segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Álcool corta efeito do anticoncepcional? Especialista responde e explica efeitos

Image Point Fr/Shutterstock
Apesar de ser um dos métodos contraceptivos mais adotados, a pílula anticoncepcional ainda levanta muitas dúvidas entre as mulheres. Bastante eficiente quando administrado corretamente, o medicamento, porém, pode perder seu efeito em algumas situações.

O que corta o efeito da pílula anticoncepcional?

Ingestão de remédios antibióticos, consumo de chás de ervas naturais e doenças que podem predispor vômitos e diarreias, por exemplo, são fatores conhecidos por poderem cortar o efeito da pílula.

Mas, ao contrário do que muita gente acredita, o contraceptivo não perde sua eficácia com a ingestão de álcool ou mesmo outros tipos de drogas.


De acordo com a ginecologista Thais Farias Koch, da Clínica da Mulher, do Hospital 9 de Julho, ingerir bebidas alcoólicas não reduz o efeito do anticoncepcional, seja ele pílula, anel, adesivo ou injeção. No entanto, a profissional ressalta que abusar do álcool pode aumentar os níveis do hormônio feminino estrogênio e causar dor de cabeça, inchaço e disfunções gastrointestinais.

É válido lembrar que, apesar de não cortar o efeito da pílula, o álcool pode provocar vômitos e, se a expulsão do remédio ocorrer antes que ele seja absorvido pelo corpo, ele pode ter sua eficácia comprometida.

Fonte: VIX- Escrito por Paulo Nobuo

Nenhum comentário:

Postar um comentário