segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Nódulos nas mamas são comuns e 80% deles tendem a ser benignos

gpointstudio/iStock
No Brasil, 50 mil novos casos de câncer de mama são registrados anualmente, sendo o segundo tipo de tumor mais comum entre as mulheres. Mas apesar dos números, a doença tem até 98% de chances de cura quando diagnosticada rapidamente e tratada de forma adequada.


Se ao realizar o autoexame das mamas você detectar caroços, fique calma: cerca de 80% dos nódulos tendem a ser benignos. Uma avaliação em casa através de toques pode confundir e levantar dúvidas, portanto, consultar um médico para exames mais certeiros é fundamental para analisar a condição.


Nódulos nem sempre indicam câncer de mama

Dos nódulos benignos das mamas, os mais comuns são o fibroadenoma e os cistos simples. O primeiro é sólido, indolor e se forma quando há um crescimento excessivo dos lóbulos mamários. É o tipo mais comum entre mulheres jovens e raramente precisam ser removidos, já que o risco de virar um câncer é mínimo.

Os cistos simples podem ter tamanhos variados e, apesar de causar dores em alguns casos, podem ser esvaziados por punção e não apresentam risco de câncer de mama. Eles são mais comuns em mulheres com mais de 30 anos.

Apesar de normalmente serem considerados inofensivos, os nódulos nas mamas devem sempre ser investigados para descartar um diagnóstico de câncer ou mesmo alguma lesão com potencial para se transformar em um tumor.

Fonte: VIX-  Escrito por Paulo Nobuo

Nenhum comentário:

Postar um comentário