quarta-feira, 10 de maio de 2017

Sintomas muito fortes da TPM podem deixar mulher “irascível”


 Dois terços das mulheres em idade fértil apresentam pelo menos um dos sintomas físicos, emocionais ou comportamentais da tensão pré-menstrual (TPM). Menos conhecida, uma doença mais grave chamada Transtorno Disfórico Pré-Menstrual (TDPM) atinge de 3% a 8% das mulheres e exige tratamento com antidepressivos.

 
A TDPM se caracteriza por sintomas emocionais e comportamentais que podem prejudicar de forma mais intensa a rotina da mulher. A principal característica é a agressividade em excesso, como explica a psiquiatra Carmita Abdo, presidente da Associação Brasileira de Psiquiatria.


“Uma mulher que sofre de TDPM tem um humor irritável. Ela fica irascível. Tem dificuldade de se relacionar. A funcionalidade dela fica muito comprometida e ela não consegue produzir”, afirmou a médica, durante uma mesa redonda sobre TPM promovida pela Medley, em São Paulo, na última terça-feira (9)

Neste caso não se trata apenas de uma baixa hormonal que provocou mudanças no corpo da mulher, como a TPM. É algo mais sério caracterizado na medicina como um ato depressivo cíclico, que vai acontecer recorrentemente no período pré-menstrual. “Tem que tratar como depressão, com uso contínuo de medicamentos”, afirma a médica.

Fonte: Robson Pires

Nenhum comentário:

Postar um comentário