quarta-feira, 7 de junho de 2017

9 odores corporais que você nunca deve ignorar, pois são um alerta

file404/Shutterstock
Além de observar manchas, pintas e alergias na pele, prestar atenção aos cheiros que o corpo exala é essencial para descobrir se sua saúde está em dia. Saiba quais são os principais odores corporais que você nunca deve ignorar, pois podem ser sinais de alerta de algo não vai bem com seu organismo:

Cheiros do corpo que podem indicar infecções e doenças

1. Urina com cheiro adocicado, fora do comum, deve ser avaliada por um médico através de exames clínicos, pois pode ser uma pista no diagnóstico de diabetes. O odor doce pode indicar que o nível de açúcar no sangue está descontrolado.

PathDoc/Shutterstock

2. Odor forte e incomum na vagina também merece cuidados, já que pode ser sintoma de condições simples, como infecções por vírus e bactérias ou até mesmo câncer de colo do útero que, em casos mais avançados e raros, provoca secreção e cheiro muito fétido. O mais comum, porém, é um quadro de vaginose bacteriana, causada pela bactéria gardnerella vaginalis que, quando cresce mais do que deveria, indica desequilíbrio do pH da região, provocando o mau cheiro.


3. O cheiro ruim na área íntima pode ainda indicar um quadro de incontinência urinária, quando ocorre perda e escape de urina que fica presa na vulva e na calcinha. O fato acontece principalmente com gestantes e idosas em situações de esforço, como ao levantar um peso ou ao espirrar, por exemplo.

Tuomas Lehtinen/Shutterstock

4. Se o cheiro forte na vagina for acompanhado de coceira e corrimento amarelo-esverdeado, procure um médico. A característica pode ser sinal de tricomoníase, uma doença sexualmente transmissível causada por protozoário.


ADVERTISEMENT
ADVERTISEMENT
ADVERTISEMENT
ADVERTISEMENT
ADVERTISEMENT
ADVERTISEMENT
ADVERTISEMENT
ADVERTISEMENT
ADVERTISEMENT
ADVERTISEMENT
ADVERTISEMENT
ADVERTISEMENT
ADVERTISEMENT
ADVERTISEMENT
ADVERTISEMENT
ADVERTISEMENT
ADVERTISEMENT
ADVERTISEMENT
ADVERTISEMENT
ADVERTISEMENT
ADVERTISEMENT
ADVERTISEMENT
ADVERTISEMENT
ADVERTISEMENT
ADVERTISEMENT
ADVERTISEMENT
ADVERTISEMENT
ADVERTISEMENT
ADVERTISEMENT
ADVERTISEMENT
ADVERTISEMENT
ADVERTISEMENT
ADVERTISEMENT
ADVERTISEMENT
ADVERTISEMENT
ADVERTISEMENT
ADVERTISEMENT
ADVERTISEMENT
ADVERTISEMENT
ADVERTISEMENT
5. No caso dos homens, um cheiro ruim no pênis raramente indica algo grave e normalmente se refere a germes que ficam escondidos entre a glande e o prepúcio. Mas se o odor forte permanece por muito tempo e mesmo após uma boa higienização da área, consulte um médico, pois pode ser sinal de ulcerações causadas por DST e até câncer de pênis.

6. Hálito com cheiro de naftalina normalmente é causado por bactérias na boca que convertem as proteínas no muco em um composto químico chamado escatol, de cheiro desagradável e forte. A condição pode sinalizar alergias, congestionamento nasal ou sinusite.

Voyagerix/Shutterstock

7. Quando o hálito possui cheiro frutado, pode indicar diabetes, pois o açúcar no sangue sobe e suas células começam a queimar gordura para obter energia. O subproduto desse processo é o que podem fazer com que o hálito tenha o odor característico.

8. Hálito com cheiro de algo podre pode até ser indício de uma condição grave, como uma infecção ou doença pulmonar. O cheiro normalmente é bem pior do que uma halitose tradicional e um médico deve ser consultado caso a pessoa perceba a alteração.

9. Odor ruim nos pés pode ser mais complexo do que o simples chulé provocado por suor em excesso e abafamento da região. O sinal pode indicar pé de atleta, uma infecção por fungos que, além do mau cheiro, vem acompanhada de pele seca, vermelhidão e bolhas.


Fonte: VIX - Escrito por Paulo Nobuo

Nenhum comentário:

Postar um comentário