quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

Psicólogo que analisou crianças geniais por anos revela 4 lições que aprendeu com elas

Rawpixel.com/ Shutterstock

Em 1971, foi iniciado um dos maiores e mais longos estudos sobre crianças prodígios de todos os tempos, batizado de Study of Mathematically Precocious Youth. O trabalho científico contou com a avaliação de 5 mil das mais inteligentes crianças dos Estados Unidos.

Além de descobrir aspectos curiosos sobre os superdotados, os pesquisadores compartilharam grandes lições aprendidas com elas. Conheça as principais, de acordo com o psicólogo David Lubinski, um dos envolvidos no levantamento, em uma entrevista para o site Up Worthy:

Lições aprendidas com crianças superdotadas

 

1. Ao contrário do que se imaginava anteriormente, estimular de forma excessiva uma criança superdotada não garante que ela tenha sucesso e pode até causar prejuízos a longo prazo. De acordo com o psicólogo, a ideia de que crianças superdotadas são tão inteligentes que vão "encontrar um jeito" para se destacar é equivocada. "Elas são crianças e, portanto, precisam de orientação, como todos nós”, explica.

2. A inteligência não é o mesmo que a paixão, ou seja, é preciso acabar com o mito de que crianças superdotadas precisam necessariamente ser médicas ou cientistas. Elas podem brilhar em qualquer área de atuação, uma vez que é possível expressar talento intelectual de diferentes formas.


3. Medir a aptidão de um aluno é apenas uma parte da equação quando se trata de determinar o quão bem-sucedida ele pode ser na vida. As altas pontuações de inteligência podem identificar um conjunto de habilidades naturais particularmente fortes, mas não dispensa a necessidade de esforço, dedicação e trabalho para que conquistem seus objetivos


4. Independentemente da aptidão, todos as crianças merecem ser tratadas como se fossem superdotadas, afirma o pesquisador. As crianças do estudo que tiveram a oportunidade de fazer cursos mais desafiadores que alinhassem com suas habilidades e interesses eram capazes de maiores realizações do que aquelas que não receberam a mesma oportunidade.

Fonte: VIX - Escrito por Paulo Nobuo

Nenhum comentário:

Postar um comentário