sexta-feira, 7 de julho de 2017

Em 15 dias, esponja de cozinha acumula quase 700 milhões de bactérias e fungos

correct pictures/Shutterstock
O contato da esponja de lavar louças com talheres, copos e pratos a tornam um objeto propício ao acúmulo de sujeira. Pesquisadores da Faculdade DeVry Metrocamp analisaram o fato e chegaram a uma conclusão surpreendente: apenas 15 dias de uso já acumulam 680 milhões de fungos e bactérias que causam doenças graves.


A seguir, entenda porque a esponja de cozinha é suja e como limpá-la adequadamente:

Esponja de cozinha tem milhões de bactérias e fungos

O estudo realizado pelos pesquisadores da DeVry Metrocamp, faculdade de Campinas (SP), analisou amostras de limpadores usados por metade de um mês e que não foram higienizados em nenhum momento. O resultado descobriu quase 700 milhões de micro-organismos capazes de causar febre, diarreia, problemas de pele e pneumonia.


A maioria dos fungos e bactérias da esponja de cozinha está presente no corpo humano e no ambiente, mas a quantidade excessiva é que coloca a saúde em risco, especialmente a de crianças e idosos.

Como descontaminar?

Água e sabão ou detergente não são suficientes para limpar o acessório. O ideal é recorrer a higienização da esponja de cozinha após lavar louça diariamente, o que consiste em colocar a esponja encharcada com um pouco de água no micro-ondas por dois minutos. Depois, é só torcer e guardar em um local seco até o próximo uso.


 Outra dica é mergulhar a esponja por 10 minutos em uma solução de duas colheres de água sanitária para cada litro, retirando toda a água em seguida e deixando o acessório enxuto

Os pesquisadores ressaltaram que esse processo é capaz de reduzir a quantidade de fungos e bactérias de maneira que a esponja fique mais limpo do que uma nova.

Quando trocar?

Já o prazo de validade da esponja é 15 dias. Depois disso, ela deve ser substituída por outra.


Fonte: VIX - Escrito por Ligia Lotério

Nenhum comentário:

Postar um comentário