quinta-feira, 18 de maio de 2017

Marido dormiu com cadáver de esposa por seis dias

A britânica Wendy Davison, de 50 anos de idade morreu após lutar por 10 anos contra um câncer cervical.

Mas, seu marido, Russell Davison, não superou tão facilmente a morte da amada e resolveu deixar o cadáver na cama do casal, ficando 6 dias ao seu lado. Davison afirmou que estava devastado e de “coração partido”, então recusou mandar o corpo de sua esposa para o necrotério.

A morte é um tabu em nossa sociedade, ninguém parece querer falar sobre isso. Eu não queria vê-la em um funeral. Queria cuidar dela em nossa casa e tê-la em meu quarto, para que eu pudesse dormir com ela”, disse. Wendy foi diagnosticada com câncer cervical em 2006, após completar 40 anos.


Nós não estávamos preparados para entregar sua vida aos médicos. Queríamos fazer nossa própria pesquisa e realizar o melhor trabalho possível para mantê-la viva” disse Russel, que recusou submeter a mulher à radioterapia e quimioterapia “por muito tempo”.

Wendy chegou a ser internada no Hospital Royan Derby Em setembro do ano passado, mas a família a tirou do hospital e levou-a para ser cuidada em casa, onde seu corpo ficaria até quando fosse cremado. Ela morreu pacificamente (no dia 21 de abril), totalmente sedada, sem dor, nos meus braços e com o nosso cachorro, Elvis, aconchegado perto dela. Foi uma experiência bonita e reconfortante.”, finalizou Russel.

[ The Guardian ] [ Fotos: Reprodução / The Guardian ]  Via Jornal Ciência

Nenhum comentário:

Postar um comentário