terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Gosto de sangue na boca?

Você volta e meia sente um gosto de sangue na boca? É um gosto metálico que deixa uma sensação estranha e, que pode até fazer perder o apetite, pois tudo o que é ingerido perde o sabor. Não somos vampiras, sanguessugas (mas conhecemos algumas) ou qualquer outro ser que se satisfaz de sangue alheio. Entretanto, é muito recorrente queixas dessa condição.


Essa situação pode ser bastante desconfortante, pois pode colaborar com a presença do mau hálito e na perda de apetite. Todavia, existem alguns tratamentos para reverter a situação. Está curiosa? Não fique! Portanto, pegue um punhado de cravo ou hortelã masque por alguns segundos e leia a matéria!

O que pode dar o gosto de sangue na boca?

Conforme foi mencionado, inúmeros fatores podem propagar essa condição. O que devemos ter em mente é que pode ser uma sinalização para algo simples e corriqueiro, ou pode ser um alerta para uma coisa mais séria. Portanto, ao notar que se passaram duas semanas e o gosto de sangue na boca persiste, procure um médico e/ou um dentista.

Sinusite e Renite

Essa dupla de “ites” (sinusite e renite) dá o que falar! E pode dar o gosto de sangue na boca também! Isso porque, elas unidas ou agindo em carreira solo deixam o nariz congestionado, causando a perda parcial do sentido do olfato. Você já tentou sentir o sabor da comida, sem sentir o cheiro? Não dá!

O sabor bom da comida só é possível sentir, quando os dois sentidos: olfato e paladar trabalham juntos, do contrário, o que fica na boca mesmo é o gosto ruim de ferro (sangue).


Observação: a inflamação dos seios da face pode propagar também, o gosto de algo (secreção) podre. Sim, é nojento, entretanto, não se esqueça de que o olfato e o paladar estão conectados, com isso: respiro, logo sinto.


Você sabia: o sabor metálico característico do sangue é resultante do ferro (“metálico” e “ferro”, faz sentido!), componente fundamental na hemoglobina.

Recado para as meninas que gostam de correr:

É um recado não apenas aquelas que correm, mas para aquelas que fazem qualquer outra atividade física em nível alto também – geração saúde (super apoiamos!). Vocês já sentiram o gosto de sangue após fazer uma série intensa? A ciência explica! O que ocorre é que os pulmões têm uma área conhecida como barreira sangue-ar, é uma região onde ocorre a troca dos gases.

No momento de intensidade na atividade física, o nosso corpo aumenta a pressão a ponto de quebrar essa barreira (não somos flex como os carros que funcionam a álcool e a gasolina) e o sangue entra nos pulmões e gera o gosto na boca. Não precisa parar de ser fitness apenas dê uma maneirada na intensidade. Tente programar um treino com intervalos de descanso.

                                             Exemplo de troca gasosa no pulmão


Gengivas que sangram

Essa correlação é muito clara, não é mesmo?! O que você talvez não saiba é que a gengivite (infecção da gengiva) é a soma, ou melhor dizendo, a subtração da higienização da boca e dentes. A falta de limpeza faz com que as bactérias cresçam dominando todo o território bucal, e, se uma bactéria incomoda muita gente, uma centena delas gigantes (exagero) incomoda muito mais!


A dica do blog que você ama é bem simples: creme dental e uma escova de dente, não fazem mal a ninguém. Outra dica: para reforçar no combate das bactérias, você pode enxaguar com água e sal. O bicarbonato também é válido.

Falar mal das pessoas

Você está concentrada destilando o seu veneno falando mal da vida alheia. Em questão de segundos, você sente o gosto de sangue na boca. Sim, você mordeu a sua própria língua. Brincadeiras a parte, esse acidente pode acontecer, não é mesmo?!


Para tratar do machucado faça um enxague com água e sal. O enxague até pode arder um pouquinho, mas irá sarar a ferida. Às vezes, esquecemos que temos uma língua e a mordemos sem querer, quase sempre o machucado é leve, apenas alguns minutos depois o gosto estranho passa, caso persista, faça um gargarejo, ou tente incluir nas suas refeições uma salada marinada no vinagre. Experimente o vinagre de maçã, pode até doer um pouquinho, mas você não sentirá mais o gosto de sangue.

Outras causas que deixam o gosto de sangue na boca

Algumas pessoas que estão sofrendo de pedras nos rins, câncer, diabetes, e de doenças cardíacas podem relatar também a sensação de sentir o sabor (estranho) de sangue. Para estes casos, o melhor a se fazer é contatar o médico que acompanha a sua evolução clínica e falar sobre o ocorrido.


A anestesia também pode provocar nas pessoas que a receberam essa mesma condição, bem como, o uso de alguns medicamentos. Problemas no estômago e nos nervos que causam a disgeusia, também podem colaborar para o infortúnio.
As mamães que estão em processo gestacional no primeiro trimestre, podem sentir esse gosto peculiar (que tal sentir desejo em tomar um suco de alguma fruta cítrica? Elas ajudam a tirar o gosto da boca e de quebra colaboram com a sua saúde e a do bebê).

Fique atenta aos sinais!

Enfim, de uma pancada no nariz a uma ansiedade, pode desencadear o gosto de sangue na boca fique atenta ao fator que gerou a condição e, se for resultante de um problema grave procure um médico.


Não se esqueça de andar com cravo, hortelã ou canela na bolsa. Calma, não precisa ser a planta ou os condimentos (a inovação e a criatividade estão aí para colaborar conosco), compre balas para disfarçar o gosto. Existem práticas para remover o sabor metálico, portanto, cuide-se!

Fonte: Saudável e Feliz

Nenhum comentário:

Postar um comentário