 de maio de 2017

4 provérbios árabes para refletir

Os provérbios sempre nos deixam algum ensinamento ou reflexão que vale a pena analisar a fundo. Desta vez trazemos alguns provérbios árabes que podemos adotar como parte de nossa vida.

Seja pela importância que esta cultura teve em nossa história ou porque simplesmente trazem um grande ensinamento, vale a pena prestar atenção. Tome nota e não se esqueça destes provérbios árabes em seu dia a dia.

1. “Não fale se o que for dizer não for mais belo que o silêncio”

Este é o meu favorito dos provérbios árabes e a quantidade de vezes em que nos arrependemos logo depois de dizer algo é imensa. Nem sequer precisamos ter o desejo latente de machucar a outra pessoa. Muitas vezes sai algum comentário pouco amigável que não passou pelo filtro do coração.


Temos que passar os comentários pelo filtro do coração, o qual lhe dirá se é uma mensagem útil emocionalmente para quem a escuta. Inclusive, às vezes, passar cada palavra que dizemos pelo filtro da cabeça nos mostrará se ela é lógica ou não. Assim como guardar rancores não é saudável, também não devemos seguir pela vida dizendo coisas que ferem.

2. “A primeira vez em que você me enganar será culpa sua. A segunda será culpa minha”

Este é um dos provérbios árabes dos quais tento lembrar a todo momento, principalmente quando se refere aos relacionamentos. É verdade que nos relacionamentos não existe nada escrito e que cada casal deve tomar suas próprias decisões. Mas se você já foi vítima de uma infidelidade por parte de seu parceiro e segue perdoando e aceitando-o uma e outra vez, já não pode culpá-lo. 

A mensagem que enviamos ao perdoar infidelidade atrás de infidelidade é que você mesmo, seja homem ou mulher, não se valoriza. Se não é capaz de ver o quanto você vale e mostrar seu lugar, como espera que o outro faça?

Não estou dizendo para nunca perdoar porque isto também é necessário, em algumas situações, para seguir em frente. Mas devemos aprender a colocar limites. Quando a outra pessoa demonstra falta de respeito com você, o melhor é deixá-la ir para que busque o que lhe faz falta sem te machucar.

3. “O homem que não sabe sorrir não deve abrir uma loja”

Sou uma fiel crente de seguir seus sonhos e metas e acredito que este é um dos provérbios árabes que melhor descreve esta crença. O que este provérbio quer dizer é: sempre faça aquilo que deixe um sorriso nos seus lábios.

O dia a dia sempre será mais tolerável quando você faz as coisas que ama. Também existirão problemas e dificuldades, e inclusive tarefas que não gosta de fazer, mas se sobrepor a tudo isso é mais simples quando você ama a atividade principal.

Não há nada pior do que lidar com pessoas que o dia inteiro apresentam uma cara de poucos amigos e um tratamento grosseiro. Não se converta em uma dessas pessoas.


4. “Castigue os que te invejam fazendo-lhes o bem”

Em algum momento da vida todos nós lidamos com pessoas que estão mais do que dispostas a nos fazer sentir mal. Na grande maioria das vezes isso se deve ao fato de que elas invejam algum aspecto seu e tentam sabotá-lo emocionalmente.

Você pode ficar tentado a se irritar e fazer a mesma coisa. O último destes provérbios árabes nos lembra algo bem verdadeiro: o pior castigo para estas pessoas é que você as trate bem. Não se trata de ser hipócrita e tratá-los como se fossem seus melhores amigos.

A simples gentileza costuma doer mais do que qualquer coisa. Se você agora está lidando com uma pessoa tóxica deste tipo e tem tentado evitá-la sem sucesso, tente a gentileza. Verá como ela desaparece de sua vida tão rápido que você nem se dará conta. E cuidado, estou falando de ser gentil e cordial, não de se colocar à disposição para tudo. Se esta pessoa pedir algo que você não quer ou não pode fazer, diga “não”.

Estou certa de que estes provérbios árabes serão muito úteis para enfrentar os desafios de seu dia a dia. Talvez você já até conhecesse alguns, mas nem sempre os aplica porque se esquece. Preste mais atenção e reflita sobre eles.

Fonte: A mente é maravilhosa

Nenhum comentário:

Postar um comentário