terça-feira, 12 de setembro de 2017

Por que o bicho-geográfico faz "desenhos de mapa" na pele? Como é possível?

TisforThan/shutterstock
Cientificamente chamada de larva migrans cutânea, mas popularmente conhecida como bicho geográfico, a doença de pele ganha o nome curioso porque deixa na cútis marcas vermelhas parecidas com “desenhos de mapa”.

Como o bicho geográfico faz “desenhos” na pele?

A infecção pelo bicho geográfico ocorre pelas larvas de parasitas que vivem no intestino de cães e gatos e entram na pele através de cortes ou feridas, causando vermelhidão e coceira.


Os desenhos gerados pela larva nada mais são do que o resultado de sua locomoção pelas camadas da pele.

TisforThan/shutterstock

Dentro do organismo humano, as larvas só conseguem se movimentar nas partes mais externas da cútis, aleatoriamente, promovendo os padrões de desenhos, como se fossem pequenos túneis capazes de serem “cavados” por até cinco centímetros por dia.


Os “mapas” do bicho geográfico geralmente começam a surgir entre dois a cinco dias após a entrada da larva na pele e os sintomas costumam desaparecer sozinhos do organismo. As primeiras partes dos “túneis” desinflamam, apenas deixando manchas que também tendem a desaparecer ao longo do tempo.

Fonte: VIX - Escrito por Paulo Nobuo

Nenhum comentário:

Postar um comentário