quinta-feira, 17 de maio de 2018

Tomar banho todos os dias é mesmo saudável? Especialistas explicam

Os brasileiros têm o hábito de tomar banho todos os dias. Entenda o que os especialistas acham sobre isso

                                                   Imagem ilustrativa     

 
Em entrevista para o site Time, a especialista em doenças infecciosas Elaine Larson, da Universidade de Columbia explicou que tomar muitos banhos deixa a pele seca e rachada, permitindo a entrada dos germes.


Segundo Brandon Mitchell, professor assistente de dermatologia na Universidade George Washington, a hidratação natural da pele contém as bactérias essenciais para o sistema imunológico das pessoas. Dessa forma, o banho excessivo tira essa oleosidade, fazendo com que aumente o risco de infecções.

Mitchell ainda acrescenta que tomar banho no máximo duas vezes por semana é o suficiente. O especialista recomenda, para as pessoas que querem tomar banho todos os dias, que isso só deve ser feito se a pele se sentir saudável e hidratada, assim como o sabonete só deve ser usado em áreas que concentram mau cheiro.

Pessoas com cabelos secos devem lavá-los intercalando as semanas, já pessoas com problemas no couro cabeludo podem lavar algumas vezes por semana com shampoo, recomenda o especialista Mitchell.

De acordo com Larson, para reduzir o risco de doenças as pessoas devem se preocupar mais em lavar as mãos frequentemente e limpar bem as roupas.


Ficar sem tomar banho no Brasil?

Para entendermos se o estudo citado acima vale para a realidade brasileira, conversamos com a dermatologista Emily Alvernaz, especialista da clínica Goa (RJ).

De acordo com a especialista, é bom evitar banhos quentes e demorados, pois acabam retirando a proteção natural da pele, que são os óleos e bactérias da microbiota. "No Brasil transpiramos mais devido às altas temperaturas e umidade. Por isso, é praticamente impossível ficar sem um banho diário, já a transpiração favorece a proliferação de bactérias que produzem substâncias de odores desagradáveis", explica.

Quantos banhos tomar por dia?

A dermatologista diz que se a pessoa não é portadora de nenhuma doença de pele que afeta a barreira fisiológica, como a psoríase e a dermatite atópica, ela pode tomar um ou dois banhos por dia. Além disso, é indicado que os banhos sejam frios ou mornos e com pouco uso de sabonetes.

Fique atento ao pH do sabonete

Outro fator que deve ser levado em consideração é o pH dos sabonetes. Eles devem ser o mais próximo da pele possível, em torno de 5 a 7. "O pH da pele é ligeiramente ácido e veículos mais básicos acabam alterando o manto lipídico e o equilíbrio natural da pele, tornando-a seca, mais sensível e suscetível a doenças", explica Emily.

Segundo ela, o grande problema dos sabonete é que a maioria possui surfactantes que ajudam a retirar ainda mais o filme hidrolipídico natural da nossa pele. O filme hidrolipídico age como uma forma de nos proteger do ressecamento e outras doenças de pele.


Pode lavar os cabelos todos os dias?

O problema maior não é lavar os cabelos todos os dias. Ela informa que lavar os cabelos mais de uma vez no dia não é recomendado pelos especialistas, pois o couro cabeludo não consegue secar efetivamente. Além disso, é indicado o uso de shampoos com pouco surfactantes, ou até mesmo isentos, conhecidos também como "Low-Poo" e "No-Poo". A dermatologista recomenda principalmente para cabelos afrodescendentes ou mais ressecados.

"A frequência de lavagem dos cabelos depende muito do tipo de cabelo, se ele é muito oleoso ou transpira muito, não há nenhuma contra-indicação de lavá-los todos os dias, desde que utilizem produtos adequados e faça uma hidratação semanal para conservá-los sempre hidratados", revela.


Escrito por Raísa Cavalcante
Redação Minha Vida

Nenhum comentário:

Postar um comentário